And The List Goes On!

By Andrew Kirk, Director of Generation 2 generation, Website – www.G2gMandate.org, Social Media – @G2gMandate

Why Cell Church?

First and foremost, it is biblical. That reason alone should cause leaders to stop and consider. It is the first consideration, the middle and the last! If it is Biblical then Cell Church is worthy of consideration

The following reasons are why I stand by the Cell Church vision, not because of any one, but a combination of them all:

  • Jesus is at the center of the cell. Around Him and through Him the cell should have its life. The focus is Jesus. Of course, many expressions of church claim He is the center, and rightly so, but when every generation is in His presence, then they all can be transformed.
  • All generations can move with one set of values, one vision and one structure. Too often churches have 3 visions and 3 structures. The young people with one, the children another, and the adults another. Jesus prayed we would be one. Cell Church implicitly implies that “Church’ is every generation and cells are for them all.
  • Families can be in community together, empowered to live as Joshua said, “as for me and my house we will serve the Lord”. Cell Church families can meet with all generations and “serve the Lord” together!
  • When in community where everyone is known, people can minister knowing that perfection is not the goal, but growing and even making mistakes without judgement. Opportunities to minister and serve in the cell with support and encouragement means every generation can grow, be known and supported. They are not “lost in the crowd.”
  • Cell members are not bystanders or receivers only, but proactively given the opportunity to live out the kingdom both in and out of the cell meeting. In such a way everyone can be hearers and doers. We learn best not by hearing alone, but by talking, questioning, and living the message. This is experiential learning and the most effect way to retain information and to absorb it as a lifestyle.
  • Adults, teens and children can be relationally discipled, while at the same time parents can be empowered to disciple their own children supported by others, and, as with Paul and Timothy, other adults can relate to children and teens supporting the discipleship of parents.
  • The cell is a reproducible model which can infiltrate schools, colleges and workplaces with peer leadership even by children. Multiplication means growth—and especially as the group mobilizes every generation. Cell church replaces people only “going” to church with God’s people reaching people house to house and penetrating a lost world for Jesus.
  • The cell is challenging. That is, being in community is not always easy but community provides the activation of Proverbs. 27:17 “As iron sharpens iron, so one man sharpens another.” What better opportunity is there to be conformed to image of Jesus?

…and so, the list goes on, but back to the very first point. It is Biblical!

Korean blog: (click here)

Portuguese blog:

E A Lista Continua!

Por Andrew Kirk, Diretor da Geração 2 geração, website –  www.G2gMandate.org, Social Media – @G2gMandate

Por que Igreja em Células?

Em primeiro lugar, é bíblico. Essa razão por si só deve fazer com que os líderes parem e considerem. É a primeira consideração, a média e a última! Se for bíblico, a igreja em células é digna de consideração

As seguintes razões são pelas quais eu defendo a visão da Igreja em células, não por causa de qualquer uma, mas uma combinação de todas elas:

  • Jesus está no centro da célula. Em torno dele e por meio dele, a célula deve ter sua vida. O foco é Jesus. É claro que muitas expressões da igreja afirmam que Ele é o centro, e com razão, mas quando cada geração está em Sua presença, então todas podem ser transformadas.
  • Todas as gerações podem se mover com um conjunto de valores, uma visão e uma estrutura. Muitas vezes as igrejas têm 3 visões e 3 estruturas. Os jovens com uma, as crianças com outra e os adultos com outra. Jesus orou para que fôssemos um. Igreja em células implica implicitamente que “Igreja” é cada geração e as células são para todas elas.
  • As famílias podem estar juntas em comunidade, com poderes para viver como disse Josué, “quanto a mim e à minha casa serviremos ao Senhor”. As famílias da Igreja em células podem se reunir com todas as gerações e “servir ao Senhor” juntas!
  • Quando em comunidade onde todos são conhecidos, as pessoas podem ministrar sabendo que a perfeição não é a meta, mas crescendo e até cometendo erros sem julgamento. Oportunidades de ministrar e servir na célula com apoio e encorajamento significam que cada geração pode crescer, ser conhecida e apoiada. Eles não estão “perdidos na multidão”.
  • Os membros da célula não são apenas espectadores ou receptores, mas recebem de forma proativa a oportunidade de viver o reino dentro e fora da reunião da célula. Dessa forma, todos podem ser ouvintes e praticantes. Aprendemos melhor não apenas ouvindo, mas falando, questionando e vivendo a mensagem. Esta é a aprendizagem experiencial e a maneira mais eficaz de reter informações e absorvê-las como um estilo de vida.
  • Adultos, adolescentes e crianças podem ser discipulados de forma relacional, enquanto ao mesmo tempo os pais podem ser capacitados para discipular seus próprios filhos apoiados por outros e, como com Paulo e Timóteo, outros adultos podem se relacionar com crianças e adolescentes apoiando o discipulado dos pais.
  • A célula é um modelo reproduzível que pode se infiltrar em escolas, faculdades e locais de trabalho com liderança por pares, mesmo por crianças. Multiplicação significa crescimento – e especialmente porque o grupo mobiliza todas as gerações. A igreja em células substitui as pessoas que apenas “vão” à igreja com o povo de Deus alcançando as pessoas de casa em casa e penetrando em um mundo perdido para Jesus.
  • A célula é desafiadora. Ou seja, estar em comunidade nem sempre é fácil, mas a comunidade fornece a ativação de Provérbios. 27:17 “Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o outro.” Que melhor oportunidade existe para ser conformado à imagem de Jesus?

… e assim, a lista continua, porém voltando ao primeiro ponto. É Bíblico!

Spanish blog:

¡Y la lista continúa!

Por Andrew Kirk, Director de Generación 2, Sitio web – www.G2gMandate.org, Redes sociales – @ G2gMandate

¿Por qué la iglesia Celular?

En primer lugar, es bíblico. Esa sola razón debería hacer que los líderes se detengan y reflexionen. ¡Es la primera consideración, la del medio y la última! Si es bíblico, entonces La iglesia Celular es digna de consideración.

Las siguientes razones son por las que mantengo la visión de la Iglesia Celular, no es por una, sino por una combinación de todas:

  • Jesús está en el centro de la célula. Alrededor de Él y por Él la célula debe tener vida. El foco es Jesús. Por supuesto, muchas expresiones de la iglesia afirman que Él es el centro, y con razón, pero cuando cada generación está en Su presencia, entonces todas pueden ser transformadas.
  • Todas las generaciones pueden moverse con un conjunto de valores, una visión y una estructura. Con demasiada frecuencia, las iglesias tienen tres visiones y tres estructuras. Los jóvenes con uno, los niños con otro y los adultos con otro. Jesús oró que fuéramos uno. La iglesia celular implica implícitamente que “Iglesia” es cada generación y las células son para todas.
  • Las familias pueden estar juntas en comunidad, empoderadas para vivir como dijo Josué, “en cuanto a mí y mi casa serviremos al Señor”. ¡Las familias de la iglesia celular pueden reunirse con todas las generaciones y “servir al Señor” juntas!
  • Cuando están en una comunidad donde todos son conocidos, las personas pueden ministrar sabiendo que la perfección no es la meta, sino crecer e incluso cometer errores sin juzgar. Las oportunidades para ministrar y servir en la célula con apoyo y aliento significan que cada generación puede crecer, ser conocida y apoyada. No están “perdidos entre la multitud”.
  • Los miembros de la célula no son solo espectadores o receptores, sino que se les da de forma proactiva la oportunidad de vivir el reino tanto dentro como fuera de la reunión de la célula. De esta manera, todos pueden ser oyentes y hacedores. Aprendemos mejor no solamente escuchando, sino hablando, cuestionando y viviendo el mensaje. Este es el aprendizaje experiencial y la forma más eficaz de retener información y absorberla como estilo de vida.
  • Los adultos, los adolescentes y los niños pueden ser discipulados relacionalmente, mientras que al mismo tiempo los padres pueden tener el poder de discipular a sus propios hijos apoyados por otros y, al igual que con Pablo y Timoteo, otros adultos pueden relacionarse con los niños y adolescentes que apoyan el discipulado de los padres.
  • La célula es un modelo reproducible que puede infiltrarse en escuelas, universidades y lugares de trabajo con el liderazgo de pares, incluso por parte de los niños. La multiplicación significa crecimiento, y especialmente a medida que el grupo moviliza a cada generación. La iglesia celular reemplaza a las personas que solo “van” a la iglesia con el pueblo de Dios alcanzando a la gente de casa en casa y penetrando en un mundo perdido para Jesús.
  • La célula es un desafío. Es decir, estar en comunidad no siempre es fácil, pero la comunidad proporciona la activación de Proverbios. 27:17 “Como el hierro afila el hierro, así un hombre afila a otro”. ¿Qué mejor oportunidad hay para conformarse a la imagen de Jesús?

… Y así, la lista continúa, pero volviendo al primer punto. ¡Es bíblico!

Leave a Reply

Your email address will not be published.