Equipping and Online Learning, part 2

Johanna and Huberth Chavarría, San José, Costa Rica. Huberth Chavarría Cisneros is an  IBCA graduate, husband, father and for more than 40 years involved in evangelistic, missionary and pastoral ministry. Johanna Chacón, Costa Rican, wife, mother and involved in ministry full time. Their mutual attraction had more to do with their passion to serve Christ and make him known than any personal virtue. They were married in July 2002 and since then they pastor together the Iglesia Ciudad Avivamiento Int in San Jose, Costa Rica, with extension in Nicaragua and Panama.

Online equipping and learning presents us with both advantages and disadvantages, namely:

Disadvantages:

1. Not everyone has access to high-quality devices or internet services (in our case)

2. The lack of knowledge and interaction with technology in some people, such as the elderly cannot be ignored

3. Not all families have ample spaces to get away and connect comfortably

4. Does not allow personal interaction, hugs, complicity in any situation of the moment in class, among other things

Advantages:

1. The challenge to learn and improve

2. Prepares us for a digitized environment that will continue to grow and develop.

3. Flexibility of schedules for  different activities and ability to do more since we’re not limited by physical space.

4. People who for  “high risk” reasons cannot attend face-to-face meetings. Yet, they want to  continue to have the opportunity to serve and keep learning and growing.

We must embrace both the advantages and disadvantages as we continually try to help our members become more Christ-like.

The Apostle Paul says, “And the things you have heard me say in the presence of many witnesses entrust to reliable people who will also be qualified to teach others” (2 timothy 2: 2)

We see 4 generations here! And this formula worked, which worked so well for Paul, will bring the same results for us.

Yet, how we do it will depend on how well we adjust to the circumstances here and now.

We must maintain the purpose of evangelizing and making disciples who make disciples, teaching them what we have learned (Mt 28: 19-20).

In our experience, we have had meetings in which we felt frustration and sadness in others. On the other hand, we have also been able to have times of prayer where we have been able to enjoy Christ’s presence, honest and delicate conversations, and moments in which that we wanted to go beyond the screen.

As we write today, our country is announcing that we are in the 4th wave of the Covid-19 contagion. So a strong internet presence will continue to be part of our daily lives for some time in the future. We will take the opportunity to motivate and keep each other encouraged.

How about you?

We are very grateful to God for the blessing to be equipped, mentored, and taught virtually, via zoom, every month with Joel Comiskey.

Let’s be encouraged to learn and grow in how to better equip our people online. Paul the apostle would have used every means at his disposal to minister to the church and so should we. We should not be afraid of this change. Rather, let’s use it and when we meet again personally, we will realize that this virtual time has maintained our relationships and even strengthened them. We will embrace each other with more force, with more enthusiasm, because we have not allowed circumstances to separate us. We will notice the growth because we have taken advantage of the current resources.

Korean blog: (click here)

Portuguese blog:

Capacitação e Treinamento Online, parte 2

Johanna e Huberth Chavarría, de San José, na Costa Rica. Huberth Chavarría Cisneros formou-se na Universidade IBCA, é casado, pai e por mais de 40 anos tem se envolvido no ministério pastoral, evangelístico e missionário. Johanna Chacón é Costariquenha, casada e mãe e está envolvida no ministério em tempo integral. A atração mútua que eles sentem se deveu mais à paixão por servir a Cristo e torná-lo conhecido do que a qualquer outra virtude pessoal. Eles se casaram em julho de 2002 e desde então têm pastoreado juntos a Iglesia Ciudad Avivamiento Int na cidade de San José, em Costa Rica, com unidades na Nicarágua e Panamá.

A capacitação e o treinamento online tem vantagens e desvantagens, como por exemplo:

Desvantagens:

1. Nem todos dispõem de equipamentos atualizados e serviços de internet de boa qualidade (este é o nosso caso).

2. Não podemos ignorar a falta de conhecimento e facilidade de interação com tecnologia que algumas pessoas demonstram, como é tipicamente o caso das pessoas de mais idade.

3. Nem todas as famílias têm espaços em suas casas para participar de reuniões com o conforto adequado.

4. O ambiente virtual não oferece a mesma oportunidade para interação pessoal, abraços, e a cumplicidade, entre outros detalhes.

Vantagens:

1. O desafio de aprender novas coisas.

2. Oferece um preparo natural para um ambiente digitalizado que não vai desaparecer, e provavelmente crescerá e se desenvolverá ainda mais.

3. Flexibilidade de agenda para diferentes atividades e a oportunidade de fazer ainda mais, já que não se está limitado pelo espaço físico.

4. As pessoas do grupo de risco não podem ir aos encontros presenciais e podem assim continuar a ter a oportunidade de servir e continuar seu aprendizado e crescimento pessoal.

É preciso abraçar tanto as vantagens como as desvantagens se quisermos continuar a ajudar nossos membros a tornarem-se ainda mais como Cristo.

O Apóstolo Paulo nos diz: “E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros.” 2 Timóteo 2:2

Podemos ver 4 gerações neste versículo! E se isto funcionou, e funcionou tão bem para Paulo, certamente teremos os mesmos resultados.

Ainda assim, a forma de fazer isso dependerá de como conseguimos nos ajustar às circunstâncias do aqui e agora.

