Helping Others Grow

By Stephen Daigle, College and Young Adult Pastor at Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Imagine going to a nice restaurant. You look across the room to see everyone else enjoying their meal. However, at one of the tables, there is an individual sipping on a bottle of milk. But here’s the thing, this individual is not a baby, but the same age as everyone at the table.

“This would never happen” you might say, but it happens all the time spiritually in our cell groups. Sometimes we think our cell members know how to feed themselves and grow spiritually, but they don’t. It is our job as the cell leader to help our cell members grow and develop in spiritual disciplines ultimately helping them reach maturity. A method that we like to use looks like this:

  1. I do, you watch
  2. We do together
  3. You do, I watch 
  4. You do, I leave


Here is a breakdown of what each of these phases looks like practically.

I do, you watch – New cell members who may not be acquainted with basic spiritual disciplines nor how to go about them. Prayer is a perfect example. In this initial phase, you would pray while they listen.

We do together – Once they have heard you pray regularly and notice the format of your prayers, they are ready to try it! You can begin the prayer and let them finish it, or vice versa.

You do, I watch – Now they are more confident in praying because they have done it in a small capacity. You would now ask them to do the whole prayer while giving constructive feedback. Making some suggestions will help them to grow and develop as they get comfortable praying on their own.

You do, I leave – After some time, this discipline is something they are doing on their own and no longer need your focused attention. You are free to let them do it on their own while regularly encouraging them.

Even though I have used the spiritual discipline of prayer, this method will work with all spiritual disciplines.

Take a minute to think about the members (or leaders) that you oversee. What areas do they need to grow in? Use this method to help them grow in those specific areas and celebrate as they do so!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Ajudando os Outros a Crescer

Por Stephen Daigle, Pastor Universitário e Jovens Adultos da Celebration Church,  www.celebrationchurch.org

Imagine ir a um bom restaurante. Você olha para o outro lado da sala para ver todos os outros apreciando sua refeição. No entanto, em uma das mesas, há um indivíduo bebendo uma garrafa de leite. Mas é o seguinte, esse indivíduo não é um bebê, mas tem a mesma idade de todos na mesa.

“Isso nunca aconteceria” você poderia dizer, mas acontece o tempo todo de modo espiritual em nossos grupos de células. Às vezes pensamos que os membros da nossa célula sabem como se alimentar e crescer espiritualmente, mas não sabem. É nosso trabalho como líder de célula ajudar os membros de nossa célula a crescer e se desenvolver em disciplinas espirituais, ajudando-os a atingir a maturidade. Um método que gostamos de usar é assim:

  1. eu faço, você assiste
  2. Nós fazemos juntos
  3. Você faz, eu assisto
  4. Você faz, eu saio

Aqui está um detalhamento de como cada uma dessas fases se parece na prática.

Eu faço, você observa – Novos membros da célula que podem não estar familiarizados com as disciplinas espirituais básicas nem como fazê-las. A oração é um exemplo perfeito. Nesta fase inicial, você oraria enquanto eles escutam.

Nós fazemos juntos – Depois que eles ouvirem você orar regularmente e perceberem o formato de suas orações, eles estarão prontos para experimentá-lo! Você pode começar a oração e deixá-los terminar, ou vice-versa.

Você faz, eu observo – Agora eles estão mais confiantes em orar porque o fizeram em pequena capacidade. Você agora pediria a eles que fizessem toda a oração enquanto davam um feedback construtivo. Fazer algumas sugestões os ajudará a crescer e se desenvolver à medida que se sentirem confortáveis orando por conta própria.

Você faz, eu saio – Depois de algum tempo, essa disciplina é algo que eles estão fazendo por conta própria e não precisam mais de sua atenção focada. Você é livre para deixá-los fazer isso por conta própria enquanto os encoraja regularmente.

Embora eu tenha usado a disciplina espiritual da oração, esse método funcionará com todas as disciplinas espirituais.

Reserve um minuto para pensar nos membros (ou líderes) que você supervisiona. Em que áreas eles precisam crescer? Use este método para ajudá-los a crescer nessas áreas específicas e celebre ao fazê-lo!

Spanish blog:

Ayudando a otros a crecer

Por Stephen Daigle, pastor universitario y de adultos jóvenes en Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Imagina ir a un buen restaurante. Miras al otro lado de la habitación para ver a todos los demás disfrutando de su comida. Sin embargo, en una de las mesas, hay un individuo bebiendo una botella de leche. Pero aquí está la cosa, este individuo no es un bebé, sino la misma edad que todos en la mesa.

“Eso nunca sucedería”, podrías decir, pero sucede todo el tiempo espiritualmente en nuestros grupos celulares. A veces pensamos que los miembros de nuestra célula saben cómo alimentarse y crecer espiritualmente, pero no es así. Es nuestro trabajo como líder celular ayudar a los miembros de nuestra célula a crecer y desarrollarse en disciplinas espirituales, ayudándolos finalmente a alcanzar la madurez. Un método que nos gusta usar se ve así:

  1. yo hago, tu miras
  2. hacemos juntos
  3. tu lo haces yo miro
  4. tu lo haces yo me voy


Aquí hay un desglose de cómo se ve cada una de estas fases en la práctica.

Yo hago, tú miras – Nuevos miembros celulares que pueden no estar familiarizados con las disciplinas espirituales básicas ni cómo abordarlas. La oración es un ejemplo perfecto. En esta fase inicial, orarías mientras escuchan.

Lo hacemos juntos: una vez que lo hayan escuchado orar regularmente y noten el formato de sus oraciones, ¡están listos para intentarlo! Puede comenzar la oración y dejar que la terminen, o viceversa.

Tú lo haces, yo observo – Ahora tienen más confianza para orar porque lo han hecho en una capacidad pequeña. Ahora les pediría que hicieran toda la oración mientras dan retroalimentación constructiva. Hacer algunas sugerencias les ayudará a crecer y desarrollarse a medida que se sientan cómodos orando por su cuenta.

Lo haces, me voy – Después de un tiempo, esta disciplina es algo que están haciendo por su cuenta y ya no necesitan tu atención enfocada. Usted es libre de dejar que lo hagan por su cuenta mientras los alienta regularmente.

Aunque he usado la disciplina espiritual de la oración, este método funcionará con todas las disciplinas espirituales.

Tómese un minuto para pensar en los miembros (o líderes) que supervisa. ¿En qué áreas necesitan crecer? ¡Use este método para ayudarlos a crecer en esas áreas específicas y celebre mientras lo hacen!

Leave a Reply

Your email address will not be published.