Church Planting: Worth the Risk?

By Rob Campbell, Founding Pastor, www.cypresscreekchurch.com

Roland Allen writes, “My prayer is that we’d not make excuses for our lack of risk-taking, but that we would learn to trust God to raise up disciples.”

I post this blog to those pondering the risk of church planting.  Maybe you are considering planting a cell church or funding a new cell church.  The “risk” factor is immense, isn’t it?  I trust you have studied cell church planting and have a good grasp of what it takes.  I affirm your preparation.  I trust that God has birthed in you the desire to participate in such an endeavor after much prayer…talk time with spiritual mentors…study of the scriptures, and more.

I want to share briefly how God gave me the “green light” to plant a cell church nearly twenty-nine years ago.  First, did God ask me to plant a church?  After months of wrestling with this question, I answered, “Yes.”  Next, was my wife supportive of this idea?  We talked, she prayed…I gave her plenty of time, and she said, “Well, okay- let’s do it.”  Third, what did my spiritual mentors and ministry colleagues think of the idea?  I chatted face-to-face with them, granting them ample time to pray and give me their counsel.  They were incredibly supportive of the idea.  Finally, I waited.  I don’t remember for how long, but I wanted to see if the desire and passion would increase overtime or go away.  God granted me great excitement for church planting.

Are these questions and thoughts perfect and complete?  Not at all.  I am sure one could throw in many other facets of considering whether to plant a church like a church planter’s self-assessment, personality tests, etc.  These are all perfectly fine, just not my own experience.

Ponder Allen’s words above.  Are they applicable to you in the context of church planting?  What risk is God asking of you?

Korean blog (click here)

Portuguese Blog

Plantação de Igrejas: Vale o risco?

Rob Campbell, Pastor Fundador da igreja www.cypresscreekchurch.com

O autor Roland Allen escreve: “Minha oração é que não fabriquemos desculpas para não assumirmos os riscos que devemos assumir, e ao invés disso aprendamos a confiar que Deus vai sim levantar discípulos.”

Meu alvo nesta postagem são aquelas pessoas que estão pensando sobre os riscos de plantar novas igrejas. Talvez você esteja pensando sobre plantar uma nova congregação de uma igreja em células ou mesmo fundar uma nova igreja em células. O fator “risco” é enorme, não é mesmo? Eu presumo que você estudou a respeito do assunto e já entende relativamente bem o que seria necessário. Em minha opinião este estudo e preparo é realmente necessário. Eu também creio que foi Deus quem fez nascer em sua vida este desejo de participar desta empreitada, depois de muita oração, conversas com mentores espirituais, estudo da Palavra e ainda muito mais.

Eu quero testemunhar brevemente como foi que Deus me deu o “sinal verde” para iniciar o plantio de uma igreja em células, há 29 anos. Em primeiro lugar, busquei responder a esta pergunta: Deus me pediu para plantar uma igreja? Depois de meses me debatendo com esta pergunta, finalmente respondi, “Sim, Ele me pediu”. Depois disso, busquei responder a segunda pergunta: a minha esposa me apoiou nesta ideia? Nós conversamos, ela orou sobre este assunto, sem limite de tempo, e depois disso ela me disse: “Tudo bem, vamos prosseguir.” O terceiro passo foi saber o que meus mentores espirituais e colegas de ministérios pensavam sobre a ideia. Conversei pessoalmente com eles, concedendo todo o tempo necessário para que orassem e me aconselhassem. Eles foram me apoiaram de uma forma realmente incrível. Finalmente, eu aguardei. Eu não me lembro exatamente por quanto tempo eu aguardei, mas eu queria saber se meu desejo e paixão aumentariam ou desapareceriam com o tempo. Deus permitiu que eu me mantivesse muito animado sobre o plantio da igreja.

Estas perguntas e ideias são perfeitas e completas? Certamente não. Tenho certeza que outra pessoa poderia inserir diversos outros aspectos na decisão sobre iniciar ou não a plantação de uma igreja, algo como por exemplo uma avaliação pessoal, testes de personalidade ou muitas outras ideias. Tudo isso seria também muito bom, só não fazem parte da minha própria experiência.

Pense sobre aquelas primeiras palavras do autor Roland Allen. Elas são úteis para você no seu próprio contexto de plantação de igrejas? Quais riscos Deus está chamando você a assumir?

Spanish blog:

Plantación de iglesias: ¿Vale la pena el riesgo?

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

Roland Allen escribe: “Mi oración es que no pongamos excusas por nuestra falta de riesgo, sino que aprendamos a confiar en Dios para levantar discípulos”.

Publico este blog para aquellos que están considerando el riesgo de plantar iglesias. Tal vez estés considerando plantar una iglesia celular o financiar una nueva iglesia celular. El factor de “riesgo” es inmenso, ¿no es así? Confío en que hayas estudiado la plantación de iglesias celulares y tengas una buena comprensión de lo que se necesita. Afirmo tu preparación. Confío en que Dios haya hecho nacer en ti el deseo de participar en tal esfuerzo después de mucha oración… tiempo de conversación con mentores espirituales… estudio de las Escrituras y más.

Quiero compartir brevemente cómo Dios me dio la “luz verde” para plantar una iglesia celular hace casi veintinueve años. Primero, ¿Dios me pidió que plantara una iglesia? Después de meses de luchar con esta pregunta, respondí: “Sí”. Luego, ¿mi esposa apoyó esta idea? Hablamos, ella oró… Le di mucho tiempo y ella dijo: “Bueno, está bien, hagámoslo”. Tercero, ¿qué pensaron de la idea mis mentores espirituales y colegas del ministerio? Charlé cara a cara con ellos, dándoles tiempo suficiente para orar y darme su consejo. Apoyaron increíblemente la idea. Finalmente, esperé. No recuerdo por cuánto tiempo, pero quería ver si el deseo y la pasión aumentarían con el tiempo o desaparecerían. Dios me concedió gran entusiasmo por la plantación de iglesias.

¿Son estas preguntas y pensamientos perfectos y completos? Para nada. Estoy seguro de que uno podría agregar muchas otras facetas de considerar si plantar una iglesia, como la autoevaluación de un plantador de iglesias, pruebas de personalidad, etc. Todo esto está perfectamente bien, pero no es mi propia experiencia.

Reflexiona sobre las palabras de Allen arriba. ¿Son aplicables a ti en el contexto de la plantación de iglesias? ¿Qué riesgo te pide Dios?

Leave a Reply

Your email address will not be published.