Quality Control (Español Abajo)

By Joel Comiskey, Living in Victory

My goal each day is to sleep 7 hours, walk 14,000 steps, and eat only healthy foods. I usually come close to fulfilling these goals. How? I daily track my progress (check out my sample chart). Keeping an exact accounting of how I’m doing in sleep, steps, and eating helps me become more effective.

If we’re going to have a healthy cell system, we must maintain statistical control—for the health of our groups! Whether your groups are meeting face-to-face or on Zoom, it’s essential that the pastoral team knows the statistics of each group to pray, mend the nets, do a better job coaching, and make midcourse corrections. Sending in the weekly statistical reports also helps the cell leader become more accountable. 

A lot of people cringe when they hear about statistical control. The phrase “numbers game” might come to mind. But we need to understand that receiving weekly statistics is a health issue. Without weekly reporting, the danger is to have ghost groups and other types of group sicknesses without even knowing about it.

Remember that cell groups are out of sight and can easily be out of mind. When everyone gathers for the Sunday celebration services, pastors and leaders can see firsthand the problems with the worship, ushers, sound system, and other problems. Because these problems are evident, they usually receive immediate attention. Cells, on the other hand, meet during the week and can be overlooked without statistical control. 

For this reason, I encourage the pastoral team (whether lay-led or fulltime) to start the pastoral meeting by looking at the weekly cell statistics and then talking and praying over each cell or cell network.  

I counsel pastors to keep the statistics simple. That is, don’t ask the leaders to fill out loads and loads of information. I’m always pleased, for example, when I talk to customer service at Amazon and then receive a simple evaluation from Amazon that includes two questions: 1. Were your needs met? 2. Rate the customer service. In the same way, a simple cell report should include:  1. How many people were present. 2. Prayer requests.  And because we live in the internet/cell phone age, it can be simple to send in those reports electronically. 

I have a confession to make. At my own church in Los Angeles, we need to improve our statistical control.  We hired someone to make us a beautiful, simple WordPress cell software system in 2020, and it works great. The problem? Over time, many of our leaders stopped sending in their reports! As a pastoral team, one of our principal goals for 2022 is to reclaim the high ground and make sure each cell sends in their statistical report each week. We also plan on regularly reviewing these statistics as a pastoral team.

How are you doing with your statistical reporting? 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Controle de qualidade

Por Joel Comiskey, Living in Victory.

Meu objetivo a cada dia é dormir 7 horas, andar 14.000 passos e comer apenas alimentos saudáveis. Geralmente chego perto de cumprir esses objetivos. Como? Eu acompanho diariamente meu progresso (confira meu gráfico de exemplo). Manter uma contabilidade exata de como estou dormindo, passos e comendo me ajuda a ser mais eficaz.

Se vamos ter um sistema celular saudável, devemos manter o controle estatístico – para a saúde de nossos grupos! Quer seus grupos estejam se reunindo pessoalmente ou no Zoom, é essencial que a equipe pastoral conheça as estatísticas de cada grupo para orar, consertar as redes, fazer um melhor trabalho de supervisão e fazer correções no meio do percurso. O envio dos relatórios estatísticos semanais também ajuda o líder da célula a se tornar mais responsável.

Muitas pessoas se arrepiam quando ouvem falar de controle estatístico. A frase “jogo de números” pode vir à mente. Mas precisamos entender que receber estatísticas semanais é uma questão de saúde. Sem relatórios semanais, o perigo é ter grupos fantasmas e outros tipos de grupos de doenças sem sequer saber disso.

Lembre-se de que as células familiares estão fora de vista e podem facilmente sair da mente. Quando todos se reúnem para os cultos de celebração dominical, pastores e líderes podem ver em primeira mão os problemas com o culto, voluntários, sistema de som e outros problemas. Como esses problemas são evidentes, geralmente recebem atenção imediata. As células, por outro lado, se reúnem durante a semana e podem passar despercebidas sem controle estatístico.

Por esta razão, encorajo a equipe pastoral (seja liderada por leigos ou em tempo integral) a iniciar a reunião pastoral observando as estatísticas semanais das células e depois conversando e orando em cada célula ou rede de células.

