Patiently Sharing The Gospel with Unbelievers

By Ralph Neighbour Jr., Touching Hearts: Empowering You to Share Your Faith

Many years ago, a Welsh lady came to my cell group. Her husband worked at an air force base and spent most of his paycheck getting drunk on Friday nights. Their house was set back from the road, so every time I would drive up to see him he would run out the back door and disappear until I was gone.

I prayed earnestly that the Lord would arrange a way for us to get acquainted. Whether from the Lord or not, I will not say — but this man got the worst case of the gout I had ever seen. He was confined to his chair with a pillow under his foot for several days. Now he couldn’t escape!

I spent the first few hours just getting acquainted, swapping stories about our childhoods and his army service. Gradually he accepted me as a friend. We came to the moment when I could ask, “I know you don’t ever think about spiritual things, and you know that is the most important thing in my life. Would you permit me to share with you what I believe?”

He put a new chew of tobacco in his cheek and said, “Go ahead.” I began the John 3:16 presentation. We moved rather quickly through it until I wrote the word “DEATH.” He exploded! He had convinced himself there was no after-life and that hell was nonsense. So strong were his feelings that I dropped the discussion. The next day I returned to visit him. He had cooled off, but was still pondering the issue of death and eternal separation from God. It took some time to work through that area, and I had to search the concordance in the back of my Bible for answers to some of his questions.

Finally, we completed the entire presentation, and he accepted Christ as his Lord. I saw that man grow and grow in the Lord as he was delivered from alcohol abuse and became a man of prayer. Sharing patiently with him worked!

As you go to unbelievers, you are participating in an eternal battle being waged for the souls of men. You are a mediator for Christ. Your assignment is to reconcile men to God. Understand that the powers of darkness and the powers of light are in conflict as you seek to mediate, to bring an unbeliever to salvation. All the powers of hell will fight against you!

Sensitivity to the presence of the Holy Spirit is the key as you witness. He is called the Paraclete, a Greek word meaning “one called alongside to help.” Be encouraged by this mingling of your Spirit with the Spirit of God that will take place as you share with unbelievers.

Korean blog (click here)

Portuguese blog

Compartilhando Pacientemente O Evangelho Com Os Incrédulos
Por Ralph Neighbour Jr., Tocando Corações: Um Guia Prático Alcançando Incrédulos

Muitos anos atrás, uma senhora galesa veio ao meu grupo de célula. Seu marido trabalhava em uma base da força aérea e gastava a maior parte de seu salário se embebedando nas noites de sexta-feira. A casa deles ficava afastada da estrada, então toda vez que eu dirigia para vê-lo, ele saía correndo pela porta dos fundos e desaparecia até que eu fosse embora.

Orei fervorosamente para que o Senhor arranjasse uma maneira de nos conhecermos. Se do Senhor ou não, não sei dizer – mas esse homem teve o pior caso de artrite inflamatória que já vi. Ele ficou confinado em sua cadeira com um travesseiro sob o pé por vários dias. Agora ele não podia escapar!

Passei as primeiras horas apenas conhecendo-o, trocando histórias sobre nossa infância e o serviço militar dele. Aos poucos, ele me aceitou como amigo. Chegamos ao momento em que pude perguntar: “Sei que você nunca pensa em coisas espirituais e sabe que isso é o mais importante na minha vida. Você me permitiria compartilhar com você o que eu acredito?”

Ele colocou um novo pedaço de tabaco na bochecha para mastigar e disse: “Vá em frente”. Comecei a apresentação de João 3:16. Passamos rapidamente por ele até que escrevi a palavra “MORTE”. Ele explodiu! Ele havia se convencido de que não havia vida após a morte e que o inferno era um absurdo. Tão fortes eram seus sentimentos que abandonei a discussão. No dia seguinte, voltei para visitá-lo. Ele havia se acalmado, mas ainda ponderava sobre a questão da morte e da separação eterna de Deus. Demorou algum tempo para trabalhar nessa área, e tive que pesquisar a concordância no final da minha Bíblia para obter respostas para algumas de suas perguntas.

Por fim, completamos toda a apresentação e ele aceitou a Cristo como seu Senhor. Vi aquele homem crescer cada vez mais no Senhor ao se livrar do abuso do álcool e se tornar um homem de oração. Compartilhar pacientemente com ele funcionou!

Ao ir até os incrédulos, você está participando de uma batalha eterna travada pelas almas dos homens. Você é um mediador de Cristo. Sua tarefa é reconciliar os homens com Deus. Entenda que os poderes das trevas e os poderes da luz estão em conflito enquanto você procura mediar, para trazer um incrédulo à salvação. Todos os poderes do inferno lutarão contra você!

Sensibilidade à presença do Espírito Santo é a chave ao testemunhar. Ele é chamado de Paráclito, uma palavra grega que significa “alguém chamado ao lado para ajudar”. Seja encorajado por esta mistura do seu Espírito com o Espírito de Deus que acontecerá quando você compartilhar com os incrédulos.

Spanish blog
Compartir pacientemente el Evangelio con los incrédulos
Por By Ralph Neighbour Jr., Touching Hearts: Empowering You to Share Your Faith

Hace muchos años, una mujer galesa vino a mi grupo celular. Su esposo trabajaba en una base aérea y gastaba la mayor parte de su sueldo emborrachándose los viernes por la noche. Su casa estaba apartada de la carretera, así que cada vez que yo iba a verle salía corriendo por la puerta de atrás y desaparecía hasta que yo me iba.

Ore encarecidamente para que el Señor encontrara la manera de que nos conociéramos. No sabría decir si fue el Señor o no, pero este hombre sufrió el peor caso de gota (es una forma común y compleja de artritis) que jamás había visto. Estuvo confinado en su silla con una almohada bajo el pie durante varios días. Ahora no podía escapar.

Pasé las primeras horas conociéndonos, intercambiando historias sobre nuestra infancia y su servicio militar. Poco a poco me fue aceptando como amigo. Llegó un momento en que pude preguntarle: “Sé que nunca piensas en cosas espirituales, y sabes que es lo más importante de mi vida. ¿Me permites que comparta contigo lo que creo?”.

Se puso una nueva mascada de tabaco en la mejilla y dijo: “Adelante”. Comencé la presentación de Juan 3:16. Avanzamos bastante rápido por ella hasta que escribí la palabra “MUERTE”. ¡Explotó! Se había convencido a sí mismo de que no había vida después de la muerte y de que el infierno no tenía sentido, tan fuertes eran sus sentimientos que abandoné la discusión. Al día siguiente volví a visitarle. Se había calmado, pero seguía dándole vueltas al tema de la muerte y la separación eterna de Dios. Tuve que buscar en la concordancia de la parte de atrás de mi Biblia las respuestas a algunas de sus preguntas.

Finalmente, terminamos toda la presentación y aceptó a Cristo como su Señor. Vi a ese hombre crecer y crecer en el Señor mientras era liberado del abuso del alcohol y se convertía en un hombre de oración. Compartir pacientemente con él  y ¡funcionó!

Cuando vas a los no creyentes, participas en una batalla eterna que se libra por las almas de los hombres, eres un mediador de Cristo. Tu misión es reconciliar a los hombres con Dios. Comprende que los poderes de las tinieblas y los poderes de la luz están en conflicto cuando intentas mediar y llevar a un incrédulo a la salvación. Todos los poderes del infierno lucharán contra ti.

La sensibilidad a la presencia del Espíritu Santo es la clave de tu testimonio. Se le llama el Paráclito, palabra griega que significa “el que es llamado junto a ti para ayudarte”. Anímate por esta mezcla de tu Espíritu con el Espíritu de Dios que tendrá lugar cuando compartas con los no creyentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *