A Praying Church

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

In the book of Acts, when believers gathered together, they prayed. They didn’t always preach or sing, but they prayed.

Author Jack Deere writes, “The biggest difference between the first-century church and the modern church in the Western world is that the first-century church was a praying church. We are a talking church” (Why I am still surprised by the power of the Spirit p. 172).

I confess that when I read that, I cringed with an inward “ouch.” That has been all too true in my experience.

However, we can be like the early church. As leaders, we need to talk through issues we are facing, and we can pray them through together. We will preach at our meetings, and we can pray, too. Our worship teams can rehearse the music, and they can also take time to pray together for God to be glorified as they minister.

Our churches can be houses of prayer. And that starts with us leaders seeking the Lord alone in our time of prayer. It builds our intimacy with Jesus, centers our hearts on his purposes, and empowers our ministries. One morning this week as I was praying I had several ideas about next steps I should take in a challenge I was facing. I wasn’t even asking God for wisdom in that matter, but he graciously offered it anyway. It was better than many hours of brainstorming. I’m sure you can name many instances like that yourself. Sometimes it is good to remind ourselves of our great privilege!

Paul Yonggi Cho recently passed away. He was the father of the modern cell church movement and led the largest church in the history of the world. It is no coincidence that he was also known as an “apostle of prayer.” Let’s commit ourselves to being a praying church above all. 

Korean blog: (click here

Portuguese blog:

Uma igreja que ora

Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

No livro de Atos dos Apóstolos, sempre que os crentes estavam reunidos, eles oravam. Nem sempre havia pregação ou hinos, mas eles oravam.

O autor Jack Deere escreve: “A maior diferença entre a igreja do primeiro século e a igreja moderna no mundo ocidental é que a igreja do primeiro século era uma igreja que orava. Nós somos uma igreja que fala” (Porque eu ainda me surpreendo com o poder do Espírito Santo, página 172 – Tradução livre do título do livro)

Eu confesso que que sinto um golpe quando leio isso. Isso tem sido verdade por toda a minha experiência de vida.

Entretanto, nós podemos ser como a igreja primitiva. Como líderes, precisamos conversar sobre os problemas que estamos vivendo, e podemos orar juntos por cada um deles. Vamos pregar em nossas reuniões, mas podemos orar também. Nossas equipes de louvor podem ensaiar as músicas, e eles também podem reservar tempo para orar juntos para que Deus seja glorificado quando estiverem ministrando.

Nossas igrejas podem ser casas de oração. E isso começa conosco, líderes, buscando a presença do Senhor sozinhos em nosso tempo de oração. Isso constrói a nossa intimidade com Jesus, alinha nossos corações aos Seus propósitos e fortalece nossos ministérios. Eu estava orando em uma das manhãs esta semana e tive diversas ideias sobre os próximos passos que deveria tomar a respeito de um grande desafio que estou enfrentando. Eu nem estava pedindo sabedoria a Deus sobre aquele assunto, mas Ele me ofereceu sabedoria assim mesmo. Foi muito melhor do que passar horas pensando sobre aquele assunto. Tenho certeza de que você também já teve experiências assim. Às vezes é muito importante ser relembrado do privilégio que temos.

Paul Yonggi Cho faleceu recentemente. Ele foi o pai do movimento atual de Igrejas em Células e liderou a maior igreja da história. Não é apenas coincidência o fato de que ele também era conhecido como um “apóstolo da oração”. Vamos então nos comprometer a sermos, acima de tudo, uma igreja que ora.

Spanish blog:

Una iglesia que ora

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

En el libro de los Hechos, cuando los creyentes se reunían, oraban. No siempre predicaron ni cantaron, pero oraron.

El autor Jack Deere escribe: “La mayor diferencia entre la iglesia del primer siglo y la iglesia moderna en el mundo occidental es que la iglesia del primer siglo era una iglesia de oración. Nosotros somos una iglesia que habla ”(Por qué todavía me sorprende el poder del Espíritu p. 172).

Confieso que cuando leí eso, me encogí con un “ay” interior. Eso ha sido demasiado cierto en mi experiencia.

Sin embargo, podemos ser como la iglesia primitiva. Como líderes, debemos hablar sobre los problemas que enfrentamos y podemos orar juntos por ellos. Predicaremos en nuestras reuniones y también podemos orar. Nuestros equipos de adoración pueden ensayar la música y también pueden tomar tiempo para orar juntos para que Dios sea glorificado mientras ministran.

