Training

By Nick Garrett, missionary with Divergent Global Network, Australia

The importance of ‘Equipping’ is a consistent message in cell church circles. This is no different down-under where I come from. Every Monday evening for 90 minutes senior leader Carl meets via video-conference with  25+ leaders scattered across three countries. It’s part of second level leadership training our network calls an ‘internship’.

Carl has a strong prophetic gift but is not a gifted teacher. However he is an excellent learning facilitator and coach. Carl’s interns are learning how to lead gatherings and plant new churches. Carl’s goal is to equip us so we can equip others. It’s not just for our own benefit!

This term we are looking at ministry using a ‘Prophetic’ lens,  So tonight’s session examines ‘How God Communicates’.

First we watch a short video titled 4 Keys to Hearing God’s Voice. I have heard the speaker live, read his books and watched his DVDs. He’s great! This is awesome!

After 12 minutes the video stops and before we split into 3 online chat rooms  Carl reminds us that pictures speak a 1000 words. We are given 3 discussion questions based on the video: 

1. Do you struggle to hear God’s Voice?

2. How do you quieten yourself?

3. What things in western culture create barriers to hearing the Holy Spirit?

Suddenly I feel uneasy. I don’t think that I have been putting into practice what I previously learnt from the speaker years ago!. I share this in the chat room. I still feel uncomfortable.

We all come back together and report on what we discussed. The group then starts to talk about other methods of hearing God’s voice. Someone mentions  that getting specific scripture verses for guidance is the only method they know. Carl reminds us that we need to match with ‘patterns’ of scripture, not just individual verses. He then shares a personal story. If you talk about hearing God’s voice to new christian they may think you are referring to an ‘audible voice’. Be clear on terminology. Good tip!

We watch the second part of the video for 10 minutes and address some more questions in the chat rooms. Carl isn’t giving us any answers here. He is making us think. This is isn’t easy! This isn’t about what we already know or capturing some information. This is about learning what God has for us, putting it into practice and then being able to impart it to others.

During the meeting I notice a new face, someone who recently joined our network. I send him a quick welcome and he replies later that God had spoke to him to join the internship and get some input. I gave him a thumbs up and made a mental note to catch up with him later. The meeting finishes with a discussion on journaling and I realize that our training is quite cellular in the way it is run. It’s about learning within a relational context. I really like it. Can’t wait for next week! 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Treinamento

Por Nick Garrett, missionário da Divergent Global Network, Austrália

A importância de “Equipar” é uma mensagem consistente nos círculos da igreja em células. Isto não é diferente lá embaixo de onde eu venho. Toda segunda-feira à noite, por 90 minutos, o líder sênior Carl se reúne por videoconferência com mais de 25 líderes espalhados por três países. Faz parte do treinamento de liderança de segundo nível que nossa rede chama de “estágio”.

Carl tem um forte dom profético, mas não é um professor talentoso. No entanto, ele é um excelente facilitador de aprendizagem e treinador. Os estagiários de Carl estão aprendendo a liderar reuniões e plantar novas igrejas. O objetivo de Carl é nos equipar para que possamos equipar outros. Não é apenas para nosso próprio benefício!

Neste semestre, estamos olhando para o ministério usando uma lente ‘profética’, então a sessão desta noite examina ‘Como Deus se comunica’.

Primeiro, assistimos a um pequeno vídeo intitulado 4 chaves para ouvir a voz de Deus. Ouvi o palestrante ao vivo, li seus livros e assisti seus DVDs. Ele é ótimo! Isso é incrível!

Após 12 minutos, o vídeo pára e antes de nos dividirmos em 3 salas de bate-papo on-line, Carl nos lembra que as imagens falam mais que 1000 palavras. Recebemos 3 perguntas para discussão com base no vídeo:

1. Você luta para ouvir a Voz de Deus?

2. Como você se acalma?

3. Que coisas na cultura ocidental criam barreiras para ouvir o Espírito Santo?

De repente me sinto desconfortável. Acho que não tenho posto em prática o que aprendi com o palestrante anos atrás! Eu compartilho isso na sala de bate-papo. Ainda me sinto desconfortável.

Todos nos reunimos e relatamos o que discutimos. O grupo então começa a falar sobre outros métodos de ouvir a voz de Deus. Alguém menciona que obter versículos específicos das escrituras para orientação é o único método que eles conhecem. Carl nos lembra que precisamos combinar com os “padrões” das escrituras, não apenas com versículos individuais. Ele então compartilha uma história pessoal. Se você falar sobre ouvir a voz de Deus para um novo cristão, eles podem pensar que você está se referindo a uma “voz audível”. Seja claro na terminologia. Boa dica!