É preciso que mantenhamos o propósito de evangelizar e fazer discípulos que fazem discípulos, ensinando-os tudo o que temos aprendido (Mateus 28:19-20)

Em nossa experiência, temos participado de encontros em que era possível sentir a frustração e a tristeza. Por outro lado, também tivemos a oportunidade de participar de momentos de oração em que pudemos sinceramente sentir a presença de Cristo em nosso meio, tivemos conversas honestas e delicadas e momentos em que a vontade era literalmente entrar na tela da reunião e participar em comunhão.

Enquanto escrevemos estas linhas, as autoridades de nosso país estão anunciando que entramos na quarta onda de contágio da Covid-19. Portanto, as atividades através da internet continuarão sendo uma parte integrante de nosso dia a dia por um bom tempo. Nós vamos aproveitar a oportunidade para motivar e nos manter encorajados.

E você?

Somos muito gratos a Deus pela bênção que tem sido o fato de sermos capacitados, mentoreados e ensinados de forma virtual através da plataforma Zoom, mensalmente, pelo Joel Comiskey.

Mantenhamo-nos encorajados e cresçamos no conhecimento de como capacitar as pessoas virtualmente da melhor maneira possível. Paulo certamente estava e estaria disposto a utilizar quaisquer meios disponíveis para ministrar à igreja, e assim devemos fazer também. Não devemos temer esta mudança. Ao invés disso, vamos usar tudo o que pudermos e quando nos encontrarmos pessoalmente no futuro, veremos que este tempo que passamos online manteve e até fortaleceu nossos relacionamentos. Vamos nos abraçar com mais força, mais entusiasmo, pois não teremos permitido que as circunstâncias nos separassem. Veremos crescimento porque utilizamos tudo que tínhamos às nossas mãos.

Spanish blog:

Equipamiento y Aprendizaje en línea # 2

Por Johanna y Huberth Chavarría, San José, Costa Rica

La virtualidad en el equipamiento y aprendizaje nos presenta ventajas y desventajas a saber:

Desventajas:

  1. No todos tienen acceso a dispositivos de alta calidad o servicios de internet (en nuestro caso)
  2. La falta de conocimiento e interacción con la tecnología en algunas personas como por ejemplo de 3era edad no se puede ignorar
  3. No todas las familias tienen espacios amplios para poder apartarse y conectarse de forma cómoda
  4. No permite la interacción personal, los abrazos, las complicidades de alguna situación del momento en clase entre otras cosas

Ventajas:

  1. El reto para aprender y mejorar
  2. Nos prepara para un entorno digitalizado que ya no va a retroceder
  3. Flexibilidad de horarios para las diferentes actividades y poder abarcar más ya que no usamos tiempo en desplazarnos a lugares físicos
  4. Las personas que por razones de alto riesgo no pueden asistir a las reuniones presenciales siguen teniendo la oportunidad de servir y mantenerse aprendiendo y sirviendo

No podemos dejar de ver ninguna de estas dos áreas para convertirlas en nuestros aliados y en nuestros retos por superar según corresponda y usarlo para ayudar a nuestros miembros y que ellos puedan también ayudar a otros.

El Ap Pablo escribe así: “Lo que has oído de mí ante muchos testigos, esto encarga a hombres fieles que sean idóneos para enseñar también a otros.” 2 Timoteo 2:2

Vemos aquí 4 generaciones! Y esta fórmula dio resultado, usted y yo somos parte de ese resultado y tenemos que continuar la misma fórmula, el cómo hacerlo, dependerá de nosotros al disponernos a ajustarnos según las circunstancias del momento que nos toque vivir, el cómo y desde dónde lo hagamos debe mantener el apropósito de evangelizar y hacer discípulos que hacen discípulos, enseñarles lo que hemos aprendido (Mt 28:19-20) el propósito no se debe perder. En nuestra experiencia, hemos tenido reuniones en las que hemos sentido frustración, tristeza en otras, pero también hemos podido tener tiempos de oración donde hemos podido disfrutar de la manifestación de su presencia en medio de nosotros, conversaciones honestas, conversaciones delicadas, momentos en los que hemos querido traspasar la pantalla.

Mientras escribimos hoy, nuestro país está anunciando que estamos en la 4ta ola de contagio por Covid-19. Por lo que la virtualidad seguirá siendo parte de nuestro diario vivir por más tiempo. Pero aprovechamos para motivarnos y mantenernos animados unos a otros.

¿Cuál es nuestro caso personal?

Muy agradecidos con Dios porque por experiencia propia podemos testificar de la bendición que ha sido para nosotros poder ser equipados, asesorados, enseñados de forma virtual, vía zoom, cada mes con Joel Comiskey. Podemos hablar por experiencia propia y esto lo hacemos nosotros con los nuestros y les motivamos a ellos a hacer lo mismo, basados en el ejemplo del Ap Pablo. No debemos tener temor a este cambio, usémoslo y cuando volvamos a vernos personalmente, nos daremos cuenta que ese tiempo virtual ha mantenido nuestras relaciones, las ha fortalecido a pesar de la distancia. Nos abrazaremos con más fuerza, con más ganas, porque no hemos permitido que la circunstancia nos separe, notaremos el crecimiento porque aprovechamos el tiempo con el recurso que tuvimos a mano.

Leave a Reply

Your email address will not be published.