Celebration and Discipleship

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

God’s people gathered in the temple courts to celebrate God’s greatness and majesty in the Old Testament. These gatherings also were used to listen to Priests and Prophets to deliver their message to the people. Besides the corporate gatherings, we can also see the groups of ten (Exodus 18).

In the New Testament, God’s people met publicly and from house to house (book of Acts). This month we talked about celebration and its importance in the cell system and discipleship overall.

As we said earlier, the celebration is the gathering of all cells. It is an experience of showing strength and unity. Corporate gatherings, representing the transcendence of God, complements the community gathering, representing the immanence of God—most high and the most nigh God. Dr Bill Beckham uses the analogy of the two wings of a bird to illustrate these two elements of the cell church. The one-wing church features only corporate gatherings or only community gatherings. Such a church will not fly.

The celebration service should be attractive, inspiring, and well planned. It should lead to a deep relationship with God through worship. These qualities are also very positive and strong in reaching out to unbelievers present. It is an effective evangelistic tool.

In the celebration, it is also easy to lead the cells to multiplication. They can be prepared for some weeks until the multiplication day arrives. It is a joyful day when multiplication can be made visible and celebrated. Also, in celebration services, the people of multiplied cells can meet and see each other again.

Preaching is a very important and perhaps the most critical part of the celebration service. Sermons have to be of high quality and very practical, down to earth. Members must apply the teaching in everyday life. Many cell churches deliberately use the sermon teachings for practical application during the Word time in the cell. This preaching time can also be beneficial for the teaching of values and vision casting and reinforcement.

Celebration is crucial in the overall discipleship process. At the beginning of the cell movement, we tended to emphasize the cells and neglected the celebration. However, today, we have come back to highlight the celebration as equally important to the cell. They complement each other.

HELP US GOD!

Robert M. Lay
Cell Church Brazil

Korean blog: (click here)

Portuguese blog:

Celebração e Discipulado
Robert Lay, www.celulas.com.br

O povo de Deus se reunia no templo para celebrar a grandeza e a majestade de Deus no Antigo Testamento. Aquelas reuniões também eram uma oportunidade para ouvir os pregadores e profetas, que entregavam suas mensagens ao povo. Além destas grandes reuniões, também é possível observar que havia outras reuniões em grupos de 10 pessoas (Êxodo 18).

No Novo Testamento o povo de Deus reunia-se publicamente e também de casa em casa (livro de Atos). Durante este mês temos falado sobre a celebração e sua importância no sistema celular e no discipulado em geral.

Como mencionamos anteriormente, a celebração é a reunião de todas as células. É uma experiência onde é possível demonstrar força e unidade. As grandes reuniões, representando a transcendência de Deus, complementam as reuniões de íntima comunhão, que representam a imanência de Deus – Deus Altíssimo e Deus Presente. O Dr. Bill Beckham utiliza a analogia das duas asas de um pássaro para ilustrar estes dois elementos da igreja celular. A igreja com apenas uma asa é aquela que utiliza apenas as grandes reuniões ou apenas as reuniões de íntima comunhão. Uma igreja assim não voará.

O Culto de Celebração deve ser atraente, inspirador e muito bem planejado. Ele deve levar as pessoas a um relacionamento mais profundo com Deus através da adoração. Estas qualidades também são muito positivas e fortes no sentido de alcançar pessoas fora da comunidade ou descrentes que estejam presentes. É uma ferramenta evangelística efetiva.

É fácil levar as células à multiplicação através da Celebração. É possível prepará-las para a multiplicação por diversas semanas até o dia da multiplicação. É um dia cheio de alegria quando a
Multiplicação é visível e pode ser celebrada. Além disso, nos Cultos de Celebração, as pessoas de células que passaram pela multiplicação podem novamente se encontrar.

A pregação é muito importante e talvez seja a parte mais crítica do Culto de Celebração. Os sermões precisam ser de alta qualidade e muito práticos, realmente pragmáticos. Os membros devem poder aplicar o ensino no dia a dia. Muitas igrejas intencionalmente utilizam o ensino da pregação para aplicação prática durante o momento da Palavra nas células daquela semana. Este momento da pregação também pode ser muito bom para o ensino dos valores e para passar e reforçar a visão da igreja.

A celebração é crucial no processo de discipulado como um todo. No início do movimento celular nós tendíamos a enfatizar as células e negligencias a celebração. Hoje nós voltamos a chamar a atenção para a Celebração como um momento tão importante quanto a célula. Eles se complementam.

