Cells that Flourish

By Gerardo Campos, District pastor at Elim Church, San Salvador, El Salvador, www.elim.org.sv

The health of a cell church starts when it defines its own model to its cultural context. Otherwise, trying to copy someone else’s model will prevent the church from multiplying cells holistically.

Once the church discovers its own cell model, it’s also necessary to prepare disciples through a carefully designed discipleship equipping process. Multiplying healthy cells is always the number one priority  when preparing leaders in the discipleship equipping process. Part of this preparation is to develop leaders who know how to evangelize in a relational and integral way.

Since the goal of reaching people for Christ is to help them become followers of Jesus, the goal must always be to help the new believer become a disciple of Christ. Thus the discipleship equipping plays an essential role in making new disciples.

When a person successfully completes the training, they will be able to assume leadership in a new cell that will emerge from the multiplication of the mother cell. This will prevent a leader from being in charge of more than one cell, which has resulted in weak cells and even “ghost” groups.

The flourishing of the cell system doesn’t come from the number of cells but rather from the multiplication of disciples who make disciples. In this way, the cell church fulfills the work of the ministry (Ephesians 4).

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Células que florescem

Por Gerardo Campos, pastor distrital da Igreja Elim,  www.elim.org.sv

A saúde de uma igreja em células começa quando ela define seu próprio modelo para seu contexto cultural. Caso contrário, tentar copiar o modelo de outra pessoa impedirá a igreja de multiplicar células de forma holística.

Uma vez que a igreja descobre seu próprio modelo de célula, também é necessário preparar discípulos por meio de um processo de treinamento de  discipulado cuidadosamente planejado. Multiplicar células saudáveis é sempre a prioridade número um ao preparar líderes no processo de treinamento de discipulado. Parte dessa preparação é formar líderes que saibam evangelizar de forma relacional e integral.

Visto que o objetivo de alcançar pessoas para Cristo é ajudá-los a se tornarem seguidores de Jesus, o objetivo deve ser sempre ajudar o novo crente a se tornar um discípulo de Cristo. Assim, o equipamento de discipulado desempenha um papel essencial em fazer novos discípulos.

Quando uma pessoa conclui com sucesso o treinamento, ela será capaz de assumir a liderança em uma nova célula que surgirá a partir da multiplicação da célula-mãe. Isso impedirá que um líder seja responsável por mais de uma célula, o que resultou em células fracas e até mesmo em grupos “fantasmas”.

O florescimento do sistema celular não vem do número de células, mas sim da multiplicação de discípulos que fazem discípulos. Desta forma, a igreja em células cumpre a obra do ministério (Efésios 4).

Spanish blog:

El florecimiento de las células

por Gerardo Campos, www.elim.sv.org

La salud de una iglesia celular inicia cuando esta define un modelo propio y pertinente a su contexto cultural, de lo contrario el síndrome del mini culto será el patógeno que impedirá lograr la multiplicación.

Definido su propio modelo celular también será necesario cuidar de factores que son clave para el desarrollo de las personas que hayan creído a fin de llevarles a través de un discipulado que les empodere saludablemente en el ministerio celular como el  comprender la importancia de la evangelización relacional e integrar a todos los miembros en esa tarea. También procurar que cada invitado se convierta a Cristo brindándole desde ese momento cuidados amorosos.

Ya que el fin de alcanzar a un amigo no es solamente el hacer de él un creyente más, el pastoreo de cada nuevo converso deberá reforzarse inscribiéndole en el curso de capacitación para nuevos líderes. Cuando una persona aprueba satisfactoriamente su capacitación estará apta para asumir el liderazgo en una nueva célula que surgirá de la multiplicación de aquella a la que ha pertenecido. De esa manera se evitará que un líder tenga a cargo más de una célula lo cual a dado como resultado células marchitas y grupos fantasmas. El florecimiento del sistema celular resulta del número de células a multiplicar sino en desarrollar a cada nuevo miembro para la obra del ministerio.

Leave a Reply

Your email address will not be published.