Why Houses?

By Mario Vega, www.elim.org.sv

It is evident that in the New Testament, the Christians gathered in the houses. The fact that they did forces us, believers of the 21st century, to do the same. In reality, the emphasis and virtue are not based solely on physical space but on what that space facilitates. While church auditoriums stimulate community adoration and learning, the house facilitates intimate interaction among people. The closeness and absence of a rigid liturgy allow mutual edification dynamics and everyone’s participation. That is the fundamental issue.

The difference between the traditional and cell church is not only of a meeting place but of emphasis on Christian practice. Gathering in the houses encourages each member to exercise their gifts, become accountable, express support, receive encouragement, and teach others. That is, they stimulate the process of making disciples.

While in the 21st century, we can build the most comfortable and adequate church buildings, the houses continue to be the irreplaceable place for the Christian and discipleship experience. That is the reason that cell churches meet in both the building and the houses. This insistence is not only a matter of spaces but of values—the community values of edification, fraternity, and evangelism.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Por que nas casas?
Mario Vega, www.elim.org.sv

É evidente que à época do Novo Testamento os cristãos se reuniam nas suas casas. Este fato faz com que nós, crentes do século 21, façamos o mesmo. Na realidade, a ênfase e a virtude de tudo isso não estão apenas no que este espaço específico é, mas o que pode ser conseguido por causa dele. Enquanto os grandes auditórios das igrejas estimulam a adoração em comunhão, a casa permite uma interação íntima entre as pessoas. O fato de estarem juntos e de não haver uma liturgia rígida permite que aconteça uma dinâmica de edificação mútua e que todos participem. Este é o ponto fundamental.

A diferença entre a igreja tradicional e a igreja em células não está apenas onde as reuniões acontecem, mas na ênfase da prática cristã. As reuniões nas casas encorajam os membros a exercerem seus dons, comprometerem-se, expressar apoio, receber encorajamento e ensinar outras pessoas. Isto é, estas reuniões estimulam o processo de fazer discípulos.   

Certamente temos condições de construir prédios mais confortáveis e mais adequados para as igrejas hoje no século 21, mas as casas continuam a ser o lugar insubstituível para o cristianismo e para a experiência do discipulado. Esta é a razão pela qual as igrejas em células reúnem-se tanto nos prédios quanto nas casas. Esta insistência não é fruto apenas de uma questão de espaços físicos, mas de valores, os valores da edificação, fraternidade e evangelismo em comunidade.

Spanish blog:

¿Por qué los cristianos se reúnen en las casas?
por Mario Vega, www.elim.org.sv

Es evidente que en los relatos del Nuevo Testamento los cristianos se reunían en las casas. ¿El hecho de que ellos lo hicieran nos obliga a nosotros, creyentes del siglo XXI, a hacer lo mismo? En realidad, el énfasis y la virtud no se basa tan solo en el espacio físico, sino en lo que ese espacio facilita. Mientras que los auditorios de las iglesias estimulan la adoración y el aprendizaje comunitario, la casa facilita la interacción íntima entre las personas. La cercanía y la ausencia de una liturgia rígida permiten las dinámicas de edificación mutua y la participación de todos. Ese es el asunto fundamental.

La diferencia entre la iglesia tradicional y la celular no es solo de lugar de reunión, sino de énfasis en la práctica cristiana. Al reunirse en las casas las iglesias celulares animan a que cada miembro pueda ejercer sus dones, rendir cuentas, expresar apoyo, recibir ánimo, enseñar a otros. Es decir, estimulan el proceso de hacer discípulos.

Si bien en el siglo XXI podemos construir los edificios de culto más cómodos y adecuados de la era cristiana, las casas continúan siendo el lugar insustituible para la vivencia cristiana y el discipulado. Esa es la razón que lleva a las iglesias celulares a reunirse en el edificio, pero también en las casas. La insistencia no es solo un asunto de espacios sino de valores. Los valores de edificación, fraternidad y evangelismo comunitarios.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *