The Importance of Pilot Cell Groups

By Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad in Hidalgo, Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

A couple summers ago I thought it would be fun to go surfing with my cousin even though I had only gone surfing once ten years ago. We hired an instructor to teach us the basics; however once we were out in the ocean I separated from the instructor and found myself second guessing my decision to choose surfing as a “fun” activity. I had “learned” to go through the motions in theory, but I did not get to implement the techniques that were taught. I thought it would be best to just learn through experience and after that experience I learned that I was completely wrong.

When we transitioned to the cell group church we were coached by Joel Comiskey, and he recommended that we have a pilot group prior to starting our live cell groups. We had studied and talked about the cell group meeting and believed that we would only need to have the pilot cell groups for a short period. We quickly realized that pilot groups were a necessity. We identified areas of opportunity prior to going live with our cell groups. Our senior pastor was leading his own pilot cell group and he quickly recognized areas of opportunity. We continued to train on those items until we felt comfortable with going live with the cell groups.

Had it not been for having pilot cell groups and our senior pastor leading a pilot cell group, we would have had to learn through trial and error more than was necessary. Thanks to running a pilot group we were able to further strengthen areas that needed improvement. If it had not been for our pilot groups, we would have been much like I was out on that ocean a couple summers ago.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

A importância das células piloto

Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad em Hidalgo, estado do Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

Há uns dois anos, achei que seria divertido aproveitar o verão para surfar com meu primo, apesar de eu ter feito isso apenas uma vez, há mais de 10 anos. Nós contratamos um instrutor para nos ensinar os pontos básicos. Entretanto, quando finalmente entramos no mar acabei me afastando do instrutor e naquele instante comecei a analisar um pouco melhor minha ideia de que aquela seria uma atividade “divertida”. Eu tinha aprendido a teoria de me movimentar pelas ondas, mas não cheguei a colocar em prática as técnicas que tínhamos aprendido. Achei que seria melhor aprender pela prática, mas depois daquela experiência, percebi que eu estava completamente errado.

Quando fizemos a transição para uma igreja em células, fomos treinados pelo Joel Comiskey, e ele nos recomendou que fizéssemos uma célula piloto antes de começar nossas células verdadeiras. Nós tínhamos estudado e conversado bastante sobre a reunião da célula e em nossa opinião precisaríamos das células piloto por muito pouco tempo. Rapidamente percebemos que as células piloto eram uma necessidade. Identificamos oportunidades antes mesmo de começarmos nossas células. Nosso pastor principal estava liderando sua própria célula piloto e rapidamente ele também identificou outras oportunidades. Continuamos treinando estes pontos até que nos sentimos confortáveis e prontos para termos nossas células definitivas.

Se não tivesse sido pelas células piloto e pela célula piloto do pastor principal, não teríamos aprendido pela tentativa e erro tudo que precisávamos. Graças às células piloto, tivemos a oportunidade de nos fortalecermos em áreas que precisávamos muito. Se não tivéssemos aquelas células, nós teríamos a mesma sensação que eu tive, no meio do mar, há alguns anos.

Spanish blog:

La importancia de los grupos celulares piloto

Por Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad en Hidalgo, Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

Hace un par de veranos pensé que sería divertido ir a surfear con mi primo a pesar de que sólo había ido a surfear una vez hace diez años. Contratamos a un instructor para que nos enseñara lo básico; sin embargo, una vez que estuvimos en el océano, me separé del instructor y me encontré dudando de mi decisión de elegir el surf como una actividad “divertida”. Había “aprendido” a realizar los movimientos en teoría, pero no llegué a poner en práctica las técnicas que me enseñaron. Pensé que lo mejor sería aprender a través de la experiencia y después de esa experiencia aprendí que estaba completamente equivocado.

Cuando hicimos la transición a la iglesia celular fuimos entrenados por Joel Comiskey, y él recomendó que tuviéramos un grupo piloto antes de comenzar nuestros grupos celulares en vivo. Habíamos estudiado y hablado sobre la reunión de grupos celulares y creíamos que sólo necesitaríamos tener los grupos celulares piloto por un corto período. Rápidamente nos dimos cuenta de que los grupos piloto eran una necesidad. Identificamos las áreas de oportunidad antes de comenzar con nuestros grupos celulares. Nuestro pastor principal estaba liderando su propio grupo celular piloto y rápidamente reconoció las áreas de oportunidad. Continuamos entrenando en esos puntos hasta que nos sentimos cómodos con la puesta en marcha de los grupos celulares.

Si no hubiera sido por tener grupos celulares piloto y nuestro pastor principal liderando un grupo, habríamos tenido que aprender a través de la prueba y el error más de lo necesario. Gracias a la conducción de un grupo piloto pudimos fortalecer aún más las áreas que necesitaban ser mejoradas. Si no hubiera sido por nuestros grupos piloto, habríamos estado como yo en ese océano hace un par de veranos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.