Nuestras iglesias pueden ser casas de oración. Y eso comienza con nosotros, los líderes, buscando al Señor solo en nuestro tiempo de oración. Construye nuestra intimidad con Jesús, centra nuestro corazón en sus propósitos y fortalece nuestros ministerios. Una mañana de esta semana, mientras oraba, tuve varias ideas sobre los próximos pasos que debería tomar en un desafío que estaba enfrentando. Ni siquiera le estaba pidiendo a Dios sabiduría en ese asunto, pero él me la ofreció amablemente de todos modos. Fue mejor que muchas horas de lluvia de ideas. Estoy seguro de que usted puede nombrar muchas instancias como esa. ¡A veces es bueno recordarnos nuestro gran privilegio!

Paul Yonggi Cho falleció recientemente. Fue el padre del movimiento de la iglesia celular moderna y dirigió la iglesia más grande en la historia del mundo. No es casualidad que también fuera conocido como un “apóstol de la oración”. Comprometámonos ante todo a ser una iglesia en oración.

Individual and Corporate Prayer

By Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad in Hidalgo, Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

In our journey to transition into a cell church, we have gleaned many valuable insights needed to promote the priesthood of all believers. Setting a Biblical foundation, having the proper structure, developing leaders, etc. have all been vital. However, prayer is one practice that has been consistently encouraged by many cell church experts.

In reading, The Elim Story How a Passionate People Penetrated An Entire City for Jesus, Joel provides an in-depth view of one the best examples of a cell church in the Elim church led by pastor Mario Vega. In chapter four, Mario Vega outlines various practices pastors must develop, and one of those is prayer. Mario believes that it must be the pastors that dedicate themselves to prayer in order for the church to do the same.

Central to the ministry of Jesus was his time in prayer with the Father. Jesus understood the importance of always being in communication with the Father and doing His will. As leaders, our prayer time is non-negotiable. We must imitate our Lord and Savior Jesus Christ to best navigate every situation and do God’s will for our lives.

One of my favorite moments during the week is when we pray as a cell group. Many times we are unaware of the events that occurred or those that are coming up for each individual. When we pray for one another we are believing that Jesus Christ is among us, as stated in Matthew 18:20. What joy it should bring each of us as we are reminded of such a beautiful promise.

Pressing forward, we should continue to work on every aspect needed to promote the priesthood of all believers. As we do so, we must continue to stay connected to our Father and rejoice as we pray in community, knowing that Jesus is in our midst.

Korean blog: (click here)

Portuguese blog:

Oração individual e em grupo

Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad em Hidalgo, no estado do Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

Em nossa jornada de transição para uma igreja em células, temos utilizado muitas experiências valiosas que são necessárias na promoção do sacerdócio de todos os crentes. Ter um sólido fundamento bíblico, montar uma estrutura apropriada, desenvolver líderes, etc. Tudo isso tem sido vital para este processo. Entretanto, além de tudo isso a oração é uma prática encorajada por muitos dos líderes no ministério em células.

No livro: A história da Igreja Elim – Como pessoas apaixonadas conquistaram uma cidade inteira para Jesus, o autor Joel Comiskey fornece uma visão profunda de um dos melhores exemplos de igreja em células, através da Igreja Elim, liderada pelo Pastor Mario Vega. No quarto capítulo, Mario Vega descreve diversas práticas que os pastores devem desenvolver e uma delas é a oração. O Pastor Mario acredita que é necessário que os pastores se dediquem primeiro à oração para que a igreja passe a fazer isso também.

O tempo em oração com o Pai era algo central no ministério de Jesus. Ele entendia a importância de estar sempre em contato com o Pai e de fazer a Sua vontade. Enquanto líderes, nosso tempo em oração deve ser inegociável. Devemos imitar nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo para que possamos navegar por todas as situações da vida da melhor forma e fazermos a vontade de Deus em nossas próprias vidas.

Um de meus momentos favoritos da semana é quando oramos na célula. Muitas vezes não fazemos ideia do que tem acontecido com as outras pessoas nem com o que está para acontecer para cada um. Quando oramos declaramos que cremos que Jesus Cristo está entre nós, como está descrito em Mateus 18:20. Sermos relembrados desta promessa linda deve trazer muita alegria a cada um de nós.

