Why I Am Committed to Cell-Based Ministry

By Rob Campbell, Founding Pastor, www.cypresscreekchurch.com

For decades, cell-based ministry proponents have stated, “A cell is the basic Christian community of the cell, and the cell is a set of relationships.” After nearly three decades of cell-based ministry, these two realities resonate with me. They are true. They are accurate.

Two Sundays ago, at my home church, our lead pastor asked some men to come forward. Pastor Jose introduced each gentleman and informed the church that this one cell was multiplying into three cells. A prayer of blessing and affirmation ensued, and the church family celebrated this multiplication. The men were beaming ear to ear. You see, they know and experience the power of community with other Christ-followers. They have relationships with other men. Of course, children, students, and adults experience this connectedness as well.   

Here’s a brief story. Years ago, a church member was having surgery. Gathered in the surgical waiting room were 15-20 people from the church (mainly from the patient’s cell group). The group was loud. I noticed a couple looking on and smiling at the group. I asked, “Do you have a friend or family member having surgery today?”  Indeed, the man’s father was undergoing surgery. I asked if the “loud” group could pray for his father. They agreed. The man and his wife thanked the group profusely. 

The following Sunday, they came to worship at Cypress Creek Church, became involved in a cell group, and are active to this day. I wonder why? 

My hunch is that were searching for community and relationships. Maybe they were looking for people who believed in the power of prayer? Maybe they longed to connect with loud people? I’m not sure what their motive was, and I don’t need to know. God intervened and connected them in community and life-giving relationships. 

Community and Relationships. Enjoy the journey.

Comments?

Korean blog: (click here)  

Portuguese blog:

Por que Estou Comprometido Com o Ministério Baseado em Células

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

Por décadas, os proponentes do ministério baseado em células afirmaram: “Uma célula é a comunidade cristã básica da célula, e a célula é um conjunto de relacionamentos”. Depois de quase três décadas de ministério baseado em células, essas duas realidades ressoam em mim. Elas são verdadeiras. Elas são precisas.

Dois domingos atrás, em minha igreja local, nosso pastor principal pediu a alguns homens que se apresentassem. O pastor José apresentou cada cavalheiro e informou à igreja que esta célula estava se multiplicando em três células. Seguiu-se uma oração de bênção e afirmação, e a família da igreja celebrou esta multiplicação. Os homens sorriam de orelha a orelha. Veja, eles conhecem e experimentam o poder da comunidade com outros seguidores de Cristo. Eles têm relacionamentos com outros homens. É claro que crianças, estudantes e adultos também experimentam essa conexão.

Aqui está uma breve história. Anos atrás, um membro da igreja estava passando por uma cirurgia. Reunidos na sala de espera cirúrgica estavam 15-20 pessoas da igreja (principalmente da célula do paciente). O grupo estava barulhento. Notei um casal olhando e sorrindo para o grupo. Eu perguntei: “Você tem um amigo ou parente passando por uma cirurgia hoje?” Na verdade, o pai do homem estava passando por uma cirurgia. Perguntei se o grupo “barulhento” poderia orar por seu pai. Eles concordaram. O homem e sua esposa agradeceram profusamente ao grupo.

No domingo seguinte, eles vieram adorar na Igreja Cypress Creek, envolveram-se em um grupo de célula e estão ativos até hoje. Eu queria saber porquê?

Meu palpite é que eles buscavam comunidade e relacionamentos. Talvez estivessem procurando pessoas que acreditassem no poder da oração? Talvez eles desejassem se conectar com pessoas barulhentas? Não tenho certeza de qual foi o motivo deles, e não preciso saber. Deus interveio e os conectou em relacionamentos comunitários e vivificantes.

Comunidade e Relacionamentos. Aproveite a jornada.

Comentários?

Spanish blog:

Por qué estoy comprometido con el ministerio celular

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

Durante décadas, los defensores del ministerio basado en células han declarado: “Una célula es la comunidad cristiana básica de la célula, y la célula es un conjunto de relaciones”. Después de casi tres décadas de ministerio celular, estas dos realidades resuenan en mí. Son verdad, son precisas.

Hace dos domingos, en mi iglesia local, nuestro pastor principal pidió a algunos hombres que se acercaran. El pastor José presentó a cada caballero e informó a la iglesia que esta célula se estaba multiplicando en tres células. Siguió con una oración de bendición y afirmación, y la familia de la iglesia celebró esta multiplicación. Los hombres estaban radiantes de oreja a oreja. Verá, ellos conocen y experimentan el poder de la comunidad con otros seguidores de Cristo. Tienen relaciones con otros hombres. Por supuesto, los niños, estudiantes y adultos también experimentan esta conexión.

He aquí una breve historia. Hace años, un miembro de la iglesia estaba siendo operado. En la sala de espera quirúrgica se reunieron entre 15 y 20 personas de la iglesia (principalmente del grupo celular del paciente). El grupo era  ruidoso. Noté que una pareja miraba y sonreía al grupo, les pregunté: “¿Tienen un amigo o familiar que se operará hoy?” En efecto, el padre del hombre estaba siendo operado. Pregunté si el grupo “ruidoso” podía orar por su padre. Ellos estuvieron de acuerdo. El hombre y su esposa agradecieron profusamente al grupo.

El domingo siguiente, vinieron a adorar en Cypress Creek Church, se involucraron en un grupo celular y están activos hasta el día de hoy. ¿Me pregunto porque?

Mi corazonada es que buscamos comunidad y relaciones. ¿Quizás buscaban personas que creyeran en el poder de la oración? ¿Quizás anhelaban conectarse con gente ruidosa? No estoy seguro de cuál fue su motivo y no necesito saberlo. Dios intervino y los conectó en relaciones comunitarias y vivificantes.

Comunidad y relaciones. Disfruta el viaje.

Comentarios?

Leave a Reply

Your email address will not be published.