Aconselho os pastores a manter as estatísticas simples. Ou seja, não peça aos líderes que preencham muitas e muitas informações. Sempre fico satisfeito, por exemplo, quando falo com o atendimento ao cliente da Amazon e recebo uma avaliação simples da Amazon que inclui duas perguntas: 1. Suas necessidades foram atendidas? 2. Avalie o atendimento ao cliente. Da mesma forma, um simples relatório de célula deve incluir: 1. Quantas pessoas estavam presentes. 2. Pedidos de oração. E porque vivemos na era da internet/telefone celular, pode ser simples enviar estes relatórios eletronicamente.

Eu tenho uma confissão a fazer. Na minha própria igreja em Los Angeles, precisamos melhorar nosso controle estatístico. Contratamos alguém para nos deixar bem na foto com um sistema de software de WordPress de células em 2020, e funciona muito bem. O problema? Com o tempo, muitos de nossos líderes pararam de enviar seus relatórios! Como equipe pastoral, uma de nossas principais metas para 2022 é recuperar o terreno elevado e garantir que cada célula envie seu relatório estatístico a cada semana. Também planejamos revisar regularmente essas estatísticas como uma equipe pastoral.

Como você está se saindo com seus relatórios estatísticos?

Spanish blog:

Control de calidad

Por Joel Comiskey, Viviendo en Victoria.

Mi meta cada día es dormir 7 horas, caminar 14,000 pasos y comer solo alimentos saludables. Por lo general, me acerco a cumplir estos objetivos. ¿Cómo? Diariamente hago un seguimiento de mi progreso (consulte mi gráfico de muestra). Llevar un registro exacto de cómo me va en cuanto a sueño, pasos y alimentación me ayuda a ser más eficaz.

Si vamos a tener un sistema celular saludable, debemos mantener un control estadístico, ¡por la salud de nuestros grupos! Ya sea que sus grupos se reúnan cara a cara o en Zoom, es esencial que el equipo pastoral conozca las estadísticas de cada grupo para orar, reparar las redes, hacer un mejor trabajo de entrenamiento y hacer correcciones a mitad de camino. Enviar los informes estadísticos semanales también ayuda al líder de grupo a ser más responsable.

Muchas personas se estremecen cuando escuchan sobre el control estadístico. La frase “juego de números” podría venir a la mente. Pero debemos entender que recibir estadísticas semanales es un problema de salud. Sin informes semanales, el peligro es tener grupos fantasmas y otros tipos de enfermedades grupales sin siquiera saberlo.

Recuerde que los grupos celulares están fuera de la vista y fácilmente pueden estar fuera de la mente. Cuando todos se reúnen para los servicios de celebración del domingo, los pastores y líderes pueden ver de primera mano los problemas con la adoración, los ujieres, el sistema de sonido y otros problemas. Debido a que estos problemas son evidentes, por lo general reciben atención inmediata. Las células, por otro lado, se reúnen durante la semana y pueden pasarse por alto sin control estadístico.

Por esta razón, animo al equipo pastoral (ya sea dirigido por servidores o empleados de tiempo completo) a comenzar la reunión pastoral mirando las estadísticas celulares semanales y luego hablando y orando por cada célula o red celular.

Aconsejo a los pastores que mantengan las estadísticas simples. Es decir, no le pidas a los líderes que llenen montones y montones de información. Siempre me complace, por ejemplo, cuando hablo con el servicio de atención al cliente de Amazon y luego recibo una evaluación simple de Amazon que incluye dos preguntas: 1. ¿Se cumplieron sus necesidades? 2. Califica el servicio al cliente. De la misma manera, un reporte de células simple debe incluir: 1. Cuantas personas estuvieron presentes. 2. Peticiones de oración. Y debido a que vivimos en la era de Internet/teléfono celular, puede ser simple enviar esos informes electrónicamente.

Tengo una confesión que hacer. En mi propia iglesia en Los Ángeles, necesitamos mejorar nuestro control estadístico. Contratamos a alguien para que nos hiciera un hermoso y simple sistema de software celular de WordPress en 2020, y funciona muy bien. ¿El problema? ¡Con el tiempo, muchos de nuestros líderes dejaron de enviar sus informes! Como equipo pastoral, uno de nuestros principales objetivos para 2022 es recuperar el terreno y asegurarnos de que cada célula envíe su informe estadístico cada semana. También planeamos revisar regularmente estas estadísticas como equipo pastoral. ¿Cómo te va con tus informes estadísticos?

A Season of Planting (Español Abajo)

By Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Our church was excited about our plans for multiplying cells in 2022 – and then came Omicron. The momentum we had been building seemed to melt away. The groups we hoped to see grow scaled back on their meetings – sometimes on line, sometimes less frequently.

