Planting a Cell Church Using a Prototype Strategy, Part 2

By Dr. Ralph Neighbour, cb.online

(NOTE: This strategy was implemented in the Ukraine in 2014 and resulted in successful church plants in several nations,)

Values and Changes Needed

Values

  1. Christ at the center.
  2. Communities of honest relationships marked by sacrificial love.
  3. Everyone maturing.
  4. Everyone using their gifts in ministry.
  5. Everyone making God known.

Changes Needed

  • Priority of building relationship with Jesus and obedience to Him as a lifestyle.
  • Knowing God, not only knowing about Him.
  • Emphasis on hearing from God, resulting in character changing and fruit of the Spirit growing.
  • Closer relationships of openness and honesty means more commitment to people, not meetings.
  • Resulting conflict, when well-managed, is seen to be welcomed as an opportunity for wholeness.
  • Change of the Sunday mind set, where church is seen to be the  primary activity.
  • Expectation that hidden things will come to the surface, and change will happen through the ministry of the whole group.
  • Commitment to becoming like Jesus leads to a need for honesty and accountability.
  • The result is healing and freedom from the sin and the pain of the past. Each member becomes a witness with their own story to tell of God’s goodness.
  • Leaders become facilitators, to enable everyone to make their contribution.
  • Each member discovers their gifts and works to use them effectively.
  • Prioritizing time to make relationships with people outside the Kingdom.
  • Working and praying together to create the bridge between Jesus and us.
  • We have been blessed to be a blessing to others, which is the motivation for outreach.


During the Prototype Cell, We Want To Cover The Following Areas:

First, we want to pray every week and ask God what, within our geographical area, are the four main factors that hold people back from giving their lives to Christ. And in each cell, we want to spend five to ten minutes praying hard for the area where we live.

Second, in one or two of the prototype cell meetings, we want to discuss, “what is evangelism?” We must come to understand it is a relational process with a non-Christian, and that, through our lifestyle and works, we seek to win them to Christ.

Third, if we want to see our church grow, we need to have local friends. How are we going to make these friends? The golden rule is that all friendships are made in the context of something else. In our cell meetings we will get into Triads and think about which activities they can become involved in within their community so that they make non-Christian friends. In the witness section of the last of our prototype cell meetings, we will ask people to share how they are going to make non-Christian friends.

That is probably as far as we can go within the prototype. But the main leaders and the potential cell leaders should not be asking or challenging their cell members to do something they’ve not done themselves!

Korean blog (Click here)

Portuguese blog:

Plantando Uma Igreja em Células Usando Uma Estratégia de Protótipo, Parte 2

Por Dr. Ralph Neighbour, cb.online

(NOTA: Esta estratégia foi implementada na Ucrânia em 2014 e resultou em plantas de igrejas bem-sucedidas em várias nações)

Valores e Mudanças Necessárias

Valores

  1. Cristo no centro.
  2. Comunidades de relações honestas marcadas pelo amor sacrificial.
  3. Todo mundo amadurecendo.
  4. Todos usando seus dons no ministério.
  5. Todos fazendo Deus conhecido.

Alterações necessárias

  • Prioridade de construir relacionamento com Jesus e obediência a Ele como estilo de vida.
  • Conhecer a Deus, não apenas saber sobre Ele.
  • Ênfase em ouvir a Deus, resultando em mudança de caráter e crescimento do fruto do Espírito.
  • Relacionamentos mais próximos de abertura e honestidade significam mais compromisso com as pessoas, não com reuniões.
  • O conflito resultante, quando bem administrado, é visto como uma boa oportunidade para a plenitude.
  • Mudança da mentalidade dominical, onde a igreja é vista como a atividade principal.
  • Expectativa de que coisas ocultas virão à tona, e a mudança acontecerá através do ministério de todo o grupo.
  • O compromisso de se tornar como Jesus leva à necessidade de honestidade e responsabilidade.
  • O resultado é a cura e a libertação do pecado e da dor do passado. Cada membro se torna uma testemunha com sua própria história para contar a bondade de Deus.
  • Os líderes tornam-se facilitadores, para permitir que todos possam dar a sua contribuição.
  • Cada membro descobre seus dons e trabalha para usá-los de forma eficaz.
  • Priorizando o tempo para fazer relacionamentos com pessoas de fora do Reino.
  • Trabalhando e orando juntos para criar a ponte entre Jesus e nós.
  • Fomos abençoados para sermos uma bênção para os outros, que é a motivação para o evangelismo.


