Closing the Door Through a S.E.A. of Care

By Dr. Les Brickman, www.strategiccell.com

Teddy Roosevelt once said, “Nobody cares how much you know until they know how much you care.”

Our cell leaders may be “mature in the faith.” They may have vast experience, even deep theological knowledge of the Word. But, those in their cells will not care, if they do not first know these leaders care for them. Oxford Languages defines care as: “feel concern or interest, attach importance to something, look after and provide for the needs of”.

Yes, leaders are to look after their sheep, call, regularly get together with cell members, etc. But, it’s not all on the cell leader. How can cell leaders facilitate mutual care between members?

For years we have used an accountability system where each member has an accountability partner. Accountability partners are to meet each week together for about an hour. What should that time look like? Sharing how God is moving in their life. Sharing what God is saying to them regarding the discipleship material they are progressing through. Praying for one another and the needs in each life. Holding one another accountable for specific areas of growth.

Giving one another TIME says, “You are important to me!”. Mutual sharing of life says, “What is of interest to you is of interest to me.” Mutual accountability says “I need you in my life.”

Accountability is the “A” in the S.E.A. acronym above. But accountability alone is insufficient. “S” stands for “Support.” So, as a cell, we look for ways that we can support one another. That may mean giving emotional support in tough times. That may mean being available to give physical support in times of need, such as moving houses or providing meals when sick. It may mean freely babysitting another’s children to give a cell member and their spouse a night out. Support can be packaged in so many different, yet practical ways.

Accountability helps us know someone is there who has our back. Support helps us feel we are not alone in the circumstances we walk through. The “E” of S.E.A., Encouragement, takes this to another level. Encouragement suggests “the raising of one’s confidence.” Oxford suggests again that it is “to inspire with courage, spirit, or hope.” Who among us does not want someone to inspire us, to raise our spirits, to provide genuine hope?

How would you like to be part of a cell where you are growing in relationship with someone special every week, and you know they have your back, they are looking out for your best interests, not their own? And they, along with others in the cell, are available to come alongside and support you? And you are receiving inspiration and hope and encouragement, not just in a cell meeting, but as part of a cell lifestyle? Would you feel cared for?

Help your members swim in a S.E.A. of care, and see how quickly the back door will close, and remain closed and unused.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Fechando a porta através de um S.E.A de cuidado

Por Dr. Les Brickman,  www.strategiccell.com

Teddy Roosevelt disse uma vez: “Ninguém se importa com o quanto você sabe até que saibam o quanto você se importa”.

Nossos líderes de célula podem ser “maduros na fé”. Eles podem ter vasta experiência, até mesmo profundo conhecimento teológico da Palavra. Mas, aqueles em suas células não se importarão, se primeiro não souberem que esses líderes se importam com eles. O Oxford Languages define cuidado como: “sentir preocupação ou interesse, dar importância a algo, cuidar e suprir as necessidades de”.

Sim, os líderes devem cuidar de suas ovelhas, ligar, reunir-se regularmente com os membros da célula, etc. Mas nem tudo depende do líder da célula. Como os líderes de célula podem facilitar o cuidado mútuo entre os membros?

Durante anos, usamos um sistema de prestação de contas em que cada membro tem um parceiro de prestação de contas. Os parceiros de responsabilidade devem se reunir semanalmente por cerca de uma hora. Como deve ser esse tempo? Compartilhando como Deus está se movendo em sua vida. Compartilhando o que Deus está dizendo a eles sobre o material de discipulado pelo qual estão progredindo. Orando uns pelos outros e pelas necessidades de cada vida. Manter um ao outro responsável por áreas específicas de crescimento.

Doar TEMPO um ao outro significa: “Você é importante para mim!”. A partilha mútua da vida diz: “O que é do seu interesse é do meu interesse”. A responsabilidade mútua diz: “Preciso de você na minha vida”.

Responsabilidade é o “A” no S.E.A. sigla acima. Mas a atribuição por si só é insuficiente. “S” significa “Apoio”. Então, como célula, procuramos maneiras de dar apoio uns aos outros. Isso pode significar dar apoio emocional em tempos difíceis. Isso pode significar estar disponível para dar apoio físico em momentos de necessidade, como mudar de casa ou fornecer refeições quando estiver doente. Pode significar cuidar livremente dos filhos de outra pessoa para dar a um membro da célula e seu cônjuge um “vale night”. O apoio pode ser empacotado de muitas maneiras diferentes, porém práticas.

