Caring for the Fruit of Evangelism

By Mario Vega, www.elim.org.sv

In 1986, when we started our cell ministry in El Salvador, we knew almost nothing about cells. At that time there were no books on the subject and the little that was known were the sporadic comments that Pastor Cho made in his books. Despite this great limitation, there were two things that we were very clear about: the two main goals of cell ministry were evangelism and mutual care. Without a doubt, it was the grace of God that led us to understand this logic. The only way to reach others for Christ was by caring for those who received Jesus.

So, from the beginning, our philosophy of cell ministry included mutual care. And this truth has permeated the members of the church to the present. All the people who have believed in Jesus in our congregation in the last 36 years have learned by experience that the Christian life includes mutual care for one another. Everyone is born into Jesus with that focus in mind.

That care in the small group, in the houses, is what gives identity to each believer. Anyone can think that being part of a mega church means living in anonymity, but if that mega church is a cell church, it will be almost impossible to escape the knowledge mutual care and love. Mutual care is the best way to close the back door.

Korean blog (click here)

Portuguese Blog:

Cuidando do fruto do evangelismo

Mario Vega, www.celulas.org.sv

Em 1986, quando iniciamos nosso ministério em células em El Salvador, não sabíamos praticamente nada sobre células. Naquela época ainda não havia livros sobre este assunto e tudo que sabíamos vinha de comentários esporádicos que o Pastor Cho fazia em seus livros. Apesar desta grande limitação, havia duas coisas muito claras para nós: os dois maiores objetivos do ministério em células eram o evangelismo e o cuidado mútuo. Sem dúvida alguma, foi a Graça de Deus que nos levou a entender isto. A única maneira de alcançar outras pessoas para Cristo era cuidando das pessoas que aceitavam a Jesus.

Portanto, desde o início, a filosofia do nosso ministério em células envolveu o cuidado mútuo. E esta verdade tem permeado nossa igreja e sido passada aos membros até hoje. Todas as pessoas que creram em Jesus nos últimos 36 anos aprenderam pela própria experiência que a vida cristã inclui o cuidado de uns pelos outros. Todos nascem em Cristo com este foco em suas vidas.

Este cuidado nos pequenos grupos, nos lares, é o que traz a identidade a cada crente. As pessoas podem até pensar que fazer parte de uma mega igreja significa viver no anonimato, mas se esta mega igreja é uma igreja em células, será praticamente impossível escapar do entendimento sobre o cuidado mútuo e do amor. Cuidar uns dos outros é a melhor maneira de fechar as portas do fundo das igrejas.

Spanish blog:

Evangelismo y cuidado, las metas de las células

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

En 1986, cuando iniciamos nuestro trabajo celular en El Salvador, no sabíamos casi nada sobre células. En ese tiempo no había libros sobre el tema y lo poco que se sabía eran las esporádicas menciones que el pastor Cho hacía en sus libros. A pesar de esa gran limitación, hubo dos cosas que tuvimos muy claras sobre las metas de las células: la evangelización y el cuidado mutuo. Sin dudas fue la gracia de Dios la que nos guio a entender esa lógica. Si habíamos de alcanzar a otros para Cristo, solo cuidando de ellos podríamos retener los resultados.

De manera que desde un principio la filosofía del trabajo con células incluyó el cuidado mutuo y eso permeó a los miembros de la iglesia hasta el presente. Todas las personas que han creído en Jesús en nuestra congregación en los últimos 36 años, han aprendido por experiencia que la vida cristiana incluye el cuidado del hermano. Todos nacen en Jesús con ese enfoque en mente.

Ese cuidado en el grupo pequeño, en las casas, es lo que le da identidad a cada creyente. Cualquiera puede pensar que ser parte de una mega iglesia supone vivir en el anonimato, pero si esa iglesia es celular será casi imposible escapar al conocimiento de los hermanos. El cuidado mutuo es la mejor forma de cerrar la puerta trasera.

Leave a Reply

Your email address will not be published.