Durante a célula protótipo, queremos cobrir as seguintes áreas:

Primeiro, queremos orar toda semana e perguntar a Deus quais são, dentro de nossa área geográfica, os quatro principais fatores que impedem as pessoas de entregarem suas vidas a Cristo. E em cada célula, queremos passar de cinco a dez minutos orando muito pela área onde moramos.

Em segundo lugar, em uma ou duas das reuniões de célula protótipo, queremos discutir “o que é evangelismo?” Devemos entender que é um processo relacional com um não-cristão, e que, através de nosso estilo de vida e obras, buscamos ganhá-los para Cristo.

Terceiro, se queremos ver nossa igreja crescer, precisamos ter amigos locais. Como vamos fazer esses amigos? A regra de ouro é que todas as amizades são feitas no contexto de outra coisa. Em nossas reuniões de células, entraremos em Tríades e pensaremos em quais atividades eles podem se envolver dentro de sua comunidade para que façam amigos não cristãos. Na seção de testemunhos do último de nossos protótipos de reuniões de células, pediremos às pessoas que compartilhem como vão fazer amigos não-cristãos.

Isso é provavelmente o máximo que podemos ir dentro do protótipo. Porém, os líderes principais e os líderes de célula em potencial não devem pedir ou desafiar os membros de sua célula a fazer algo que eles mesmos não fizeram!

Spanish blog:

Plantar una iglesia celular utilizando una estrategia de prototipo, parte 2

Por el Dr. Ralph Neighbour, cb.online

(NOTA: Esta estrategia fue implementada en Ucrania en 2014 y resultó en la plantación de iglesias exitosas en varias naciones,)

Valores y cambios necesarios

Valores

  1. Cristo en el centro.
  2. Comunidades de relaciones honestas marcadas por el amor sacrificial.
  3. Todos madurando.
  4. Todos utilizando sus dones en el ministerio.
  5. Todos dando a conocer a Dios.


Cambios necesarios

– Prioridad de construir la relación con Jesús y la obediencia a Él como un estilo de vida.

– Conocer a Dios, no sólo saber de Él.

– Énfasis en escuchar a Dios, lo que resulta en el cambio de carácter y el crecimiento del fruto del Espíritu.

– Relaciones más estrechas de apertura y honestidad significa más compromiso con las personas, no con las reuniones.

– El conflicto resultante, cuando se gestiona bien, se ve como una oportunidad para la plenitud.

– Cambio de la mentalidad dominical, en la que la iglesia se considera la actividad principal.

– Se espera que las cosas ocultas salgan a la superficie y que el cambio se produzca a través del ministerio de todo el grupo.

– El compromiso de llegar a ser como Jesús lleva a la necesidad de honestidad y responsabilidad.

– El resultado es la curación y la liberación del pecado y del dolor del pasado. Cada miembro se convierte en un testigo con su propia historia para contar la bondad de Dios.

– Los líderes se convierten en facilitadores, para que todos puedan hacer su contribución.

– Cada miembro descubre sus dones y trabaja para utilizarlos eficazmente.

– Dar prioridad al tiempo para establecer relaciones con personas ajenas al Reino.

– Trabajando y orando juntos para crear el puente entre Jesús y nosotros.

– Hemos sido bendecidos para ser una bendición para otros, lo cual es la motivación para el evangelismo.


Durante la Célula Prototipo, queremos cubrir las siguientes áreas:


Primero, queremos orar cada semana y preguntarle a Dios cuales, dentro de nuestra área geográfica, son los cuatro factores principales que detienen a las personas de entregar sus vidas a Cristo. Y en cada célula, queremos dedicar de cinco a diez minutos a orar intensamente por la zona en la que vivimos.

En segundo lugar, en una o dos de las reuniones del prototipo de célula, queremos discutir, “¿qué es el evangelismo?” Debemos llegar a entender que es un proceso relacional con un no cristiano, y que, a través de nuestro estilo de vida y obras, buscamos ganarlos para Cristo.

Tercero, si queremos ver crecer nuestra iglesia, necesitamos tener amigos locales. ¿Cómo vamos a hacer estos amigos? La regla de oro es que todas las amistades se hacen en el contexto de algo más. En nuestras reuniones celulares nos reuniremos en tríadas y pensaremos en qué actividades pueden participar dentro de su comunidad para hacer amigos no cristianos. En la sección de testimonios de la última de nuestras reuniones celulares prototipo, pediremos a la gente que comparta cómo van a hacer amigos no cristianos.

Eso es probablemente lo más lejos que podemos llegar dentro del prototipo. ¡Pero los líderes principales y los potenciales líderes celulares no deben pedir o desafiar a sus miembros de la célula a hacer algo que no han hecho ellos mismos!

Leave a Reply

Your email address will not be published.