Devemos prosseguir e continuar a trabalhar em cada um dos aspectos necessários à promoção do sacerdócio de todos os crentes. À medida que fazemos isso, devemos continuar conectados ao Pai e nos alegrarmos quando oramos em comunidade e comunhão, sabendo que Jesus está entre nós.

Spanish blog:

Oración individual y corporativa

Por Aaron Lemuel De La Torre, Iglesia Bautista de la Comunidad en Hidalgo, Texas, https://www.comunidadiglesia.com/

En nuestro viaje hacia la transición a una iglesia celular, hemos recopilado muchas ideas valiosas necesarias para promover el sacerdocio de todos los creyentes. Establecer una base bíblica, tener la estructura adecuada, desarrollar líderes, etc. ha sido vital. Sin embargo, la oración es una práctica que ha sido constantemente alentada por muchos expertos en iglesias celulares.

Al leer Elim: La apasionante historia de una iglesia transformando una ciudad para Jesus, Joel ofrece una visión en profundidad de uno de los mejores ejemplos de una iglesia celular, en la iglesia Elim dirigida por el pastor Mario Vega. En el capítulo cuatro, Mario Vega describe varias prácticas que los pastores deben desarrollar, y una de ellas es la oración. Mario cree que deben ser los pastores los que se dediquen a la oración para que la iglesia haga lo mismo.

Un factor central para el ministerio de Jesús fue su tiempo en oración con el Padre. Jesús entendió la importancia de estar siempre en comunicación con el Padre y hacer su voluntad. Como líderes, nuestro tiempo de oración no es negociable. Debemos imitar a nuestro Señor y Salvador Jesucristo para navegar mejor en cada situación y hacer la voluntad de Dios para nuestras vidas.

Uno de mis momentos favoritos durante la semana es cuando oramos como grupo celular. Muchas veces desconocemos los eventos que ocurrieron o los que se avecinan para cada individuo. Cuando oramos los unos por los otros, creemos que Jesucristo está entre nosotros, como se indica en Mateo 18:20. ¡Qué alegría debería traernos a cada uno de nosotros al recordar una promesa tan hermosa! Al avanzar, debemos seguir trabajando en todos los aspectos necesarios para promover el sacerdocio de todos los creyentes. Al hacerlo, debemos seguir conectados con nuestro Padre y regocijarnos mientras oramos en comunidad, sabiendo que Jesús está entre nosotros.

Learning about Prayer from Pastor David Cho

By Mario Vega, www.elim.org.sv

On September 14, 2021, Pastor David Cho passed into the presence of the Lord at the age of 85. Known as the father of the modern-day cell movement, he bequeathed to the body of Christ rich teaching about the central place of house-to-house ministry. Yet, another key part of his life, ministry, and teaching was prayer, the key to faith, visions, and dreams.

I remember hearing Cho teach on prayer at the Church Growth International conference shortly before the COVID 19 pandemic broke out. He explained his prayer practice, which was based entirely on the Lord’s Prayer. Cho began by acknowledging that the heavenly Father was overall. He then entered into a time of worship. Then he prayed for the spread of the gospel and missionary work so that Christ’s kingdom of God would come. And, thus, he could successively continue for extended amounts of time with the guidance of the Lord’s Prayer.

We must remember that Cho did not have a special “church growth” secret to build the largest church in Christianity. The key was fasting and prayer. Now the “remains” of David Cho rest on the mountain of prayer, the same place where thousands pray 24 hours a day. This is the mountain where he had his prayer grotto, which was the same as other church members. The only difference was that inside his prayer grotto was a wooden chair he leaned on to pray because of his advanced age.

Even though Cho is now in heaven, we can learn from him to prioritize prayer in our lives and ministries.

Korean blog: (click here)  

Portuguese blog:

Aprendendo Sobre Oração Com o Pastor David Cho

Por Mario Vega,  www.elim.org.sv

Em 14 de setembro de 2021, o pastor David Cho passou à presença do Senhor aos 85 anos. Conhecido como o pai do movimento celular moderno, ele legou ao corpo de Cristo um rico ensinamento sobre o lugar central do ministério de casa em casa. No entanto, outra parte importante de sua vida, ministério e ensino foi a oração, a chave para a fé, visões e sonhos.