It is easy to get discouraged when the present reality isn’t what we had hoped.

But pulling back, we see the big picture of God at work. Right now we realize that we are in a season of planting rather than reaping.

However, if we are faithful in planting, we will see the harvest.  So what are we planting?

  • we plant a vision of disciple-making int the hearts of the leaders. We are using this time to teach them about reaching their neighborhoods, and seeing the group not as a meeting but as a family.

  • we plant prayer. People can pray for their friends, co-workers and neighbors so that when they are able to invite more freely there will be a better response.

  • we plant strong relationships: we take this time for coaches to connect with their leaders, for leaders to reach out to their members and members to one another so that they know they are not forgotten.

What is God calling you to plant now?

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Momento do Plantio

Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

A nossa igreja estava muito animada, fazendo planos para a multiplicação das células em 2022, e aí veio a Omicron. Parecia que toda a animação estava derretendo diante de nós. As células onde esperávamos ver crescimento acabaram por voltar a um nível do passado, algumas voltando a estar apenas online, outras se reunindo com menos frequência.

É fácil nos sentirmos desencorajados quando a realidade diante de nossos olhos não é o que esperávamos.

Mas ao darmos um passo atrás, foi possível ver a foto que mostrava Deus em ação. Atualmente percebemos que estamos em um momento de plantio ao invés de colheita.

Sabemos que se formos fiéis no plantio, certamente veremos a colheita. Bem, então o que é que estamos plantando?

  • Estamos plantando a visão de fazer discípulos nos corações dos líderes. Estamos utilizando este tempo para ensiná-los sobre como alcançar a vizinhança e a enxergar as células como uma família e não simplesmente um encontro.

  • Estamos plantando oração. As pessoas podem orar pelos seus amigos, pelos colegas de trabalho, pelos seus vizinhos, para que quando pudermos novamente convidar as pessoas, tenhamos uma resposta ainda melhor.

  • Estamos plantando relacionamentos. Estamos utilizando este tempo para que os supervisores façam contato com seus líderes e para que os líderes façam contato com os membros das células, que por sua vez devem fazer contato uns com os outros. Todos devem saber que não foram esquecidos.

O que é que Deus tem te chamado para plantar?

Spanish blog:

Una temporada de siembra

Por Steve Cordle, www.crossroadsumc.org

Nuestra iglesia estaba entusiasmada con nuestros planes para multiplicar células en 2022, y luego llegó la cepa Omicron. El impulso que habíamos estado construyendo pareció desvanecerse. Los grupos que esperábamos ver crecer redujeron sus reuniones, a veces en línea, a veces con menos frecuencia.

Es fácil desanimarse cuando la realidad presente no es la que esperábamos.

Pero retrocediendo, vemos el panorama general de Dios obrando. En este momento nos damos cuenta de que estamos en una temporada de siembra en lugar de cosecha.

Sin embargo, si somos fieles en la siembra, veremos la cosecha. Entonces, ¿qué estamos sembrando?

  • plantamos una visión de hacer discípulos en los corazones de los líderes. Estamos usando este tiempo para enseñarles cómo llegar a sus vecindarios y ver al grupo no como una reunión sino como una familia.

  • plantamos oración. Las personas pueden orar por sus amigos, compañeros de trabajo y vecinos para que cuando puedan invitar más libremente haya una mejor respuesta.

  • plantamos relaciones sólidas: aprovechamos este tiempo para que los supervisores se conecten con sus líderes, para que los líderes se acerquen a sus miembros y los miembros entre sí para que sepan que nadie ha sido olvidado.

¿Qué te está llamando Dios a plantar ahora?

Taking Back Evangelism (Español Abajo)

By Mario Vega, www.elim.org.sv

During the two years of the pandemic, our cell system in El Salvador has suffered greatly. First, the cells were completely closed for five months. The confinement forced us to suspend all kinds of meetings. When things started to get under control, we were able to reopen some cells. However, we could not open groups with leaders or hosts 65 years or older—or those who had a chronic illness. These restrictions limited the number of working cells to less than half of the total that existed before the lockdown.

With the arrival of the vaccines, it was possible to continue opening, little by little, other cells. But the Delta variant and Omicron has caused many people to resist an invitation to a house meeting. And this makes evangelism difficult.

The good news is that I believe the worst is behind us. We also know that afflictions and trials make people receptive to the gospel. We envision an important harvest in the years to come. Once health conditions are adequate, it will be necessary to rekindle the flame for the lost. It will once again be the time for heroes passionate about saving the world. Once again, creativity will have to be revisited to devise bold ways of reaching out. May God help us in this new awakening that is about to begin!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

De volta ao evangelismo

Mario Vega, www.elim.org.sv

Durante os dois anos da pandemia, nossa estrutura de células em El Salvador sofreu bastante. Inicialmente, as células ficaram totalmente suspensas por cinco meses. O confinamento nos obrigou a suspender todos os modelos de reuniões. Quando as coisas começaram a melhorar, foi possível reabrirmos algumas células. Entretanto, nós não pudemos reabrir grupos com pessoas acima de 65 anos, ou cujos líderes estivessem acima desta idade, além daqueles que tinham alguma doença crônica. Estas restrições limitaram o número de células à menos da metade do que tínhamos antes do lockdown.

Com a chegada das vacinas, foi possível continuar o processo de reabertura, pouco a pouco, com mais células. Mas a variante Delta e depois a Omicron fizeram com que muitas pessoas resistissem ao convite para frequentarem uma reunião presencial. Isto torna o evangelismo mais difícil.

A boa notícia é que cremos que o pior já passou. Também sabemos que as aflições e as provações também tornam as pessoas mais receptivas ao evangelho. Estamos antevendo uma colheita importante para os próximos anos. Tão logo as condições de saúde permitirem, será necessário reacender o fogo da paixão pelos perdidos. Mais uma vez será a hora dos heróis, apaixonados por salvar o mundo.

Mais uma vez, a criatividade terá que ser buscada, para pensarmos em maneiras arrojadas para alcançarmos as pessoas. Que Deus nos ajude neste novo despertar que está prestes a começar.

Spanish blog:

Retomando el evangelismo

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

Durante los dos años de pandemia nuestro sistema celular en El Salvador ha sufrido mucho. En primer lugar, las células fueron cerradas completamente por cinco meses. El confinamiento obligó a suspender todo tipo de reunión. Cuando las cosas comenzaron a controlarse fue posible reabrir algunas células. Aquellas reuniones donde había un líder o anfitrión de 65 años o más, o que tuviera alguna enfermedad crónica, no podían ser reabiertas. Eso limitó el número de células funcionando a menos de la mitad del total que se tenía antes del confinamiento.

Con la llegada de las vacunas fue posible continuar abriendo, poco a poco, otras células más. Pero la situación recién vivida hace que muchas personas se muestren resistentes a aceptar una invitación a una reunión en las casas. Eso dificulta el evangelismo. No obstante, estamos por terminar un tiempo difícil para la humanidad. Es sabido que las aflicciones son un ambiente propicio para la recepción del evangelio. Se visualiza una cosecha importante en los años por venir. Una vez las condiciones de salud sean las adecuadas, habrá que volver a inflamar la llama por los perdidos. Será de nuevo el tiempo para los héroes apasionados por la salvación del mundo. De nuevo habrá que retomar la creatividad para idear formas audaces de alcance. ¡Que Dios nos ayude en este nuevo despertar que esta por comenzar!

Regaining Momentum (Español Abajo)

By Stephen Daigle, College and Young Adult Pastor at Celebration Church, www.celebrationchurch.org

We are currently experiencing a historic covid surge due to omicron in our area of the country.  Even in the midst of this current outbreak, we are believing and strategically planning for cell growth. Here are some goals that we have for 2022 and how we are planning to achieve those goals:

  • All Cells Active: We’ve had some cells stop meeting over the past year due to Covid as well as a loss of momentum. Our goal is to have our cells meeting in person. However, if that doesn’t happen, we are encouraging all cells to meet either in person or online. We actually saw an increase in cell attendance since the Pandemic began in 2020. This was a great encouragement on the importance of cells and that we need to continue focusing on consistency within the cells.
  • Connecting New Members: Events are planned during the year to help weekend attendees get connected to cells. We are trying to be creative and plan to continue to do so this year. We set up tables at the physical campuses with specific cell types so individuals can get connected. We will continue to highlight cell ministry in the weekend sermon regularly and share testimonies on the benefits of being a part of a cell.
  • Outreaches: One of the biggest challenges we have faced is in regards to the limitations of outreach in our city. Local laws have been changing that make it hard to get people together. This year, we are planning to have outreach events outside using food trucks after our service. Any opportunity to create an environment of connection is going to be critical to individuals getting connected to cells.
  • Training New Leaders: Cell leader training has been a challenge to do. We used to do this in an in person format but have seen a decline in individuals feeling comfortable attending large group meetings amidst covid. We moved this training online in 2021 and saw more leaders attend and get trained. This year we plan on utilizing both in person and online training for potential leaders. Our goal is to have this training solely in person as the year progresses.
  • Launching New Groups: There is always a need for more cells! This year we are praying and planning on launching more in person groups to meet the needs of our people. These groups are going to be focused on areas where we currently do not have cells. Next week we are launching a fireman’s cell at their firehouse. God is still moving!