A responsabilidade nos ajuda a saber que há alguém que nos apoia. O apoio nos ajuda a sentir que não estamos sozinhos nas circunstâncias pelas quais passamos. O “E” de S.E.A., Encorajamento, leva isso a outro nível. O encorajamento sugere “aumentar a confiança da pessoa”. Oxford sugere novamente que é “inspirar com coragem, espírito ou esperança”. Quem entre nós não quer que alguém nos inspire, eleve nosso espírito, forneça esperança genuína?

Como você gostaria de fazer parte de uma célula onde você está crescendo em relacionamento com alguém especial a cada semana, e você sabe que eles estão a sua volta, eles estão cuidando dos seus interesses, não dos deles? E eles, junto com os demais da célula, estão disponíveis para acompanhá-lo e apoiá-lo? E você está recebendo inspiração, esperança e encorajamento, não apenas em uma reunião de célula, mas como parte de um estilo de vida de célula? Você se sentiria cuidado?

Ajude seus membros a nadar em um S.E.A. de cuidados, e veja com que rapidez a porta dos fundos se fechará e permanecerá fechada e sem uso.

Spanish blog:

Cerrando la puerta a través del S.A.R del cuidado.

Por el Dr. Les Brickman, www.strategiccell.com

Teddy Roosevelt dijo una vez: “A nadie le importa cuánto sabes hasta que saben cuánto te importa”.

Nuestros líderes celulares pueden ser “maduros en la fe”. Pueden tener una vasta experiencia, incluso un profundo conocimiento teológico de la Palabra. Pero a los que están en sus células no les importará si no saben primero que estos líderes se preocupan por ellos. Oxford Languages ​​define el cuidado como: “sentir preocupación o interés, dar importancia a algo, cuidar y satisfacer las necesidades de”.

Sí, los líderes deben cuidar de sus ovejas, llamar, reunirse regularmente con los miembros de la célula, etc. Pero no todo depende del líder de la célula. ¿Cómo pueden los líderes celulares facilitar el cuidado mutuo entre los miembros?

Durante años hemos utilizado un sistema de rendición de cuentas en el que cada miembro tiene un socio responsable. Los socios de responsabilidad deben reunirse cada semana durante aproximadamente una hora. ¿Cómo debería ser ese tiempo? Compartiendo cómo Dios se está moviendo en su vida. Compartiendo lo que Dios les está diciendo con respecto al material de discipulado en el que están progresando. Orando unos por otros y por las necesidades de cada vida. Responsabilizarse unos a otros por áreas específicas de crecimiento.

Dar TIEMPO dice: “¡Eres importante para mí!”. Compartir la vida recíprocamente dice: “Lo que te interesa a ti me interesa a mí”. La responsabilidad mutua dice “Te necesito en mi vida”.

La rendición de cuentas es la “R” en el S.A.R acrónimo de arriba. Pero la rendición de cuentas por sí sola es insuficiente. “S” significa “Soporte”. Entonces, como célula, buscamos formas de apoyarnos unos a otros. Eso puede significar brindar apoyo emocional en tiempos difíciles. Eso puede significar estar disponible para brindar apoyo físico en momentos de necesidad, como mudarse de casa o proporcionar comidas cuando está enfermo. Puede significar cuidar libremente a los hijos de otra persona para que un miembro de la célula y su cónyuge puedan salir por la noche. El soporte se puede empaquetar de muchas maneras diferentes pero prácticas.

La rendición de cuentas nos ayuda a saber que hay alguien que nos respalda. El apoyo nos ayuda a sentir que no estamos solos en las circunstancias que atravesamos. La “A” de S.A.R., Animo, lleva esto a otro nivel. El estímulo sugiere “aumentar la confianza de uno”. Oxford sugiere nuevamente que es “inspirar con coraje, espíritu o esperanza”. ¿Quién de nosotros no quiere a alguien que nos inspire, que nos levante el ánimo, que nos brinde una esperanza genuina?

¿Cómo te gustaría ser parte de una célula en la que estás creciendo en relación con alguien especial cada semana, y sabes que te respaldan, están buscando tus mejores intereses, no los suyos? ¿Y ellos, junto con otros en la célula, están disponibles para acompañarlo y apoyarlo? ¿Y está recibiendo inspiración, esperanza y aliento, no solo en una reunión celular, sino como parte de un estilo de vida celular? ¿Te sentirías cuidado?

Ayude a sus miembros a transitar en un S.A.R. de cuidado, y ver qué tan rápido se cerrará la puerta trasera, y permanecerá cerrada y sin usarse.

Leave a Reply

Your email address will not be published.