Lembro-me de ouvir Cho ensinando sobre oração na conferência Church Growth International, pouco antes do início da pandemia COVID 19. Ele explicou sua própria prática de oração, que se baseava inteiramente na Oração do Senhor. Cho começou reconhecendo que o Pai celestial estava acima de tudo. Ele então entrou em um momento de adoração. Em seguida, ele orou pela propagação do evangelho e da obra missionária, para que o reino de Deus de Cristo viesse. E, assim, ele poderia continuar sucessivamente por longos períodos com a orientação do Pai Nosso.

Devemos lembrar que Cho não tinha um segredo especial de “crescimento da igreja” que lhe permitiu construir a maior igreja do Cristianismo. A chave era o jejum e a oração. Agora, os “restos” de David Cho repousam na montanha da oração, o mesmo lugar onde milhares oram 24 horas por dia. Esta é a montanha onde ele tinha sua própria gruta de oração, que era igual a outros membros da igreja. A única diferença era que dentro de sua própria gruta de oração havia uma cadeira de madeira na qual ele se inclinava para orar por causa de sua idade avançada.

Mesmo que Cho esteja agora no céu, podemos aprender com ele a priorizar a oração em nossas vidas e ministérios.

Spanish blog:

La lección de oración del pastor Cho

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

El pasado 14 de septiembre de 2021 el pastor David Cho pasó a la presencia del Señor a la edad de 85 años. Conocido como el padre del movimiento celular moderno legó al cuerpo de Cristo una rica enseñanza con relación a la vuelta de la iglesia a las casas. Parte de sus enseñanzas fue la de la oración, como clave para la realización de las visiones y los sueños.

Recuerdo una de sus enseñanzas en la Conferencia Internacional sobre Crecimiento de la iglesia, poco antes de que irrumpiera la pandemia de COVID 19, en la cuál explicó cómo acostumbraba a orar. Se basaba en el Padrenuestro y, sobre ese modelo, comenzaba por un reconocimiento por tener un Padre de todos los creyentes. Continuaba con adoración para santificar su nombre. Luego continuaba orando por la extensión de su evangelio y la obra misionera como método para que el reino de Dios viniera. Y, así, sucesivamente podía permanecer por bastante tiempo orando con la guía del Padrenuestro.

No hubo un secreto que le permitiera edificar la iglesia más grande del cristianismo. Toda la clave fue el ayuno y la oración. Ahora sus restos descansan en la montaña de la oración, ese lugar donde millares se mantienen en oración las 24 horas del día. La montaña donde él tenía su propia gruta de oración, que no se diferenciaba en nada de las que pueden usar los miembros de la iglesia. Excepto porque en su interior había una silla de madera en la que se apoyaba para orar por su avanzada edad. Allí queda la lección para todo aquel que desea aprenderla.

Prayer: The Beginning Point

By Rob Campbell, Founding Pastor, www.cypresscreekchurch.com

John Wesley once said, “God will do nothing on earth except in answer to believing prayer.”  Think of Christ’s powerful modeling of prayer while here on earth.  Let me paint a picture for you. 

You see Christ hugging the blood-stained rock nestled among the gnarly roots of the olive trees in the Garden of Gethsemane.  His prayer shawl is covering his head, and his dark hair splashes onto his shoulders.  He is praying.  You are listening in on his prayers.  As you inch toward Christ, you hear your name!  The Lord of Lords, the King of Kings, the Creator, the Lamb of God is praying for you.  You are humbled, shocked, and filled with awe and gratitude.  Christ is praying for you! 

Now, that would be an incredible experience, would it not?  You bet.  Suffice to say, He is praying for you as your chief intercessor and great advocate even now. 

One poignant message of Christ’s prayer for you in the garden is this:  It is impossible to lose your footing while on your knees.  Jesus is our example.  His ministry can be described as moving from one house of prayer to the next, and in between, he worked miracles. 

When Cypress Creek Church was formed in 1993, I knew I needed to find someone passionate about prayer.  Cecilia Belvin came to my mind.  I asked her to be our Pastor of Prayer.  She was our “first hire!”  I watched God use her in an incredible way over the years.  She developed a discreet, confidential, and just plain powerful team of prayer warriors.  Once a few decades, she passed the baton of leadership to CCC’s current prayer pastor, Rhonda Patterson. 

Prayer covers the church family.  Prayer flows freely through the cells.  Prayer is the beginning point in launching cells and every endeavor.

If you want to experience life transformation in Celebration and cells, then begin with prayer and intercession.