These past years have been a challenge for us all. One thing that has stood out to me is the need for cell ministry. So many churches in our area that did not have cells were at a loss since the pandemic began. Their members didn’t know what to do or where to go. Cell ministry made sure that the ministry and discipleship continued in spite of the circumstances. I have great expectations for what God is going to do in 2022 in all of our churches as we lean into cell ministry!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Recuperando o ritmo

Por Stephen Daigle, Pastor Universitário e Jovem Adulto da Celebration Church,  www.celebrationchurch.org

Atualmente, estamos enfrentando um surto histórico de covid devido ao omicron em nossa área do país. Mesmo em meio a esse surto atual, estamos acreditando e planejando estrategicamente o crescimento das células. Aqui estão algumas metas que temos para 2022 e como estamos planejando alcançá-las:

  • Todas as células ativas: algumas células pararam de se reunir no ano passado devido ao Covid, bem como à perda de ritmo. Nosso objetivo é que nossas células se encontrem presencialmente. No entanto, se isso não acontecer, estamos incentivando todas as células a se reunirem pessoalmente ou online. Na verdade, vimos um aumento no atendimento das células desde o início da Pandemia em 2020. Isso foi um grande incentivo para a importância das células e que precisamos continuar focando na consistência dentro das células.
  • Conectando novos membros: Os eventos são planejados durante o ano para ajudar os participantes do fim de semana a se conectarem às células. Estamos tentando ser criativos e planejamos continuar a fazê-lo este ano. Montamos mesas nos campi físicos com tipos específicos de células para que os indivíduos possam se conectar. Continuaremos a destacar o ministério de células no sermão de fim de semana regularmente e compartilhar testemunhos sobre os benefícios de fazer parte de uma célula.
  • Evangelismo: Um dos maiores desafios que enfrentamos diz respeito às limitações do evangelismo em nossa cidade. As leis locais estão mudando, o que torna difícil reunir as pessoas. Este ano, planejamos realizar eventos de evangelismo externo usando food trucks após o nosso culto. Qualquer oportunidade de criar um ambiente de conexão será fundamental para os indivíduos se conectarem às células.
  • Treinamento de Novos Líderes: O treinamento de líderes de célula tem sido um desafio a ser feito. Costumávamos fazer isso pessoalmente, mas vimos um declínio nos indivíduos que se sentiam à vontade para participar de grandes reuniões de grupo em meio à covid. Transferimos este treinamento para o online em 2021 e vimos mais líderes participando e sendo treinados. Este ano, planejamos utilizar treinamentos presenciais e online para líderes em potencial. Nosso objetivo é ter esse treinamento exclusivamente presencial ao longo do ano.
  • Lançamento de Novos Grupos: Sempre há necessidade de mais células! Este ano estamos orando e planejando lançar mais grupos presenciais para atender às necessidades de nosso povo. Esses grupos serão focados em áreas onde atualmente não temos células. Na próxima semana vamos lançar uma célula de bombeiro em seu quartel. Deus ainda está se movendo!

Estes últimos anos têm sido um desafio para todos nós. Uma coisa que se destacou para mim é a necessidade do ministério de células. Tantas igrejas em nossa área que não tinham células estavam perdidas desde o início da pandemia. Seus membros não sabiam o que fazer ou para onde ir. O ministério em células garantiu que o ministério e o discipulado continuassem apesar das circunstâncias. Tenho grandes expectativas para o que Deus fará em 2022 em todas as nossas igrejas à medida que nos inclinamos para o ministério celular!

