Movement Between Celebration and Cell, Part #1

michael

By Michael Sove

I have been involved with the two-winged church since 1995. I love the quote by J.I. Packer, which says, “If they’re not with the whole congregation on Sunday, and in the small group somewhere during the week, their Christian lives are unbalanced.” I personally look forward to participating in both aspects every week.

In the Celebration I get a sense of how big God is as all the cells come together in worship and to receive instruction from God’s Word. In the Cell group I get to experience God and how near He is as we interact and edify one another. In my experience, for the most part, people will first come to the Celebration service.

Over the years we have done many things to move people from Celebration to Cell. We use pre-service slides highlighting cell ministry, testimonies, and video interviews. A couple times a year we have recruitment months where we have put inserts in the bulletin listing all the cells and how to connect. We also have a rack on the wall next to the door going into the worship center with cards representing each group. We now use social media and our web page to get the word out as well.

Ultimately the best way to get people from Celebration to Cell is by personal invitation. If you can get your cell members coming to Celebration with the mindset of meeting people they do not know every time they come to a service, then there is a good chance, through patient invitation, they can get them to their cell. I have learned that for many people it will take multiple invitations.

We have also tried to close the gap by expressing the expectation of group involvement for all those who come through our membership process. If they take that step, then during the one-on-one interview with them, we find out what groups they may be interested in and pass their information on to the leaders, who then contact them and personally invite them to their group.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Movimento Entre o Culto de Celebração e a Célula, Parte #1

Por Michael Sove

Eu estou envolvido com a igreja de duas asas desde 1995. Eu amo a nota de J.I. Packer, que diz: "Se eles não estão com toda a congregação no domingo e no pequeno grupo em algum lugar durante a semana, então suas vidas cristãs estão desequilibradas". Eu pessoalmente espero participar de ambos os aspectos toda semana.

No Culto de Celebração eu tenho uma noção de quão grande Deus é conforme todas as células se unem em adoração e para receber instrução da Palavra de Deus. Na célula eu posso experimentar a Deus e quão próximo Ele está conforme nós interagimos e edificamos uns aos outros. Na minha experiência, na maioria das vezes, as pessoas virão primeiro ao Culto de Celebração.

Com o passar dos anos nós fizemos muitas coisas para mover as pessoas do Culto de Celebração para as Células. Nós usamos slides antes do culto ressaltando o ministério celular, testemunhos e entrevistas em vdeo. Duas vezes no ano nós temos meses de recrutamento onde nós colocamos no boletim listas com todas as células e como se conectar. Nós também temos uma prateleira na parede próxima da porta que dá para o centro de adoração com cartões representando cada grupo. Agora nós também usamos as mdias sociais e nossa página na internet para levar a Palavra.

Finalmente, a melhor forma para levar as pessoas do Culto de Celebração para a Célula é através do convite pessoal. Se você consegue fazer com que os membros da sua célula vão ao Culto de Celebração com a mentalidade de conhecer pessoas que eles ainda não conhecem todas as vezes que eles forem ao culto, então há uma grande chance, através do convite paciente, que eles consigam as pessoas para sua célula. Eu aprendi que para muitas pessoas é necessário múltiplos convites.

Nós também tentamos completar a lacuna expressando a expectativa do envolvimento do grupo para todos aqueles que passam através do nosso processo de se tornar um membro. Se eles tomarem esse passo, então durante a entrevista de um a um com eles, nós descobrimos com quais grupos eles podem se interessar e passar a informação deles para os lderes, que depois vão entrar em contato com eles e vão convidá-los pessoalmente para seus grupos.

Spanish blog:

El Movimiento entre la celebración y la célula  primera parte.

Por Michael Sove

He estado involucrado con la iglesia de dos alas desde 1995. Me encanta la cita de JI Packer, que dice: "Si no están con toda la congregación el domingo, y en el grupo celular en algún lugar durante la semana, su vida cristiana están desequilibradas." Personalmente, quiero participar en ambos aspectos cada semana.

En la Celebración consigo un sentido en lo grande que Dios es en todas las células cuando se unen en la adoración y reciben instrucción de la Palabra de Dios. En el grupo celular, llego a experimentar a Dios y lo cerca que Él esta y como nos relacionamos en una mutua edificación. En mi experiencia, en su mayor parte, la gente primero viene al Servicio de celebración.

Con los años hemos hecho muchas cosas para llevar a la gente de la celebración a la célula. Utilizamos diapositivas de pre-servicio destacando el ministerio celular, testimonios y entrevistas en video. Un par de veces al año tenemos meses de reclutamiento en el que hemos puesto un boletn con el listado de todas las células y cómo conectarse. También tenemos un estante en la pared junto a la puerta de entrada en el centro de adoración con las tarjetas que representan a cada grupo. Ahora usamos las redes sociales y nuestra página Web.

En última instancia, la mejor manera de llevar la gente de la Celebración a la célula es por una invitación personal. Si usted puede hacer que sus miembros celulares vengan a la celebración con la mentalidad de conocer gente que no conocen cada vez que vienen a un servicio, entonces hay una buena posibilidad, a través de una invitación, que puedan llegar a su la célula. He aprendido eso de muchas personas que tomará varias invitaciones.

También hemos tratado de cerrar la brecha mediante la expresión de la expectativa en la participación de los grupos para todos los que vienen a través de nuestro proceso de membresa. Si ellos toman ese paso, entonces, durante la entrevista de uno-a-uno con ellos, nos enteramos en que grupos ellos están interesados ​​ y pasamos la información a los dirigentes, que luego entraran  en contacto con ellos y personalmente los invitaran

Leave a Reply

Your email address will not be published.