Assistimos à segunda parte do vídeo por 10 minutos e abordamos mais algumas questões nas salas de bate-papo. Carl não está nos dando nenhuma resposta aqui. Ele está nos fazendo pensar. Isso não é fácil! Não se trata do que já sabemos ou captura de alguma informação. Trata-se de aprender o que Deus tem para nós, colocá-lo em prática e depois poder transmiti-lo aos outros.

Durante a reunião, notei um novo rosto, alguém que recentemente se juntou à nossa rede. Dou-lhe umas boas-vindas rápidas e ele responde mais tarde que Deus havia falado com ele para entrar no estágio e obter algumas informações. Eu dei um joinha para ele e fiz uma nota mental para contactá-lo mais tarde. A reunião termina com uma discussão sobre o diário devocional e percebo que nosso treinamento é bastante celular na forma como é executado. Trata-se de aprender dentro de um contexto relacional. Eu realmente gosto. Mal posso esperar pela próxima semana!

Spanish blog:

Formación

Por Nick Garrett, misionero de Divergent Global Network, Australia

La importancia de “equipar” es un mensaje constante en los círculos de las iglesias celulares. Esto no es diferente en mi país. Todos los lunes por la tarde, el líder principal Carl se reúne por videoconferencia con más de 25 líderes repartidos por tres países. Es parte de la formación de liderazgo de segundo nivel que nuestra red llama “pasantía”.

Carl tiene un fuerte don profético, pero no es un maestro dotado. Sin embargo, es un excelente facilitador del aprendizaje y supervisor. Los pasantes de Carl están aprendiendo a dirigir reuniones y a plantar nuevas iglesias. El objetivo de Carl es equiparnos para que podamos equipar a otros. No es sólo para nuestro propio beneficio.

Este trimestre estamos examinando el ministerio utilizando una lente “profética”, por lo que la sesión de esta noche examina “Cómo se comunica Dios”.

En primer lugar, veremos un breve vídeo titulado, 4 claves para escuchar la voz de Dios. He escuchado al orador en directo, he leído sus libros y he visto sus DVD. Es genial. ¡Esto es impresionante!

Después de 12 minutos, el video se detiene y antes de dividirnos en 3 salas de chat en línea, Carl nos recuerda que las imágenes dicen más que mil palabras. Se nos plantean 3 preguntas de debate basadas en el vídeo: 

1. ¿Te cuesta escuchar la voz de Dios?

2. ¿Cómo te conectas con Dios?

3. ¿Qué cosas de la cultura occidental crean barreras para escuchar al Espíritu Santo?

De repente me siento incómodo. Creo que no he puesto en práctica lo que aprendí del conferenciante hace años. Lo comparto en el chat, y sigo sintiéndome incómodo.

Volvemos a reunirnos todos y a informar sobre lo que hemos discutido. El grupo empieza a hablar de otros métodos para escuchar la voz de Dios. Alguien menciona que el único método que conoce es el de obtener versículos específicos de las Escrituras como guía. Carl nos recuerda que necesitamos coincidir con “patrones” de las escrituras, no sólo con versículos individuales. Luego comparte una historia personal. Si hablas de escuchar la voz de Dios a un nuevo cristiano, puede pensar que te refieres a una “voz audible”. Ten clara la terminología. ¡Es u buen consejo!

Vemos la segunda parte del vídeo durante 10 minutos y abordamos algunas preguntas más en los chats. Carl no nos da ninguna respuesta aquí. Nos hace pensar y esto no es fácil. No se trata de lo que ya sabemos o de captar alguna información. Se trata de aprender lo que Dios tiene para nosotros, ponerlo en práctica y luego ser capaces de impartirlo a otros. Durante la reunión observo una cara nueva, alguien que se ha unido recientemente a nuestra red. Le envío una rápida bienvenida y más tarde me responde que Dios le había hablado para que se uniera a las prácticas y aportara algo. Le di un espaldarazo y tomé nota de que me pondría al día con él más tarde. La reunión termina con una discusión sobre el diario y me doy cuenta de que nuestra formación es bastante celular en la forma en que se lleva a cabo. Se trata de aprender en un contexto relacional. Me gusta mucho. Estoy deseando que llegue la próxima semana. 

Leave a Reply

Your email address will not be published.