Spanish blog:

Recuperando el impulso

Por Stephen Daigle, pastor universitario y de adultos jóvenes en Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Actualmente estamos experimentando un aumento histórico de covid debido a la cepa omicron en nuestra área del país. Incluso en medio de este brote actual, creemos y planificamos estratégicamente el crecimiento celular. Aquí hay algunos objetivos que tenemos para 2022 y cómo estamos planeando alcanzar esos objetivos:

Todas las e activas: algunas células dejaron de reunirse durante el año pasado debido al Covid, así como a la pérdida de impulso. Nuestro objetivo es que nuestras células se reúnan en persona. Sin embargo, si eso no sucede, alentamos a todas las células a reunirse en persona o en línea. De hecho, vimos un aumento en la asistencia a las células desde que comenzó la pandemia en 2020. Esto fue un gran estímulo sobre la importancia de las células y que debemos continuar enfocándonos en la coherencia dentro de las células.

Conexión con nuevos miembros: se planifican eventos durante el año para ayudar a los asistentes de fin de semana a conectarse a las células. Estamos tratando de ser creativos y planeamos continuar haciéndolo este año. Instalamos mesas en los campus físicos con tipos de células específicas para que las personas puedan conectarse. Continuaremos destacando el ministerio celular en el sermón del fin de semana regularmente y compartiremos testimonios sobre los beneficios de ser parte de una célula.

Alcances: Uno de los mayores desafíos que hemos enfrentado es con respecto a las limitaciones de alcance en nuestra ciudad. Las leyes locales han ido cambiando, lo que dificulta que las personas se reúnan. Este año, planeamos tener eventos de divulgación al aire libre usando camiones de comida después de nuestro servicio. Cualquier oportunidad de crear un entorno de conexión será fundamental para que las personas se conecten a las células.

Capacitación de nuevos líderes: La capacitación de líderes celulares ha sido un desafío. Solíamos hacer esto en un formato en persona, pero hemos visto una disminución en el número de personas que se sienten cómodas asistiendo a reuniones de grupos grandes en medio del covid. Movimos esta capacitación en línea en 2021 y vimos que más líderes asistieron y se capacitaron. Este año planeamos utilizar capacitación tanto en persona como en línea para líderes potenciales. Nuestro objetivo es tener esta capacitación únicamente en persona a medida que avanza el año.

Lanzamiento de nuevos grupos: ¡Siempre hay necesidad de más células! Este año estamos orando y planeando lanzar más grupos en persona para satisfacer las necesidades de nuestra gente. Estos grupos se concentrarán en áreas donde actualmente no tenemos células. La próxima semana lanzaremos una célula estación de bomberos. ¡Dios todavía se está moviendo!

Estos últimos años han sido un reto para todos nosotros. Una cosa que me ha llamado la atención es la necesidad del ministerio celular. Tantas iglesias en nuestra área que no tenían células estaban perdidas desde que comenzó la pandemia. Sus miembros no sabían qué hacer ni adónde ir. El ministerio celular se aseguró de que el ministerio y el discipulado continuaran a pesar de las circunstancias. ¡Tengo grandes expectativas de lo que Dios hará en 2022 en todas nuestras iglesias a medida que nos inclinamos hacia el ministerio celular!

2022 and Beyond: Build a Team

By Rob Campbell, Founding Pastor, www.cypresscreekchurch.com

Twenty-two years ago, Cypress Creek Church constructed a building with the help of some well-known architects.  In the design stage, the architects asked us about the function of the building.  “What’s going to happen there?” They believed the form of the building needed to follow the function of the building. 

The same is true for church life.  The function determines the form or structure.  You must first ask yourself, “What are you trying to accomplish?”  Is your goal to win and disciple souls?  If so, your structure cannot be about power, authority figures, a specific personality, or possessiveness.  Instead, it must be about teamwork.  When you create a structure based on teams, you have viability, leading to multiplication and reproduction.  Teamwork produces the appropriate environment for birth and growth.  All living beings exist within a structure.  Without the physical body, a human being has no life.  Therefore, structure and life are not opposites, but they complement each other.

A cell group has an opportunity to be a team.  As a team, they support each other in life.  Likewise, the leaders of several cell groups form a team purposing to equip people.  To work together as a team, sharing the same vision is imperative and necessary.   

A beautiful illustration of this is music.  To create a vocal ensemble, you can’t just put a bunch of soloists together.  The sound each member makes must mesh with the sound the next person makes.  It’s not about showcasing one person’s ability; it’s about creating one, complete sound.

Team structure allows you to handle tasks efficiently because teams already know the gifting of their team members.  The unexpected is dealt with because you don’t have to pull together a committee.  You already have a team in place.  Teams focus on the vision and a balance between order and change.  They allow the whole system to be flexible and reproducible.