Nos ajude Deus!
Robert M. Lay
Ministério Igreja em Células no Brasil.

Spanish blog:

Esta es una traducción de Google. Cuando se reciba el blog normal, se publicará en el sitio web de JCG.

Celebración y discipulado Por Robert Lay, www.celulas.com.br
El pueblo de Dios se reunió en los patios del templo para celebrar la grandeza y majestad de Dios en el Antiguo Testamento. Estas reuniones también se utilizaron para escuchar a los sacerdotes y profetas para transmitir su mensaje a la gente. Además de las reuniones corporativas, también podemos ver los grupos de diez (Éxodo 18).

En el Nuevo Testamento, el pueblo de Dios se reunía públicamente y de casa en casa (libro de los Hechos). Este mes hablamos sobre la celebración y su importancia en el sistema celular y el discipulado en general.

Como dijimos anteriormente, la celebración es la reunión de todas las células. Es una experiencia de mostrar fuerza y ​​unidad. Las reuniones colectivas, que representan la trascendencia de Dios, complementan la reunión de la comunidad y representan la inmanencia de Dios, el Dios más alto y más cercano. El Dr. Bill Beckham usa la analogía de las dos alas de un pájaro para ilustrar estos dos elementos de la iglesia celular. La iglesia de un ala presenta solo reuniones corporativas o solo reuniones comunitarias. Una iglesia así no volará.

El servicio de celebración debe ser atractivo, inspirador y bien planificado. Debería conducir a una relación profunda con Dios a través de la adoración. Estas cualidades también son muy positivas y fuertes para llegar a los incrédulos presentes. Es una herramienta de evangelización eficaz.

En la celebración, también es fácil llevar las células a la multiplicación. Se pueden preparar durante algunas semanas hasta que llegue el día de la multiplicación. Es un día alegre en el que la multiplicación puede hacerse visible y celebrarse. Además, en los servicios de celebración, las personas de células multiplicadas pueden encontrarse y verse de nuevo.

La predicación es una parte muy importante y quizás la más crítica del servicio de celebración. Los sermones deben ser de alta calidad y muy prácticos, con los pies en la tierra. Los miembros deben aplicar la enseñanza en la vida diaria. Muchas iglesias celulares usan deliberadamente las enseñanzas del sermón para una aplicación práctica durante el tiempo de la Palabra en la celda. Este tiempo de predicación también puede ser beneficioso para la enseñanza de valores y para proyectar y reforzar la visión.

La celebración es crucial en el proceso general de discipulado. Al comienzo del movimiento celular, tendíamos a enfatizar las células y descuidamos la celebración. Sin embargo, hoy hemos vuelto para destacar la celebración como igualmente importante para la célula. Se complementan entre sí.

¡AYÚDENOS DIOS!

Robert M. Lay
Iglesia celular Brasil

Cell Multiplication

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

In our body, healthy cells multiply normally to keep us alive. In every system, cells have to be mature before multiplying. The aging process happens when more cells die then multiply. Sick cells multiply into sick cells. This leads to disease.

In the cell church what are some characteristics of a mature cell that is ready for multiplication? This is not an exhaustive study.

  1. The cell is seen as the church, that is, a basic Christian community. Living in close community is very powerful. The cell is not an appendix of the overall church program. It is the body of Christ in its full function. Dr Bill Beckham says, “the cell is a lean and mean fighting machine.” The presence, power, and purpose of Jesus Christ gives it a legitimized existence as a church under a local leadership team. The gates of hell will not prevail against her.
  2. The Priesthood of all Believers is understood and practiced. In Brazil, we have a governing principle that we have used since the beginning of the cell movement: “Each House a Church, Each Member a Minister.” The cell isn’t a one-man show. Remember it’s not only the leader that builds up Christ’s body. Rather, every member has one or more gifts of the Holy Spirit to edify (oikodomeo) the body of Christ. Each member does this through practicing the one-another ministry, mentioned over 50 times in the New Testament.
  3. The Word of God is applied to everyday life according to James 1:22-24. Transformation and life according to Christian values are essential as a sign of maturity as the cell prepares to multiply.
  4. One or more interns have been developed through discipleship, equipping, and active participation in leading the cell. A key question is whether the disciple is making new disciples.  An Apple tree does not stop by producing apples. It produces other apple trees. It is important that the more mature cell members form a leadership core (1 John 2:12-14).
  5. There is an earnest desire to live a holy life. “Holiness and Harvest” were the two pillars of John Wesley’s cells. Sadly, the church of Jesus Christ started as an organic movement and later was transformed into a static monument.
  6. The cell does not suffer from multiplication phobia. Remember that growth leads to natural multiplication. It is a consequence of normal life through natural relationships with unsaved friends. Jesus was authentic and simple. He related to people on the streets, in houses, at feasts, on the beach, etc. He loved to eat with people! This is the most effective way to grow.

