Persistence In Cell Ministry, part 2

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

Proverbs 24:10

I have fallen several times, but never let go in my pursuit of cell ministry. I have found that persistence is the key word for remaining in cell ministry and making a success of it.

From the early days of cell ministry, the attacks have been intense. The worst have been from within the church. The pain is greatest if your attackers are from your own family. “A man’s foes are those of his household” (Matthew 10:36).

Many of our cell leaders were quite discouraged and often returned to me with reports of difficulties. I learned that the devil will often seek to use the potent weapon of discouragement to stop us. But like it was for the widow in Luke 18:1-7 who persisted until the unjust judge gave in and granted her petition against her adversary, if we persist, we can overcome the obstacles and adversary.

The reluctance of a sizable number of our leaders to buy into the vision of cells was very distressing. This was happening because they were comparing our church with other churches that are program oriented.

Nigeria is blessed with very large churches that don’t practice cells. Many of them are led by Anointed Apostolic and Prophetic leaders whose gifts pull great crowds of people after them. Some of these churches have hundreds of thousands of members.

Being in such an environment often results in our own members challenging us to abandon the cell strategy and become program driven. I have only continued to persist in cell ministry because of my resolve to do what God has said.

The joy of cell ministry is that it creates an environment for authentic Christianity. It raises disciples, the laborers that will reap the end time harvest. Difficult times will come, but I always remember, “if you faint in the days of adversity, then your strength is small” (Proverbs 24:10). If you persist, your prosperity will emerge out the ashes of the same adversity.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Persistência no Ministério das Células, parte 2

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

Provérbios 24:10

Eu caí várias vezes, mas me ergui de volta na minha busca do ministério celular. Descobri que a persistência é a palavra-chave para permanecer no ministério das células e fazer um sucesso disso.

Desde os primeiros dias do ministério celular, os ataques foram intensos. O pior foi da igreja. A dor é maior se seus atacantes forem de sua própria família. “E assim os inimigos do homem serão os seus familiares.”Mateus 10:36

Muitos dos nossos líderes celulares foram bastante desencorajados e muitas vezes voltaram para mim com relatos de dificuldades. Aprendi que o diabo muitas vezes procura usar a poderosa arma de desânimo para nos impedir. Mas, como foi para a viúva em Lucas 18: 1-7 que persistiu até que o juiz injusto cedeu e concedeu sua petição contra seu adversário, se persistiremos, podemos superar os obstáculos e adversários.

A relutância de um número considerável de nossos líderes para comprar a visão das células foi muito angustiante. Isso estava acontecendo porque eles estavam comparando nossa igreja com outras igrejas orientadas para o programa.

A Nigéria é abençoada com igrejas muito grandes que não praticam células. Muitas delas são liderados por líderes apostólicos e proféticos ungidos, cujos dons levam grande multidão de pessoas atrás deles. Algumas dessas igrejas têm centenas de milhares de membros.

Estar em um ambiente desse tipo muitas vezes resulta em nossos próprios membros desafiando-nos a abandonar a estratégia celular e nos tornarmos orientados para o programa. Eu apenas continuei a persistir no ministério celular por causa da minha determinação de fazer o que Deus disse.

A alegria do ministério celular é que cria um ambiente para o cristianismo autêntico. Ela levanta discípulos, os trabalhadores que colherão a colheita do fim do tempo. Serão tempos difíceis, mas sempre me lembro, “Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena.” (Provérbios 24:10). Se você persistir, a prosperidade emergirá das cinzas da mesma adversidade.

Spanish blog:

La persistencia en el Ministerio Celular, parte 2

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

Proverbios 24:10

He caído varias veces, pero volví en mi búsqueda del ministerio celular. Descubrí que la persistencia es la palabra clave para permanecer en el ministerio y lograr el éxito.

Desde los primeros días del ministerio celular, los ataques han sido intensos. Lo peor ha sido desde dentro de la iglesia, el dolor es mayor si tus atacantes son de tu propia familia. “Los enemigos del hombre será los de su casa” (Mateo 10:36).

Muchos de nuestros líderes celulares estaban bastante desanimados y con frecuencia venían a mi, con informes de dificultades. Aprendí que el diablo a menudo buscará utilizar la arma poderosa del desánimo para detenernos. Pero como ocurrió  con la viuda en Lucas 18: 1-7 que persistió hasta que el juez injusto cedió y aceptó su petición contra su adversario, si persistimos, podemos vencer los obstáculos y las adversidades.

La renuencia de una cantidad considerable de nuestros líderes a comprar en la visión de las células fue muy angustiante. Esto estaba sucediendo porque estaban comparando nuestra iglesia con otras iglesias que están orientadas a los programas.

Nigeria está bendecida con iglesias muy grandes que no practican el modelo célular. Muchas de estás son dirigidos por líderes Apostólicos y Proféticos Ungidos cuyos dones atraen a grandes multitudes de personas. Algunas de estas iglesias tienen cientos de miles de miembros.

Estar en un entorno de este tipo a menudo resulta en que nuestros propios miembros nos desafíen a abandonar la estrategia celular y convertirnos en un iglesia basada en programas. Solo he continuado persistiendo en el ministerio celular debido a mi determinación en hacer lo que Dios ha dicho.

La alegría del ministerio celular es, que crea un ambiente para un cristianismo auténtico. Levanta discípulos, los obreros que cosecharán la cosecha de los tiempos finales. Llegarán tiempos difíciles, pero yo siempre recuerdo, “si fueres flojo en el día de trabajo, Tu fuerza será reducida.” (Proverbios 24:10). Si persistes, tu prosperidad surgirá de las cenizas de la misma adversidad.

Persistence In Cell Ministry, part 1

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

“Let us not become weary in doing good, for at the proper time we will reap a harvest if we do not give up.” -Galatians 6:9

Since learning about cell ministry as a young christian, I have felt a special connection to the concept. However, my experience with it in practice has not been as rosy as I thought it would be.

I have made several attempts at cell ministry and quit an equivalent number of times. However I have been drawn back to it like ants are to sugar.

Our first cell experience was in 1996 when our church was very young. The concept quickly took hold. In a period of eighteen months, our single cell multiplied into ten cells groups. But this powerful movement that could have potentially took our city over suffered a slow death due to poor leadership and negligence. We lost momentum and for some years it was buried.

I have now learned that this failure occurred because I was not schooled on the real reason for cell ministry. I did not understand the “why” of the cell system.

I used to see cell church as a numerical growth tactic. Although growth occurred, it was not as “fast as we expected.” Thankfully, we did experience slow and steady growth.

However, my dream was for fantastic numerical increase because I was carried away with stories of fast growing churches and their methods that were making news. I inadvertently ran after them, to our detriment.

Although I had Biblical reasons for cells in my spirit, pressure for numerical growth forced me to rewrite my theology.

The character that will stabilize you to be able to persist in cell ministry is this: a strong realization that the cell is God’s strategy. It is Gods method to raise disciples. This must be you reason, your “why” for cell ministry or else you will quit when the going gets rough.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Persistência no Ministério das Células, parte 1

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

“E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Gálatas 6:9

Desde que aprendi sobre o ministério celular como um jovem cristão, senti uma conexão especial com o conceito. No entanto, minha experiência com ele na prática não foi tão favorável como eu pensei que seria.

Eu fiz várias tentativas no ministério celular e desisti um número equivalente de vezes. No entanto, eu fui atraído de volta para ele como formigas são para açúcar.

Nossa primeira experiência celular foi em 1996, quando nossa igreja era muito jovem. O conceito rapidamente tomou posse. Em um período de dezoito meses, nossa célula única se multiplicou em dez grupos de células. Mas este poderoso movimento que poderia ter potencialmente levado a nossa cidade sofreu uma morte lenta devido à má liderança e negligência. Perdemos o impulso e por alguns anos ficou enterrado.

Agora soube que essa falha ocorreu porque não fui educado no verdadeiro motivo do ministério celular. Não entendi o “porquê” do sistema celular.

Eu costumava vê-lo como uma tática de crescimento numérico. Embora o crescimento tenha ocorrido, não foi tão rápido quanto esperávamos. Sim, experimentamos um crescimento lento e estável.

Meu sonho foi para o aumento numérico fantástico porque me deixei levar por histórias de igrejas de rápido crescimento e seus métodos que estavam fazendo notícias. Eu inadvertidamente correi atrás deles, em nosso detrimento.

Embora eu tivesse razões bíblicas para células em meu espírito, a pressão para o crescimento numérico me obrigava a reescrever minha teologia.