Korean blog: (click here

Portuguese blog:

Oração: O Ponto de Partida

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

John Wesley disse uma vez: “Deus não fará nada na terra, exceto em resposta à oração de fé”. Pense no poderoso modelo de oração de Cristo enquanto estava aqui na terra. Deixe-me pintar um quadro para você.

Você vê Cristo abraçando a rocha manchada de sangue aninhada entre as raízes retorcidas das oliveiras no Jardim do Getsêmani. Seu xale de oração está cobrindo sua cabeça e seu cabelo escuro respinga em seus ombros. Ele está orando. Você está ouvindo suas orações. Ao se aproximar de Cristo, você ouve seu nome! O Senhor dos Senhores, o Rei dos Reis, o Criador, o Cordeiro de Deus está orando por você. Você está chocado, cheio de admiração, gratidão, humildade. Cristo está orando por você!

Agora, isso seria uma experiência incrível, não é? Pode apostar. Basta dizer que Ele está orando por você – como seu principal intercessor e grande advogado, mesmo agora.

Uma mensagem pungente da oração de Cristo por você no jardim é esta: É impossível perder o equilíbrio enquanto está de joelhos. Jesus é nosso exemplo. Seu ministério pode ser descrito como uma mudança de uma casa de oração para a outra e, entre elas, ele operava milagres.

Quando a Igreja Cypress Creek foi formada em 1993, eu sabia que precisava encontrar alguém apaixonado por oração. Cecilia Belvin veio à minha mente. Pedi a ela para ser nossa Pastora de Oração. Ela foi nossa “primeira contratação!” Eu vi Deus usá-la de uma maneira incrível ao longo dos anos. Ela desenvolveu uma equipe discreta, confidencial e simplesmente poderosa de guerreiros de oração. Depois de algumas décadas, ela passou o bastão de liderança para a atual pastora de oração da ICC, Rhonda Patterson.

A oração cobre a família da igreja. A oração flui livremente pelas células. A oração é o ponto de partida para lançar células e todos os esforços.

Se você deseja experimentar a transformação da vida na celebração e nas células, comece com oração e intercessão.

Spanish blog:

Oración: el punto de partida

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

John Wesley dijo una vez: “Dios no hará nada en la tierra excepto en respuesta a una oración de fe”. Piense en el poderoso modelo de oración de Cristo mientras estuvo aquí en la tierra. Déjame pintar un retrato para usted.

Ve a Cristo abrazando la roca manchada de sangre que se encuentra entre las raíces retorcidas de los olivos en el Huerto de Getsemaní. Su velo de oración le cubre la cabeza y su cabello oscuro le cae sobre los hombros. El esta orando. Usted está escuchando sus oraciones. A medida que avanza hacia Cristo, escucha su nombre. El Señor de señores, el Rey de reyes, el Creador, el Cordero de Dios está orando por usted. Se siente humilde, conmocionado y lleno de asombro y gratitud. ¡Cristo está orando por usted!

Ahora, esa sería una experiencia increíble, ¿no es así? Claro que si. Basta decir que Él está orando por usted, como su principal intercesor y gran abogado incluso ahora.

Un mensaje conmovedor de la oración de Cristo por usted en el jardín es este: Es imposible perder el equilibrio estando de rodillas. Jesús es nuestro ejemplo. Su ministerio puede ser describir como yendo de una casa de oración a la siguiente y, en el medio, obró milagros.

Cuando se formó la Iglesia Cypress Creek en 1993, supe que necesitaba encontrar a alguien apasionado por la oración. Cecilia Belvin vino a mi mente. Le pedí que fuera nuestra pastora de oración. ¡Ella fue nuestra “primera contratación!” Vi a Dios usarla de una manera increíble a lo largo de los años. Ella desarrolló un equipo discreto, confidencial y simplemente poderoso de guerreros de oración. En algún momento algunas décadas, pasó el centro de liderazgo a la actual pastora de oración de CCC, Rhonda Patterson.

La oración cubre a la familia de la iglesia. La oración fluye libremente por las células. La oración es el punto de partida para lanzar células y todo esfuerzo.

Si desea experimentar la transformación de la vida en Celebración y células, comience con oración e intercesión.

Becoming Like Jesus Involves Spending Time Alone and Praying Continually

By Joel Comiskey, An Appointment with the King

I’ve been married to my wife Celyce for 33 years. Our marriage is enhanced by spending focused time together each day. We also plan two special “date nights” each month. Of course, we do speak to each other at different times throughout the day, but we need the focused time to go deeper. The reality is that we need both the concentrated times and quick conversations to keep us growing in our marriage. 

Similarly , God invites us to enter our prayer closets to spend time with the Father (Matthew 6:5-6), but the Bible also tells us to pray without ceasing (1 Thessalonians 5:17) and to live in the Spirit (Galatians 5:25). Personal time with God refreshes and empowers us to walk in the Spirit for the rest of the day.

              Quiet Time Versus Continually Abiding

Quiet Time

Continually Abiding

·        Receiving God fullness

·        Studying God’s Word

·        Waiting on God

·        Praying about particular matters

·        Maintaining God’s fullness

·        Remembering God’s Word

·        Walking with God

·        Praying moment by moment

After spending time in His presence, you will notice a new attentiveness to His presence in your daily activities. Still, filling up during quiet time doesn’t deny the need to pray without ceasing throughout the day. Both are important. We should develop the pattern of seeking God throughout the day, always asking, “what do you want me to do next, Lord.” 

What Do You Actually Do During Quiet Time? 

The purpose of quiet time is to develop an intimate relationship with God.  It’s about friendship rather than rules.  When you get together with a friend, do you list beforehand precisely what you are going to do and say? Of course not. You let the conversation ebb and flow—you  just enjoy each other’s company. That’s how a quiet time with God should be, too. Yet many Christians treat it as a ritual instead of a relationship.

The apostle Paul’s yearning captures the heart of quiet time: “I want to know Christ and the power of his resurrection and the fellowship of sharing in his suffering, becoming like him in his death” (Philippians 3:10). Jeremiah covers similar ground:   

“Let not he wise man boast of his wisdom or the strong man boast of his strength or the rich man boast of his riches, but let him who boasts boast about this: that he understands and knows me, that I am the Lord, who exercises kindness, justice and righteousness on earth, for in these I delight,” declares the Lord (Jeremiah 9:23–24).

During my own quiet time, I like to read the Bible, meditate on verses that stand out, worship, pray, and write in my journal. Some days I’ll spend more time in prayer, other days I’ll linger in God’s Word and some days I’ll journal more. My goal is to know God, not to follow a routine.  

Korean blog: (click here)  

Portuguese blog:

Tornar-se Como Jesus Envolve Passar Tempo Sozinho e Orar Continuamente

Por Joel Comiskey,  An Appointment with the King [Um Encontro com o Rei]

Sou casado com minha esposa Celyce há 33 anos. Nosso casamento é aprimorado quando passamos um tempo focado juntos todos os dias. Também planejamos duas “noites de romance” especiais a cada mês. Claro, falamos um com o outro em momentos diferentes ao longo do dia, porém precisamos de um tempo focado para ir mais fundo. A realidade é que precisamos de momentos concentrados e conversas rápidas para nos manter crescendo em nosso casamento.

Da mesma forma, Deus nos convida a entrar em nossos armários de oração para passar tempo com o Pai (Mateus 6: 5-6), mas a Bíblia também nos diz para orar sem cessar (1 Tessalonicenses 5:17) e viver no Espírito (Gálatas 5:25). O tempo pessoal com Deus nos renova e nos capacita a andar no Espírito pelo resto do dia.

             TEMPO DE SILÊNCIO VERSUS PERMANÊNCIA CONTÍNUA

Tempo de Silêncio

Permanência Contínua

·        Recebendo a plenitude de Deus

·        Estudar a Palavra de Deus

·        Esperando em Deus

·        Orando sobre assuntos específicos

·        Manter a plenitude de Deus

·        Lembrando a Palavra de Deus

·        Caminhando com Deus

·        Orando momento a momento

Depois de passar algum tempo em Sua presença, você notará uma nova atenção à Sua presença em suas atividades diárias. Ainda assim, se encher durante o tempo de silêncio não nega a necessidade de orar sem cessar ao longo do dia. Ambos são importantes. Devemos desenvolver o padrão de buscar a Deus ao longo do dia, sempre perguntando: “o que você quer que eu faça a seguir, Senhor.”

O Que Você Realmente Faz Durante o Tempo de Silêncio?

O objetivo do tempo de silêncio é desenvolver um relacionamento íntimo com Deus. É mais sobre amizade do que regras. Quando você se reúne com um amigo, você lista de antemão exatamente o que vai fazer e dizer? Claro que não. Vocês deixam a conversa desenrolar e fluir – vocês apenas aproveitam a companhia um do outro. É assim que um tempo de silêncio com Deus também deve ser. No entanto, muitos cristãos tratam isso como um ritual em vez de um relacionamento.

O anseio do apóstolo Paulo captura o coração do tempo de silêncio: “Quero conhecer a Cristo e o poder da sua ressurreição e a comunhão de compartilhar o seu sofrimento, tornando-me semelhante a ele na sua morte” (Filipenses 3:10). Jeremias cobre tema semelhante:

“Não se glorie o sábio da sua sabedoria, nem o forte se glorie da sua força, ou o rico se glorie das suas riquezas, mas quem se gaba disso: que me entende e me conhece, que eu sou o Senhor, que exerce bondade, justiça e retidão na terra, pois neles me agrado ”, declara o Senhor (Jeremias 9: 23–24).

Durante meu tempo de silêncio, gosto de ler a Bíblia, meditar nos versículos que se destacam, adorar, orar e escrever em meu diário. Alguns dias vou passar mais tempo em oração, outros dias vou demorar na Palavra de Deus e alguns dias vou escrever mais. Meu objetivo é conhecer a Deus, não seguir uma rotina.

Spanish blog:

Llegar a ser como Jesús implica pasar tiempo solo y orar continuamente

Por Joel Comiskey, una cita con el rey

He estado casado con mi esposa Celyce durante 33 años. Nuestro matrimonio mejora al pasar tiempo juntos todos los días. También planeamos dos “noches de cita” especiales cada mes. Por supuesto, nos hablamos en diferentes momentos a lo largo del día, pero necesitamos de tiempo enfocado para profundizar. La realidad es que necesitamos tanto el tiempo concentrado a solas como las conversaciones rápidas para que nuestro matrimonio siga creciendo.

De manera similar, Dios nos invita a entrar a nuestros armarios de oración para pasar tiempo con el Padre (Mateo 6: 5-6), pero la Biblia también nos dice que oremos sin cesar (1 Tesalonicenses 5:17) y que vivamos en el Espíritu (Gálatas. 5:25). El tiempo personal con Dios nos refresca y nos da poder para caminar en el Espíritu por el resto del día.

Tiempo de silencio versus perseverancia continua

 

Tiempo de silencio

Perseverancia continua 

· Recibir la plenitud de Dios

· Mantener la plenitud de Dios

· Estudiar la Palabra de Dios

· Recordar la Palabra de Dios

· Esperando en Dios

· Caminando con Dios

· Orar por asuntos particulares

· Orando momento a momento

Después de pasar tiempo en Su presencia, notará una nueva atención a Su presencia en sus actividades diarias. Aún así, llenarse durante el tiempo de silencio no niega la necesidad de orar sin cesar durante el día. Ambos son importantes. Debemos desarrollar el patrón de buscar a Dios a lo largo del día, siempre preguntando: “¿Qué quieres que haga a continuación, Señor?”

¿Qué haces realmente durante el tiempo de silencio?

El propósito del tiempo de silencio es desarrollar una relación íntima con Dios. Se trata de amistad más que de reglas. Cuando se reúne con un amigo, ¿enumera de antemano exactamente lo que va a hacer y decir? Por supuesto no. Dejas que la conversación fluya y fluya, simplemente disfrutas de la compañía del otro. Así también debería ser un momento de tranquilidad con Dios. Sin embargo, muchos cristianos lo tratan como un ritual en lugar de una relación.

El anhelo del apóstol Pablo captura el corazón del tiempo de tranquilidad: “Quiero conocer a Cristo y el poder de su resurrección y la comunión de participar en su sufrimiento, llegar a ser como él en su muerte” (Filipenses 3:10). Jeremías cubre un terreno similar:

  • “No se gloríe el sabio de su sabiduría, ni el fuerte se gloríe de su fuerza, ni el rico se gloríe de sus riquezas, sino que el que se gloríe se gloríe de esto: que me entiende y me conoce, que yo soy el Señor, que ejerce bondad, justicia y rectitud en la tierra, porque en esto me deleito ”, declara el Señor (Jeremías 9: 23-24).

    Durante mi propio tiempo de silencio, me gusta leer la Biblia, meditar en versículos que se destacan, adorar, orar y escribir en mi diario. Algunos días paso más tiempo en oración, otros días me detengo en la Palabra de Dios y algunos días escribo más en mi diario. Mi objetivo es conocer a Dios, no seguir una rutina.