Don’t Stop Reaching Out, Part 1

By Dr. Ralph Neighbour, cb.online

Cell Groups that fail to “Keep the Main Thing the Main Thing” are products of visionless leaders. The very existence of a Cell Group is to expose seekers to the Presence and Power of Christ:

But if all prophesy, and there come in one unbelieving or unlearned, he is convicted by all, he is judged by all; the secrets of his heart are made manifest; and so he will fall down on his face and worship God, declaring that God is among you indeed.

Leadership has no more important duty than equipping every believer to reveal the awesome presence of the Godhead by prophesying. Revealing the supernatural activity of the charismata triggers a unique form of proclamation called “Body Life Evangelism,” described in this passage.

Let me illustrate from a true example:

Melvin, a young Cambodian addict visiting our group, was deeply impressed by the transparent confessions of strongholds shared by the believers. Spiritual gifts were shared, bringing comfort and healing to those in need. Melvin finally interrupted us, confessing he was unable to control his heroin habit. While he shared, I evaluated the nine of us listening to him. Only one had ever experienced using drugs  – a young wife named Marilyn who, that very morning, had come to see me, weeping her way back from years of backsliding. It was her first time attending our cell. As I saw tears in her eyes, I gently said, “Marilyn, is God wanting to speak through you?” Immediately, anointed words poured out of her, powerfully ministering to Melvin, who then gave his life to Christ. After the meeting, Marilyn came to me and said, “Thank you for allowing me to share with Melvin. I knew the Lord wanted to speak through me!”

I have discovered that equipping every believer to reveal the awesome presence of the Godhead by prophesying must be done in the cell itself. It cannot be taught; it must be experienced!

In another men’s cell, shy Frank was a computer programmer who often sat quietly as the ministry was taking place among the members. I did not know at the time if he had previously experienced being anointed to prophesy. “Frank. “ I said, “Do you have a thought for us?” His response was so powerful the group was shocked! Words of wisdom were obviously from God’s Spirit. I turned to the group and asked, “Men, was that Frank or the Lord speaking through him?” All said together, “That was God speaking!” In this manner, all the men gradually were able to prophesy using spiritual gifts.

We have failed to equip believers to discern how to transmit the message of God being transmitted through all prophesying (Acts 2:17). As a consequence, we seldom see observing unbelievers being exposed to the reality of spiritual gifts being authentically manifested.

In my next blog, I will add to these thoughts the natural way Jesus gave us to have cell groups with unbelievers or ungifted ones attending as guests.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Não pare de estender a mão, Parte 1

Por Dr. Ralph Neighbour, cb.online

Os grupos de células que falham em “manter a coisa principal como a coisa principal” são produtos de líderes sem visão. A própria existência de um grupo de células é para expor os buscadores à presença e ao poder de Cristo:

Mas se todos profetizam, e alguém incrédulo ou iletrado vem, ele é convencido por todos, ele é julgado por todos; os segredos de seu coração são manifestados; e então ele se prostrará e adorará a Deus, declarando que Deus realmente está entre vocês.

A liderança não tem um dever mais importante do que equipar cada crente para revelar a impressionante presença da Trindade por meio da profecia. Revelar a atividade sobrenatural dos charismata desencadeia uma forma única de proclamação chamada “Evangelismo da Vida Corporal”, descrita nesta passagem.

Deixe-me ilustrar com um exemplo verdadeiro:

Melvin, um jovem adicto cambojano que visitou nosso grupo, ficou profundamente impressionado com as confissões transparentes de fortalezas compartilhadas pelos crentes. Os dons espirituais foram compartilhados, trazendo conforto e cura para os necessitados. Melvin finalmente nos interrompeu, confessando que não conseguia controlar seu vício em heroína. Enquanto ele compartilhava, avaliei como nós nove o ouvíamos. Apenas uma havia experimentado o uso de drogas – uma jovem esposa chamada Marilyn que, naquela mesma manhã, tinha vindo me ver, chorando seu caminho de volta de anos de apostasia. Foi a primeira vez que ela compareceu à nossa cela. Quando vi lágrimas em seus olhos, disse gentilmente: “Marilyn, Deus está querendo falar através de você?” Imediatamente, palavras ungidas derramaram dela, ministrando poderosamente a Melvin, que então entregou sua vida a Cristo. Após a reunião, Marilyn veio até mim e disse: “Obrigado por me permitir compartilhar com Melvin. Eu sabia que o Senhor queria falar através de mim! ”

Eu descobri que equipar cada crente para revelar a impressionante presença da Trindade por meio da profecia deve ser feito na própria célula. Não pode ser ensinado; deve ser experimentado!

Em outra célula de homens, o tímido Frank era um programador de computador que muitas vezes ficava sentado em silêncio enquanto o ministério acontecia entre os membros. Eu não sabia na época se ele já havia experimentado ser ungido para profetizar. “Frank. “Eu disse:” Você tem uma ideia para nós? ” Sua resposta foi tão poderosa que o grupo ficou chocado! Palavras de sabedoria eram obviamente do Espírito de Deus. Virei-me para o grupo e perguntei: “Homens, era Frank ou o Senhor falando por meio dele?” Todos disseram juntos: “Era Deus falando!” Desta forma, todos os homens gradualmente foram capazes de profetizar usando dons espirituais.

Falhamos em equipar os crentes para discernir como transmitir a mensagem de Deus sendo transmitida por meio de todas as profecias (Atos 2:17). Como consequência, raramente vemos descrentes observadores sendo expostos à realidade dos dons espirituais sendo autenticamente manifestados.

Em meu próximo blog, acrescentarei a esses pensamentos a maneira natural que Jesus nos deu de ter grupos de células com incrédulos ou sem-dons participando como convidados.

Spanish blog:

No dejes de acercarte, parte 1

Por el Dr. Ralph Neighbour, cb.online

Los grupos celulares que no logran “mantener lo principal como lo principal” son producto de líderes sin visión. La mera existencia de un Grupo Celular es exponer a los buscadores a la Presencia y el Poder de Cristo:

  • Pero si todos profetizan, y entra algún incrédulo o indocto, por todos es convencido, por todos es juzgado; lo oculto de su corazón se hace manifiesto; y así, postrándose sobre el rostro, adorará a Dios, declarando que verdaderamente Dios está entre vosotros.

El liderazgo no tiene un deber más importante que equipar a cada creyente para que revele la asombrosa presencia de la Deidad al profetizar. Revelar la actividad sobrenatural de los carismas (dones) desencadena una forma única de proclamación llamada “Evangelismo de la vida corporal”, que se describe en este pasaje.

Permítanme ilustrar con un ejemplo real:

Melvin, es un joven camboyano y adicto a las drogas que visitaba nuestro grupo, quedó profundamente impresionado por las confesiones transparentes de las fortalezas compartidas por los creyentes. Se compartieron los dones espirituales, brindando consuelo y sanidad a los necesitados. Melvin finalmente nos interrumpió, confesando que no podía controlar su hábito de heroína. Mientras compartía, evalué a los nueve que lo escuchábamos. Solo una había experimentado el uso de drogas: una joven esposa llamada Marilyn que, esa misma mañana, había venido a verme, llorando por que regreso en el camino de años de recaída. Era la primera vez que asistía a nuestra célula. Cuando vi lágrimas en sus ojos, dije gentilmente: “Marilyn, ¿Dios quiere hablar a través de ti?” Inmediatamente, las palabras ungidas brotaron de ella, ministrando poderosamente a Melvin, quien luego entregó su vida a Cristo. Después de la reunión, Marilyn se me acercó y me dijo: “Gracias por permitirme compartir con Melvin. ¡Sabía que el Señor quería hablar a través de mí! ”

He descubierto que equipar a cada creyente para que revele la asombrosa presencia de la Deidad al profetizar debe hacerse en la célula misma. No se puede enseñar; ¡debe ser experimentado!

En la célula de otro hombre, el tímido Frank era un programador de computadoras que a menudo se sentaba en silencio mientras el ministerio se llevaba a cabo entre los miembros. No sabía en ese momento si había experimentado previamente ser ungido para profetizar. “Frank. “Le dije:” ¿Tienes un pensamiento para nosotros? ” ¡Su respuesta fue tan poderosa que el grupo se sorprendió! Las palabras de sabiduría obviamente provienen del Espíritu de Dios. Me volví hacia el grupo y les pregunté: “Hombres, ¿era Frank o el Señor hablando a través de él?” Todos dijeron juntos: “¡Ese era Dios hablando!” De esta manera todos los hombres gradualmente pudieron profetizar usando dones espirituales.

No hemos podido equipar a los creyentes para discernir cómo transmitir el mensaje de Dios que se transmite a través de todas las profecías (Hechos 2:17). Como consecuencia, rara vez vemos a los incrédulos expuestos a la realidad de que los dones espirituales se manifiestan auténticamente.

En mi próximo blog, agregaré a estos pensamientos la forma natural en que Jesús nos dio para tener grupos celulares con incrédulos o no bautizados en el espíritu asistiendo como invitados.

Leave a Reply

Your email address will not be published.