O caráter da superestrutura para te estabilizar para poder persistir no ministério celular é este: uma forte percepção de que a célula é a estratégia de Deus. É o método de Deus para criar discípulos. Esta deve ser sua razão, seu “porquê” para o ministério celular, ou então você vai desistir quando as coisas ficarem difíceis.

Spanish blog:

La persistencia en el ministerio celular, parte 1

Chris Oahre, HilltopChristianCentre

“No nos cansemos, pues, de hacer bien; porque a su tiempo segaremos, si no desmayamos.” -Gálatas 6:9

Desde que aprendí sobre el ministerio celular como un joven cristiano, he sentido una conexión especial con el concepto. Sin embargo, mi experiencia con el ministerio  en la práctica no ha sido tan facil, como pensé que sería.

He hecho varios intentos en el ministerio celular y no me fue bien un igual número de veces. Sin embargo, he llamado de nuevo como las hormigas al azúcar.

Nuestra primera experiencia celular fue en 1996 cuando nuestra iglesia era muy joven. El concepto rápidamente se detuvo;  en un período de dieciocho meses, nuestra única célula se multiplicó en diez células. Pero este poderoso movimiento que potencialmente podría haber tomado nuestra ciudad, sufrió una muerte lenta debido a la falta de liderazgo y negligencia. Perdimos impulso y durante algunos años fue enterrado.

Ahora he aprendido que este fracaso ocurrió porque no fui educado sobre la verdadera razón del ministerio celular. No entendí el “por qué” del sistema celular.

Solía ??verlo como una táctica de crecimiento numérico. Aunque el crecimiento ocurrió, no fue tan “rápido como esperábamos”. Sí, experimentamos un crecimiento lento y constante.

Mi sueño era un fantástico aumento numérico, porque me dejé llevar por las historias de la iglesia de rápido crecimiento y sus métodos que eran noticia. Inadvertidamente corrí detrás de ellos, para nuestro perjuicio.

Aunque tenía bases Bíblicas para las células en mi espíritu, la presión del crecimiento numérico me obligó a reescribir mi teología.

El carácter de la superestructura, para que puedas persistir y estabilizarte en el ministerio celular es esta: una fuerte convicción de que la célula es la estrategia de Dios. Es el método de Dios para levantar discípulos. Debes verlo así, tu “por qué” para el ministerio celular o de lo contrario abandonarás todo, cuando las cosas se pongan difíciles.

Part 2:- Faithful in Little; Faithful in Much

Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

As I study God’s Word, my goal is to allow the Bible to tell me what it means rather than to force my meaning on the Bible–even if the position of the Word doesn’t agree with my understanding.  One verse that has stirred me to think a lot is Luke 16:10 (KJVS):

“He that is faithful in that which is least is faithful also in much: and he that is unjust in the least is unjust also in much.”

I believe the lesson applies generally to church planting and specifically to cell church strategy. In my experience, the best church planters are those who have already succeeded in starting, faithfully growing and multiplying cell groups. Having been tried and tested successfully on a small scale, they have built the discipline and habit of bearing fruit. Hence, “.. He that is faithful in little (cell) is faithful in much (celebration).

These habits that have helped to grow their cell, also form the same building blocks for growing the larger body. He that is faithful in little will be faithful in much. Conversely, he that isn’t faithful in little will not be faithful in much.

I will like to add that he that has been able to plant and grow a cell will be able to grow a church because the cell is actually a microcosm of the larger church with all its components.

Our present Pastor in our church in Lagos used to head our cell system in Port Harcourt. He bought into the cell vision and under his oversight of our cell system, we experienced the birthing of over one hundred and fifty new cells in two years.

He carried the same spirit to Lagos where we had just about ten cells. But in twenty-four months, recasting the cell vision has resulted in the birthing of nearly sixty new cells and an upsurge in growth to over five hundred worshippers in celebration. The church in Lagos is now projecting a cell church planting in a neighboring community, which is spearheaded by cell groups.

Once again the Bible is proven to be true; “he that is faithful in little (the cell), is faithful in much (the celebration).”