Build a team.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

2022 e Além: Construa Uma Equipe

Por Rob Campbell, Pastor Fundador,  www.cypresscreekchurch.com

Vinte e dois anos atrás, a Igreja Cypress Creek construiu um prédio com a ajuda de alguns arquitetos conhecidos. Na fase de projeto, os arquitetos nos perguntaram sobre a função do edifício. “O que vai acontecer lá?” Eles acreditavam que a forma do edifício precisava seguir a função do edifício.

O mesmo vale para a vida da igreja. A função determina a forma ou estrutura. Você deve primeiro se perguntar: “O que você está tentando realizar?” Seu objetivo é ganhar e discipular almas? Nesse caso, sua estrutura não pode ser sobre poder, figuras de autoridade, uma personalidade específica ou possessividade. Em vez disso, deve ser sobre o trabalho em equipe. Quando você cria uma estrutura baseada em equipes, você tem viabilidade, levando à multiplicação e reprodução. O trabalho em equipe produz o ambiente apropriado para o nascimento e crescimento. Todos os seres vivos existem dentro de uma estrutura. Sem o corpo físico, um ser humano não tem vida. Portanto, estrutura e vida não são opostos, mas se complementam.

Um grupo de célula tem a oportunidade de ser uma equipe. Como uma equipe, eles se apoiam na vida. Da mesma forma, os líderes de várias células formam uma equipe com o objetivo de equipar as pessoas. Para trabalhar em equipe, compartilhar a mesma visão é imperativo e necessário.

Uma bela ilustração disso é a música. Para criar um conjunto vocal, você não pode simplesmente juntar um monte de solistas. O som que cada membro faz deve combinar com o som que a próxima pessoa faz. Não se trata de mostrar a habilidade de uma pessoa; trata-se de criar um som completo.

A estrutura da equipe permite que você lide com as tarefas de forma eficiente porque as equipes já conhecem os dons de seus membros. O inesperado é tratado porque você não precisa reunir um comitê. Você já tem uma equipe formada. As equipes se concentram na visão e no equilíbrio entre ordem e mudança. Eles permitem que todo o sistema seja flexível e reprodutível.

Construa uma equipe.

Spanish blog:

2022 y más allá: Construye un equipo

Por Rob Campbell, pastor fundador, www.cypresscreekchurch.com

Hace veintidós años, la Iglesia Cypress Creek construyó un edificio con la ayuda de algunos arquitectos conocidos. En la etapa de diseño, los arquitectos nos preguntaron sobre la función del edificio. “¿Qué va a suceder allí?” Creían que la forma del edificio debía seguir la función del edificio.

Lo mismo es cierto para la vida de la iglesia. La función determina la forma o estructura. Primero debes preguntarte: “¿Qué estás tratando de lograr?” ¿Tu meta es ganar y discipular almas? Si es así, tu estructura no puede ser sobre poder, figuras de autoridad, una personalidad específica o posesividad. En cambio, debe tratarse del trabajo en equipo. Cuando creas una estructura basada en equipos, tienes viabilidad, lo que lleva a la multiplicación y reproducción. El trabajo en equipo produce el ambiente apropiado para el nacimiento y el crecimiento. Todos los seres vivos existen dentro de una estructura. Sin el cuerpo físico, un ser humano no tiene vida. Por lo tanto, estructura y vida no son opuestos, sino que se complementan.

Un grupo celular tiene la oportunidad de ser un equipo. Como equipo, se apoyan mutuamente en la vida. Asimismo, los líderes de varios grupos celulares forman un equipo con el propósito de equipar a la gente. Al trabajar en equipo, compartir una misma visión es imperativo y necesario.

Una hermosa ilustración de esto es la música. Para crear un conjunto vocal, no puedes simplemente juntar un grupo de solistas. El sonido que hace cada miembro debe encajar con el sonido que hace la siguiente persona. No se trata de mostrar la habilidad de una persona; se trata de crear un sonido completo.

La estructura del equipo te permite manejar las tareas de manera eficiente porque los equipos ya conocen los dones de los miembros de su equipo. Lo inesperado se soluciona porque no es necesario formar un comité. Ya tienes un equipo en su lugar. Los equipos se centran en la visión y el equilibrio entre el orden y el cambio. Permiten que todo el sistema sea flexible y reproducible.

Forma un equipo.