Do It the Right Way: Start with a Pilot Group

By Mario Vega, www.elim.org.sv

When we at Elim church made the decision to become a cell church, we did so following our own intuition. We did not have the privilege of being advised to make a better transition. The only two elements we used were: first, the formation of a few initial leaders; second, to inform the church in as much detail as possible of the coming change. With those two simple steps we began to work with the cells, and, by the grace of God, the results were wonderful.

Looking back, with the understanding that we have today, I think that something that would have helped us a lot would have been a prototype cell. In this way, the teaching would have been produced in a direct way “by seeing and doing”. Personally, I would have liked to have had the initial leaders I trained in a prototype cell. It would have been the way to establish just that: a prototype. This is the best way because you don’t have to leave it to the imagination of each future leader.

Because we did not do it this way, the door was left open for some deviations that we later had to correct. As I said, no one advised us. But now you have the advantage of having these blogs, books that talk about the subject and the ease of receiving personalized advice. Take advantage of these resources!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Faça do jeito certo: Comece com uma célula piloto

Mario Vega, www.elim.org.sv

Quando a igreja Elim tomou a decisão de se tornar uma igreja em células, fizemos isso seguindo nossa intuição. Não tivemos o privilégio de sermos aconselhados sobre a melhor maneira de fazer a transição. Utilizamos apenas dois elementos: em primeiro lugar, formar alguns poucos líderes; depois, informar a igreja com o maior detalhamento possível, sobre as mudanças que ocorreriam. Através destes simples passos iniciais começamos a trabalhar com as células, e, pela Graça de Deus, os resultados foram maravilhosos.

Ao olhar trás, com o conhecimento e experiência que temos hoje, penso que o uso de uma célula piloto teria nos ajudado muito. Desta forma, o ensino teria acontecido de uma forma mais direta, “vendo e fazendo”. Eu gostaria muito de ter colocado os primeiros líderes em uma célula piloto. Seria a melhor maneira de fazer exatamente isso: estabelecer um modelo, um protótipo. Esta é a melhor maneira pois assim os futuros líderes não precisam ficar imaginando como devem fazer.

Por não termos feito desta maneira, as portas ficaram abertas para alguns desvios que tivemos que corrigir mais tarde no processo. Como eu disse, não tínhamos ninguém para nos aconselhar. Mas agora vocês têm a vantagem de ter estes blogs e livros que falam sobre o assunto, além da possibilidade de receber aconselhamento personalizado. Aproveitem estes recursos!

Spanish blog:

La falta de la célula prototipo

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

Cuando en iglesia Elim tomamos la decisión de adoptar el trabajo celular lo hicimos siguiendo la propia intuición. No tuvimos el privilegio de ser asesorados para realizar una mejor transición. Los únicos dos elementos que usamos fueron: primero, la formación de unos pocos líderes iniciales; segundo, el informar a la iglesia lo más detalladamente posible del cambio que venía. Con esos dos pasos sencillos comenzamos a trabajar con las células y, por la gracia de Dios, los resultados comenzaron también a manifestarse.

Viendo hacia atrás, con la comprensión que hoy tenemos de las cosas, creo que algo que nos hubiera ayudado mucho hubiera sido una célula prototipo. De esa manera, la enseñanza se hubiera producido de una manera directa «viendo y haciendo». En lo personal, me hubiera gustado tener en una célula prototipo a los líderes iniciales que capacité. Hubiera sido la manera de establecer precisamente eso: un prototipo. La manera de hacer las cosas, sin tener que dejarlo a la imaginación de cada uno. Así es como quedó abierta la puerta para que se introdujeran algunas desviaciones en el trabajo. Lastimosamente, como lo dije, nadie nos asesoró. Pero, ahora usted tiene la ventaja de tener estos blogs, libros que hablan del tema y la facilidad de recibir asesoría personalizada. ¡Aproveche estos recursos!

Leave a Reply

Your email address will not be published.