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Parte 2: Fiel no Pouco, Fiel no Muito

Por Chris Oahre, www.hilltopinternational.org
Ao estudar a Palavra de Deus, o meu objetivo é permitir que a Bblia me diga o seu significado, em vez de forçar o meu significado sobre a Bblia – mesmo se a posição da Palavra não está de acordo com o meu entendimento. Um verso que me intrigou e me fez pensar muito é Lucas 16:10 (JFA):”Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito; quem é injusto no pouco, também é injusto no muito.”

Eu acredito que essa lição se aplica, de forma geral, à plantação de igreja e especificamente à estratégia de igreja em célula. Em minha experiência, os melhores plantadores de igreja são aqueles que já tiveram sucesso em iniciar, fazer crescer fielmente e multiplicar células. Tendo sido julgados e testados em pequena escala, eles construram a disciplina e hábito de dar frutos. Consequentemente, “… quem é fiel no pouco (célula) é fiel no muito (culto de celebração).”

Estes hábitos que ajudaram a célula a crescer, também formam os mesmos blocos de construção para o crescimento do corpo maior. Quem é fiel no pouco, será fiel no muito. De modo oposto, quem não é fiel no pouco, não será fiel no muito.

Eu gostaria de acrescentar que, o que tem sido capaz de plantar e fazer crescer uma célula será capaz de crescer uma igreja, porque a célula é realmente uma miniatura da grande igreja com todos os seus componentes.

Nosso pastor atual da nossa igreja em Lagos costumava dirigir nosso sistema celular em Port Harcourt. Ele aderiu a visão celular e, sob a sua supervisão, nós experimentamos nascimento de mais de cento e cinquenta novas células em dois anos.

Ele levou o mesmo esprito para Lagos, onde nós tnhamos apenas dez células. Mas em vinte e quatro meses, uma reformulação da visão celular resultou no nascimento de quase sessenta novas células e um surto de crescimento, para mais de cinco centenas de fiéis no culto de celebração.

Mais uma vez a Bblia prova estar certa; “quem é fiel no pouco (a célula), é fiel no muito (o culto de celebração)”.

Spanish blog: 

Parte 2: – fiel en lo poco; Fiel en lo mucho

Por Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

Al estudiar la Palabra de Dios, mi objetivo es permitir que la Biblia me diga lo que significa en lugar de forzar a mi sentido de la Biblia – incluso si la posición de la Palabra no está de acuerdo con mi comprensión. Un verso que me ha agitado a pensar mucho es Lucas 16:10 (KJVS):

“El que es fiel en lo muy poco, también en lo más es fiel; y el que en lo muy poco es injusto, también en lo más es injusto”

Creo que la lección se aplica en general a la plantación de iglesias y especficamente en la estrategia de la iglesia celular. En mi experiencia, los mejores plantadores de iglesias son aquellos que ya han tenido éxito empezando, con fidelidad creciendo y multiplicando los grupos celulares. Después de haber sido probado con éxito en una pequeña escala, han construido con disciplina y hábito para llevar fruto. Por lo tanto, “..El que es fiel en lo poco (la célula) es fiel en lo mucho (la celebración)”.

Estos hábitos que han ayudado a hacer crecer la célula, forman también los mismos bloques de construcción para el crecimiento del cuerpo. El que es fiel en lo poco será fiel en lo mucho. Por el contrario, el que no es fiel en lo poco, no será fiel en lo mucho.

Me gustara añadir que el que ha sido capaz de plantar y cultivar una célula será capaz de hacer crecer una iglesia porque la célula es en realidad un microcosmos de la iglesia más grande con todos sus componentes.

Nuestro Pastor presente en nuestra iglesia en Lagos utiliza la cabeza en nuestro sistema celular en Port Harcourt. El trajo a la visión celular y bajo su supervisión de nuestro sistema celular, experimentó el nacimiento de más de ciento cincuenta células nuevas en dos años.

Llevaba el mismo espritu de Lagos, donde tenamos sólo unas diez células. Sin embargo, en veinticuatro meses, refundió la visión celular que ha dado como resultado el nacimiento de casi sesenta nuevas células y un aumento en el crecimiento de más de quinientos fieles en la celebración. La iglesia en Lagos está proyectando una plantación de iglesias celulares en una comunidad vecina, que está encabezada por grupos de células.

Una vez más, la Biblia ha demostrado ser verdadera; “El que es fiel en lo poco (la célula), es fiel en lo mucho (la celebración).”

Part 1 – Faithful in Little- Faithful in Much

Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

We planted a church in the city of Lagos that started in the living room of a family that relocated from Port Harcourt where they were active members of our church.

The man had been transferred by the multinational oil company where he worked as a petroleum engineer. This professional oils worker simply started a cell in their family seating room and gathered together the few brethren who had also been transferred like themselves. Our very first cell group started in his living room in Port Harcourt.

In Lagos, under his leadership, they started with a cell group. In a few months, they outgrew the living room. They then found a larger space to accommodate the growing numbers. And it kept growing. At that time, we weren’t very much informed about the workings of the cell system (we are far better informed now under the mentorship and coaching of Joel Comiskey). Yet, with our limited knowledge, that same small group of lay people laid the foundation for what has become a thriving and growing church of five hundred people. Because cell is the simple way to successfully plant a church.

It all started with a simple small cell group not needing huge infrastructure and expensive bills for large facilities. A little seed planted has become a huge tree. That little seed is the cell. As Jesus said in Mark 4:30-32: “And he said, Whereunto shall we liken the kingdom of God? or with what comparison shall we compare it? It is like a grain of mustard seed, which, when it is sown in the earth, is less than all the seeds that be in the earth: But when it is sown, it groweth up, and becometh greater than all…”

Korean blog (click here)

Portuguese blog: 

Parte 1 – Fiel no Pouco – Fiel no Muito

Chris Oahre,
www.hilltopinternational.org

Nós plantamos uma igreja na cidade de Lagos que começou na sala de estar da casa de uma famlia que havia se mudado de Port Harcourt, onde eles eram membros ativos da nossa igreja.

O homem havia sido transferido pela companhia multinacional de óleo onde ele trabalhava como um engenheiro de petróleo. Esse profissional do óleo simplesmente começou uma célula na sala de sua famlia e reuniu os poucos irmãos da fé que também tinham sido transferidos. A nossa primeira célula começou em sua sala de estar em Port Harcourt.

Em Lagos, sob sua liderança, eles começaram uma célula. Em poucos meses, eles não cabiam mais na sala. Então eles encontraram um espaço maior para acomodar o número crescente de pessoas. E ele continuou crescendo. Naquela época, nós não tnhamos muita informação sobre o funcionamento do sistema celular (estamos muito mais informados agora sob a orientação e treinamento de Joel Comiskey). Ainda assim, com nosso conhecimento limitado, aquele pequeno grupo de pessoas leigas lançaram o fundamento do que se tornou uma igreja próspera e crescente de quinhentas pessoas. Porque a célula é a forma simples de plantar uma igreja com sucesso.

Tudo começou com uma célula pequena e simples, não sendo necessária uma grande infraestrutura e contas caras para grandes instalações. Uma pequena semente plantada tornou-se uma árvore imensa. Essa pequena semente é a célula. Como Jesus disse em Marcos 4: 30-32: “E dizia: A que assemelhare-mos o reino de Deus? ou com que parábola o representaremos? É como um grão de mostarda, que, quando se semeia na terra, é a menor de todas as sementes que há na terra; Mas, tendo sido semeado, cresce; e faz-se a maior de todas as hortaliças, e cria grandes ramos, de tal maneira que as aves do céu podem aninhar-se debaixo da sua sombra”.

Spanish blog: 

Parte 1 – Fiel en poco – fiel en mucho

Por Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

Hemos plantado una iglesia en la ciudad de Lagos, que comenzó en la sala de una familia que se trasladó desde Port Harcourt donde estaban los miembros activos de nuestra iglesia.

El hombre haba sido trasferido por una empresa petrolera multinacional donde trabajó como ingeniero petrolero. Este trabajador profesional de crudo simplemente comenzó una célula en su sala familiar y reunió a unos pocos hermanos que también haban sido transferidos como ellos. Nuestro primer grupo celular se inició en su sala en Port Harcourt.

En Lagos, bajo su dirección, empezaron con un grupo de células. En unos pocos meses, ellos sobre llenaron la sala. Luego, encontraron un espacio más grande para dar cabida a los números crecientes. Y siguió creciendo. En ese momento, no estábamos muy informados sobre el funcionamiento del sistema celular (estamos mucho mejor informados ahora bajo la tutela y dirección técnica de Joel Comiskey). Sin embargo, con nuestro conocimiento limitado, ese mismo pequeño grupo de laicos sentó las bases de lo que se han convertido en una iglesia próspera y creciente de quinientas personas. Por qué la célula es la forma más sencilla para plantar con éxito una iglesia.