We need to teach these characteristics of a mature cell in our equipping and practice them in normal cell life.

HELP US GOD!

Robert M. Lay, Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Multiplicação de Células

Por Robert Lay,  www.celulas.com.br

Em nosso corpo, as células saudáveis se multiplicam normalmente para nos manter vivos. Em todos os sistemas, as células precisam estar maduras antes de se multiplicarem. O processo de envelhecimento ocorre quando mais células morrem e depois se multiplicam. As células doentes se multiplicam em células doentes. Isso leva à doença.

Na igreja em células, quais são algumas características de uma célula madura que está pronta para a multiplicação? Este não é um estudo exaustivo.

  1. A célula é vista como a igreja, ou seja, uma comunidade cristã básica. Viver em comunidade próxima é muito poderoso. A célula não é um apêndice do programa geral da igreja. É o corpo de Cristo em todas as suas funções. O Dr. Bill Beckham diz: “a célula é uma máquina de combate enxuta e malvada”. A presença, o poder e o propósito de Jesus Cristo conferem a ela uma existência legitimada como uma igreja sob uma equipe de liderança local. As portas do inferno não prevalecerão contra ela.
  2. O sacerdócio de todos os crentes é compreendido e praticado. No Brasil, temos um princípio governante que usamos desde o início do movimento de células: “Cada Casa é uma Igreja, Cada Membro é um Ministro”. A célula não é trabalho de um homem só. Lembre-se de que não é apenas o líder que constrói o corpo de Cristo. Em vez disso, cada membro tem um ou mais dons do Espírito Santo para edificar (oikodomeo) o corpo de Cristo. Cada membro faz isso praticando o ministério uns dos outros, mencionado mais de 50 vezes no Novo Testamento.
  3. A Palavra de Deus é aplicada à vida cotidiana de acordo com Tiago 1:22-24. A transformação e a vida segundo os valores cristãos são essenciais como sinal de maturidade enquanto a célula se prepara para se multiplicar.
  4. Um ou mais estagiários foram desenvolvidos por meio do discipulado, treinamento e participação ativa na liderança da célula. Uma questão chave é se o discípulo está fazendo novos discípulos. Uma macieira não para de produzir maçãs. Produz outras macieiras. É importante que os membros mais maduros da célula formem um núcleo de liderança (1 João 2:12-14).
  5. Há um desejo sincero de viver uma vida santa. “Santidade e Colheita” eram os dois pilares das células de John Wesley. Infelizmente, a igreja de Jesus Cristo começou como um movimento orgânico e mais tarde foi transformada em um monumento estático.
  6. A célula não sofre de fobia de multiplicação. Lembre-se de que o crescimento leva à multiplicação natural. É uma consequência da vida normal por meio de relacionamentos naturais com amigos não salvos. Jesus era autêntico e simples. Ele se relacionava com as pessoas nas ruas, nas casas, nas festas, na praia, etc. Ele adorava comer com as pessoas! Esta é a maneira mais eficaz de crescer.

Precisamos ensinar essas características de uma célula madura em nosso equipamento e praticá-las na vida normal da célula.

AJUDE-NOS DEUS!

Robert M. Lay, Ministério Igreja em Células no Brasil

Spanish blog:

Multiplicación celular

 

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

 

En nuestro cuerpo, las células sanas se multiplican normalmente para mantenernos con vida. En todos los sistemas, las células deben estar maduras antes de multiplicarse. El proceso de envejecimiento ocurre cuando mueren más células y luego se multiplican. Las células enfermas se multiplican en células enfermas. Esto conduce a la enfermedad.

 

En la iglesia celular, ¿cuáles son algunas de las características de una célula madura que está lista para la multiplicación? Este no es un estudio exhaustivo.

 

 1. La célula se ve como la iglesia, es decir, una comunidad cristiana básica. Vivir en una comunidad cercana es muy poderoso. La célula no es un apéndice del programa general de la iglesia. Es el cuerpo de Cristo en plena función. El Dr. Bill Beckham dice, “la célula es una máquina de lucha magra y mezquina”. La presencia, el poder y el propósito de Jesucristo le dan una existencia legitimada como iglesia bajo un equipo de liderazgo local. Las puertas del infierno no prevalecerán contra ella.

 

2. El sacerdocio de todos los creyentes se comprende y se practica. En Brasil tenemos un principio rector que hemos utilizado desde el inicio del movimiento celular: “Cada casa una Iglesia, cada miembro un ministro”. La célula no es un espectáculo de un solo hombre. Recuerde que no es solo el líder quien edifica el cuerpo de Cristo. Más bien, cada miembro tiene uno o más dones del Espíritu Santo para edificar (oikodomeo) el cuerpo de Cristo. Cada miembro hace esto practicando el ministerio de unos a otros, esto es mencionado más de 50 veces en el Nuevo Testamento.

 

3. La Palabra de Dios se aplica a la vida diaria según Santiago 1: 22-24. La transformación y la vida según los valores cristianos es esencial como signo de madurez mientras la célula se prepara para multiplicarse.

 

4. Se han desarrollado uno o más miembros a través del discipulado, el equipamiento y la participación activa en la dirección de la célula. Una pregunta clave es si el discípulo está haciendo nuevos discípulos. Un manzano no deja de producir manzanas. Produce otros manzanos. Es importante que los miembros de la célula más maduros formen un núcleo de liderazgo (1 Juan 2: 12-14).

 

5. Hay un ferviente deseo de vivir una vida santa. “Santidad y cosecha” eran los dos pilares de las células de John Wesley. Lamentablemente, la iglesia de Jesucristo comenzó como un movimiento orgánico y luego se transformó en un monumento estático.

 

6. La célula no sufre de fobia a la multiplicación. Recuerde que el crecimiento conduce a la multiplicación natural. Es una consecuencia de la vida normal a través de relaciones naturales con amigos inconversos. Jesús fue auténtico y sencillo. Se relacionaba con la gente en las calles, en las casas, en las fiestas, en la playa, etc. ¡Le encantaba comer con la gente! Ésta es la forma más eficaz de crecer. 

 

Necesitamos enseñar estas características de una célula madura en nuestro equipamiento y practicarlas en la vida celular normal. 

 

¡AYÚDANOS DIOS! 

 

Robert M. Lay, Ministerio de la Iglesia Celular Brasil 

Expanding His Church through the Priesthood of All Believers

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

We all know the way Jesus did things. He was preparing apostolic priests for three years to minister after his departure. These men obeyed His command to develop other priests, and the process continued.

The New Testament is full of commands to minister to one another as priests do, imparting blessings to people through every day relationships and small group meetings. Relational house to house ministry continued for about three hundred years until ordained holy men were called Priests and took over the duties of all believers.

The good news is that God is calling his Church to go back to the New Testament norm of everyone a minister, rather than exalting only special saints.

One exciting example is Ethiopia. When Haile Selassie, the Emperor of Ethiopia, was overthrown by a communist coup, the communistic government put all the pastors of the Miserete Christos church into jail. They converted the church building into a barn. At that time, the Church had five thousand members.

Without their pastors, all members began to care for each other in small groups and preached the gospel from house to house. After ten years, when the communist government was overthrown, the pastors were released, and they counted the members. To the surprise of everyone, the Church had grown to fifty thousand members.

Another exciting example is the Maranatha Church in São Luis, Brazil. The Pastors decided to multiply their Church. They sent out half the Church members by sending out eleven coaches with their cells to form new Church plants. They did this during one Sunday service. These coaches met weekly with their pastors. In three years, the number of people doubled, and they planted eleven new churches.

Instead of investing money in mega buildings, we need to invest in people that multiply themselves!

Relationships in love and discipleship form the basic ministry of priests in basic Christian New Testament communities today.

HELP US GOD!

Robert M. Lay, Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Expandindo Sua Igreja por meio do Sacerdócio de Todos os Crentes

Por Robert Lay,  www.celulas.com.br

Todos nós sabemos a maneira como Jesus fazia as coisas. Ele estava preparando sacerdotes apostólicos por três anos para ministrar depois de sua partida. Esses homens obedeceram à Sua ordem de desenvolver outros sacerdotes, e o processo continuou.

O Novo Testamento está cheio de mandamentos para ministrar uns aos outros como os sacerdotes fazem, concedendo bênçãos às pessoas por meio de relacionamentos diários e reuniões de pequenos grupos. O ministério de casa em casa continuou por cerca de trezentos anos até que homens santos ordenados fossem chamados de sacerdotes e assumissem os deveres de todos os crentes.

A boa notícia é que Deus está chamando sua Igreja para voltar à norma do Novo Testamento de todos os ministros, ao invés de exaltar apenas santos especiais.

Um exemplo emocionante é a Etiópia. Quando Haile Selassie, o imperador da Etiópia, foi derrubado por um golpe comunista, o governo comunista colocou todos os pastores da igreja Miserete Christos na prisão. Eles converteram o prédio da igreja em um celeiro. Naquela época, a Igreja tinha cinco mil membros.

Sem seus pastores, todos os membros começaram a cuidar uns dos outros em pequenos grupos e pregaram o evangelho de casa em casa. Depois de dez anos, quando o governo comunista foi derrubado, os pastores foram libertados e contaram os membros. Para surpresa de todos, a Igreja havia crescido para cinquenta mil membros.

Outro exemplo emocionante é a Igreja Maranatha em São Luis, Brasil. Os pastores decidiram multiplicar sua Igreja. Eles enviaram metade dos membros da Igreja, enviando onze treinadores com suas células para formar novas plantações da Igreja. Eles fizeram isso durante um culto de domingo. Esses treinadores se reuniam semanalmente com seus pastores. Em três anos, o número de pessoas dobrou e eles plantaram onze novas igrejas.

Em vez de investir dinheiro em mega edifícios, precisamos investir em pessoas que se multiplicam!

Relacionamentos de amor e discipulado formam o ministério básico dos sacerdotes nas comunidades básicas do Novo Testamento Cristão hoje.

AJUDE-NOS DEUS!

Robert M. Lay
Ministério Igreja em Célula Brasil

Spanish blog:

Expandiendo Su Iglesia a través del Sacerdocio de Todos los Creyentes

 

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

 

Todos conocemos la forma en que Jesús hizo las cosas. Estaba preparando sacerdotes apostólicos durante tres años para ministrar después de su partida. Estos hombres obedecieron su mandato de desarrollar otros sacerdotes y el proceso continuó.

 

El Nuevo Testamento está lleno de mandatos para ministrarse unos a otros como lo hacen los sacerdotes, impartiendo bendiciones a las personas a través de las relaciones diarias y las reuniones de grupos pequeños. El ministerio relacional de casa en casa continuó durante unos trescientos años hasta que los hombres santos ordenados fueron llamados sacerdotes y asumieron los deberes de todos los creyentes.

 

La buena noticia es que Dios está llamando a su Iglesia a volver a la norma del Nuevo Testamento en la que todos son ministros, en lugar de exaltar solo a los santos especiales.

 

Un ejemplo interesante es Etiopía. Cuando Haile Selassie, el emperador de Etiopía, fue derrocado por un golpe comunista, el gobierno encarceló a todos los pastores de la iglesia Miserete Christos. Convirtieron el edificio de la iglesia en un granero. En ese momento, la Iglesia tenía cinco mil miembros.

 

Sin sus pastores, todos los miembros comenzaron a cuidarse unos a otros en grupos pequeños y predicaron el evangelio de casa en casa. Después de diez años, cuando el gobierno comunista fue derrocado, los pastores fueron liberados y contaron los miembros. Para sorpresa de todos, la Iglesia había crecido a cincuenta mil miembros.

 

Otro ejemplo interesante es la Iglesia Maranatha en São Luis, Brasil. Los pastores decidieron multiplicar su Iglesia. Enviaron a la mitad de los miembros de la Iglesia mediante el envío de once supervisores con sus células para formar nuevas filiales de su Iglesia. Hicieron esto durante un servicio dominical. Estos supervisores se reunieron semanalmente con sus pastores. En tres años, el número de personas se duplicó y plantaron once nuevas iglesias.

 

En lugar de invertir dinero en mega edificios, ¡necesitamos invertir en personas que se multiplican!

 

Las relaciones de amor y discipulado forman el ministerio básico de los sacerdotes en las comunidades cristianas básicas del Nuevo Testamento en la actualidad.

 

¡AYÚDANOS DIOS!

 

Robert M. Lay

Ministerio de la Iglesia Celular Brasil 

Community: the Way of Jesus

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

As we look at the life and work of Jesus, we quickly noticed his unique way of forming disciples of Jesus who would eventually lead his church. One of his key formation strategies was eating with his disciples. His last and perhaps most important meeting was the “Last Supper.” Jesus ate with these disciples, formed a community with them, and gave them his most valuable teachings.

Neurologists say that when we eat and converse with other people around a table, we use the side of the brain that is less resistant and more open to consider and analyze new information. We can see this with businessmen who like to conduct important negotiations around a table during a meal—often in a quiet spot in a restaurant. Many deals are closed in such settings.

Jesus loved to eat with people, especially sinners. This is a very effective evangelistic tool. The reality is that cells that eat together are  the most effective in growth and multiplication. Deep community generates effective evangelism. The two times I visited  Pastor Mario Vega’s Church in San Salvador, I went to cell meetings, which all had a time of eating together.

A warm family atmosphere is very attractive because we live in an individualistic society and world. We all have an inner desire to be part of a group and be accepted. We also desire to be touched by God in a special way. Ralph Neighbour says that he wants to have written on his tombstone the words in 1 Corinthians 14:25, “Surely God is in your midst.” Here we have the high point of a house church meeting where the Holy Spirit is at work and an unbeliever is touched  by the Word of God and comes to the conclusion, on his knees saying, “Surely God is in your midst.”

Community is the way of life of Christ’s Bodies. Martin Luther translated the term  “Ecclesia” (Mathew 16)  in the German Bible as “Gemeinde” which means Community. He never used “Kirche” which means Church.  So, the translation of Jesus’ words, “I will build my Church,” in Luther’s Bible would be “I will build my Community.” He grasped the real meaning of community.

More and more pastors, leaders, and people, in general, understand the need for a community atmosphere and life. Large gatherings aren’t able to produce true community.

HELP US GOD!

Robert M. Lay

Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Comunidade: o Jeito de Jesus

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Ao olharmos para a vida e obra de Jesus, rapidamente notamos sua maneira única de formar discípulos de Jesus que acabariam por liderar sua igreja. Uma de suas principais estratégias de formação era comer com seus discípulos. Seu último e talvez mais importante encontro foi a “Última Ceia”. Jesus comeu com esses discípulos, formou comunidade com eles e deu-lhes seus ensinamentos mais valiosos.

Os neurologistas dizem que, quando comemos e conversamos com outras pessoas em torno de uma mesa, usamos o lado do cérebro que é menos resistente e mais aberto para considerar e analisar novas informações. Podemos ver isso com empresários que gostam de conduzir negociações importantes em torno de uma mesa durante uma refeição – geralmente em um local tranquilo em um restaurante. Muitos negócios são fechados em tais ambientes.

Jesus gostava de comer com as pessoas, especialmente pecadores. Esta é uma ferramenta evangelística muito eficaz. A realidade é que as células que comem juntas são as mais eficazes no crescimento e na multiplicação. Comunidade profunda gera evangelismo eficaz. Nas duas vezes que visitei a Igreja do pastor Mario Vega em San Salvador, fui a reuniões de células, nas quais todos comeram juntos.

Um ambiente familiar acolhedor é muito atraente porque vivemos em uma sociedade e mundo individualistas. Todos nós temos o desejo interior de fazer parte de um grupo e ser aceitos, principalmente quando nossas necessidades interiores são atendidas e tocadas pela Palavra de Deus e pelas pessoas presentes.

Ralph Neighbour diz que deseja ter escrito em sua lápide as palavras em 1 Coríntios 14:25, “Certamente Deus está no meio de vocês”. Aqui temos o ponto alto de uma reunião de uma igreja doméstica onde o Espírito Santo está operando e um incrédulo é tocado pela Palavra de Deus e chega à conclusão, de joelhos dizendo: “Certamente Deus está no meio de vocês”.

Comunidade é o modo de vida dos corpos de Cristo. Martinho Lutero traduziu o termo “Ecclesia” (Mateus 16) na Bíblia alemã como “Gemeinde” que significa Comunidade. Ele nunca usou “Kirche” que significa Igreja. Então, a tradução das palavras de Jesus, “Eu edificarei minha Igreja”, na Bíblia de Lutero seria “Eu edificarei minha comunidade”. Ele compreendeu o verdadeiro significado da comunidade.

Cada vez mais pastores, líderes e pessoas em geral entendem a necessidade de uma atmosfera e vida comunitária. Grandes reuniões não são capazes de produzir uma verdadeira comunidade.

AJUDE-NOS DEUS!

Robert M. Lay
Ministério Igreja em Célula Brasil

Spanish blog:

Comunidad: el Camino de Jesús

 

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

 

Al observar la vida y obra de Jesús, rápidamente notamos su manera única de formar discípulos que eventualmente liderarían su iglesia. Una de sus estrategias clave de formación fue comer con sus discípulos. Su última y quizás más importante reunión fue la “Última Cena”. Jesús comió con estos discípulos, formó comunidad con ellos y les dio sus enseñanzas más valiosas.

 

Los neurólogos dicen que cuando comemos y conversamos con otras personas alrededor de una mesa, usamos el lado del cerebro que es menos resistente y más abierto para considerar y analizar nueva información. Podemos ver esto con los hombres de negocios a quienes les gusta llevar a cabo negociaciones importantes alrededor de una mesa durante una comida, a menudo en un lugar tranquilo de un restaurante. Muchos acuerdos se cierran en tales entornos.

A Jesús le encantaba comer con la gente, especialmente con los pecadores. Esta es una herramienta evangelística muy eficaz. La realidad es que las células que comen juntas son las más efectivas en el crecimiento y la multiplicación. La comunidad profunda genera una evangelización eficaz. Las dos veces que visité la Iglesia del Pastor Mario Vega en San Salvador, fui a reuniones celulares, donde todos tuvieron un tiempo para comer juntos.

 

Un ambiente familiar cálido es muy atractivo porque vivimos en una sociedad y un mundo individualistas. Todos tenemos un deseo interno de ser parte de un grupo y ser aceptados, principalmente cuando nuestras necesidades internas son satisfechas y tocadas por la Palabra de Dios y las personas presentes.

 

Ralph Neighbour dice que quiere tener escrito en su lápida de su tumba las palabras de 1 Corintios 14:25, “Ciertamente Dios está en medio de nosotros”. Aquí tenemos el punto culminante de una reunión de una iglesia en casa donde el Espíritu Santo está obrando y un incrédulo es tocado por la Palabra de Dios y llega a la conclusión, de rodillas diciendo: “Ciertamente Dios está en medio de nosotros”.

 

La comunidad es la forma de vida de los Cuerpos de Cristo. Martín Lutero tradujo el término “Ecclesia” (Mateo 16) en la Biblia alemana como “Gemeinde” que significa Comunidad. Nunca usó “Kirche”, que significa Iglesia. Entonces, la traducción de las palabras de Jesús, “edificaré mi Iglesia”, en la Biblia de Lutero sería “edificaré mi comunidad”. Comprendió el verdadero significado de comunidad.

 

Cada vez más pastores, líderes y personas en general comprenden la necesidad de una atmósfera y una vida comunitaria. Las grandes reuniones no pueden producir una verdadera comunidad.

 

 ¡AYÚDANOS DIOS!

 

Robert M. Lay

Ministerio de la Iglesia Celular Brasil 

Envisioning A Brighter Future After Covid-19

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

We all were caught by surprise by this pandemic. Pastors, leaders, and churches had to rethink all normal procedures about how to run the church. We all had to learn how to use technology and how to apply it “to do” church.

Program-based churches had more difficulty in rethinking their structure because all activities were done in person and in buildings. Suddenly, programs now had to conform to simple internet streaming. In between high pandemic waves, churches could assemble with only 30 percent of overall capacity.

Cell churches, on the other hand, had it easier because the structure of small group gatherings already existed, and when the pandemic worsened they went on line. It is easier to maintain a small group online than maintain a large group together online.

Things will never be the same after this pandemic. After this crisis ends, we still will be using the internet more and more to communicate even with our unsaved friends. On a positive note, online communication can be less threatening than in person.

Evangelism and discipleship online will complement in-person meetings. Nothing substitutes, however, those in-person relationships. But when the busy times come back after the pandemic, online encounters will be useful and less time-consuming.

Teaching the equipping track, for example, can alternate between online and in-person encounters. Learning at distance is already used today and will increase even after the pandemic.