Todo comenzó con un grupo de células pequeñas sencilla que no necesitan gran infraestructura y facturas costosas para grandes instalaciones. Una pequeña semilla plantada se ha convertido en un árbol enorme. Esa pequeña semilla es la célula. Como dijo Jesús en Marcos 4: 30-32: ” Deca también: ¿A qué haremos semejante el reino de Dios, o con qué parábola lo compararemos? Es como el grano de mostaza, que cuando se siembra en tierra, es la más pequeña de todas las semillas que hay en la tierra; pero después de sembrado, crece, y se hace la mayor de todas… “

The Cell System, part 2

Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

Exodus 18:13-23 refers to the care or coaching system that Moses set up in response to Jethro’s counsel. Systems help us to achieve things on a consistent basis. A cell system will keep generating multiplying disciples of Christ when attention is diligently given to the different components namely, Cell, Celebration, Coaching, Equipping and a solid and intense prayer culture.

To achieve a successful Cell system requires that the leadership and membership change their ways of thinking and working.
In Exodus 18:13-23, Jethro challenged Moses to employ “systems thinking” to be able to effectively lead the young country of Israel.

Systems thinking means that we must deliberately engage every part to contribute their roles in the pursuit of the common goal. This is required to harness the full potential of the church.

Systems help us achieve good results at the fastest speed. The cell, Celebration, Coaching, Equipping all soaked in a lifestyle of continuous prayer are required components needed to achieve the all important goal of making multiplying disciples.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Sistema Celular, parte 2

Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

Êxodo 18:13-23 se refere ao sistema de cuidado ou treinamento que Moisés estabeleceu em resposta ao conselho de Jetro. Os sistemas nos ajudam a alcançar as coisas de uma forma consistente. Um sistema celular vai continuar gerando discpulos de Cristo multiplicadores quando a atenção é dada diligentemente aos diferentes componentes, que são: Célula, Culto de Celebração, Treinamento, Equipamento, e uma cultura sólida e intensa de oração.

Para alcançar um sistema celular bem sucedido é necessário que a liderança e os membros mudem suas formas de pensar e trabalhar.

Em Êxodo 18:13-23, Jetro desafiou Moisés a empregar um “pensamento sistêmico” para ser capaz de liderar eficazmente o jovem pas de Israel.

O pensamento sistêmico significa que nós devemos engajar deliberadamente todas as partes para contriburem com seus papeis na busca do objetivo comum. Isso é necessário para aproveitar todo o potencial da igreja.

Os sistemas nos ajudam a alcançar bons resultados na velocidade mais rápida. A Célula, o Culto de Celebração, o Treinamento e o Equipamento, todos embebidos em um estilo de vida de oração contnua, são componentes necessários para atingir o objetivo mais importante de fazer discpulos multiplicadores.

Spanish blog:

El sistema celular, parte 2

Chris Oahre, www.hilltopinternational.org

Éxodo 18: 13-23 se refiere al sistema de cuidado o de entrenamiento que Moisés estableció en respuesta al consejo de Jetro. Sistemas que nos ayudan a lograr cosas en una base consistente. Un sistema celular que mantendrá generando discpulos multiplicadores de Cristo cuando se le da forma diligente y atención a los diferentes componentes la célula, Celebración, Entrenamiento, equipamiento y una cultura sólida e intensa de oración.

Para lograr un sistema celular con éxito se requiere que el liderazgo y la membresa cambie sus formas de pensar y trabajar.

En Éxodo 18: 13-23, Jetro desafió a Moisés a emplear “un pensamiento sistémico” para poder dirigir con eficacia el joven pas de Israel.

Un pensamiento sistémico significa que debemos participar deliberadamente en cada parte para contribuir con sus funciones en la persecución del objetivo común. Esto es necesario para aprovechar todo el potencial de la iglesia.

Los sistemas nos ayudan a lograr buenos resultados a la velocidad más rápida. La célula, la celebración, el entrenamiento, dotando y llenando a todos en un estilo de vida de oración continua, esos son los componentes necesarios para lograr todo el importante objetivo de hacer discpulos multiplicadores.