After all this is said, the most important thing for the church is not to lose its main focus. While going every day, the early church made disciples, helping them to obey all that Jesus has taught and lived through small Basic Christian Communities based on relationships.

Help Us God!

Robert M. Lay, Cell Church Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Visando Um Futuro Melhor Após a Covid 19

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

Todos nós fomos pegos de surpresa por esta pandemia. Pastores, líderes e igrejas tiveram que repensar todos os procedimentos normais sobre como administrar a igreja. Todos nós tivemos que aprender como usar a tecnologia e como aplicá-la “para fazer” a igreja.

As igrejas baseadas em programas tiveram mais dificuldade em repensar sua estrutura porque todas as atividades eram feitas pessoalmente e em edifícios. De repente, os programas agora tinham que se conformar a uma simples transmissão de internet. Entre ondas de alta pandemia, as igrejas podiam se reunir com apenas 30 por cento da capacidade total.

As igrejas em células, por outro lado, tiveram mais facilidade porque já existia a estrutura de reuniões de pequenos grupos e, quando a pandemia se agravou, elas entraram em operação. É mais fácil manter um pequeno grupo online do que um grande grupo online.

As coisas nunca mais serão as mesmas depois desta pandemia. Depois que essa crise acabar, ainda usaremos cada vez mais a internet para nos comunicarmos, mesmo com nossos amigos não salvos. Por outro lado, a comunicação online pode ser menos ameaçadora do que pessoalmente.

Evangelismo e discipulado online complementarão as reuniões presenciais. Nada substitui, entretanto, aqueles relacionamentos pessoais. Mas quando os tempos de pico voltarem após a pandemia, os encontros online serão úteis e menos demorados.

Ensinar o trilho de treinamento, por exemplo, pode alternar entre encontros online e presenciais. O ensino à distância já é usado hoje e vai aumentar mesmo depois da pandemia.

Depois de tudo isso, o mais importante para a igreja é não perder seu foco principal. Enquanto ia todos os dias, a igreja primitiva fez discípulos, ajudando-os a obedecer a tudo o que Jesus ensinou e viveu por meio de pequenas Comunidades Cristãs Básicas baseadas em relacionamentos.

Ajude-nos Deus!

Robert M. Lay
Igreja em Células do Brasil

Spanish blog:

Visualizando un futuro más brillante después del Covid 19

 

Por Robert Lay, www.celulas.com.br

 

A todos nos tomó por sorpresa esta pandemia. Los pastores, líderes e iglesias tuvieron que repensar todos los procedimientos normales sobre cómo dirigir la iglesia. Todos tuvimos que aprender cómo usar la tecnología y cómo aplicarla en la iglesia.

 

Las iglesias basadas en programas tuvieron más dificultades para repensar su estructura porque todas las actividades se realizaban en persona y en edificios. De repente, los programas ahora tenían que ajustarse a la transmisión simple por Internet. En medio de altas olas pandémicas, las iglesias podrían reunirse con solo el 30 por ciento de la capacidad total.

 

Las iglesias celulares, por otro lado, lo tuvieron más fácil porque la estructura de reuniones de grupos pequeños ya existía, y cuando la pandemia empeoró, se pusieron en línea. Es más fácil mantener un grupo pequeño en línea y luego mantener un grupo grande en línea.

 

Las cosas nunca volverán a ser iguales después de esta pandemia. Después de que termine esta crisis, seguiremos usando Internet cada vez más para comunicarnos incluso con nuestros amigos no salvos. En una nota positiva, la comunicación en línea puede ser menos amenazante que en persona.

 

El evangelismo y el discipulado en línea complementarán las reuniones en persona. Sin embargo, nada sustituye a las relaciones personales. Pero cuando vuelva la temporada alta después de la pandemia, los encuentros en línea serán útiles y consumirán menos tiempo.

 

La enseñanza de la pista de equipamiento, por ejemplo, puede alternar entre encuentros en línea y en persona. El aprendizaje a distancia ya se utiliza hoy en día y aumentará incluso después de la pandemia.

 

Después de todo esto dicho, lo más importante para la iglesia es no perder su enfoque principal. Mientras iba todos los días, la iglesia primitiva hizo discípulos, ayudándolos a obedecer todo lo que Jesús enseñó y vivió a través de pequeñas comunidades cristianas básicas basadas en las relaciones.

 

¡Ayúdanos Dios!

 

Robert M. Lay

Iglesia celular Brasil