The Cells Is The Church

ralph

by Ralph Neighbour

A seminary professor in California greeted me with these words: “I have heard about you. You are encouraging Sunday School classes to meet in homes, right? Don’t you think that is dangerous? That may lead to false doctrines being taught.”

I winced, realizing he was preparing future pastors with that ignorant view of the cell movement. He was imprisoned in a mental paradigm that was impenetrable. His whole world would collapse if he saw “church” as Basic Christian Communities functioning outside his little cubicle called “church.” He did not know he was trapped in the doctrine of the Nicolaitans, separating clergy from laity, unknowingly limiting the life of the true body of Christ.

The traditional churchman thinks of an audience gathered in pews as the most significant meeting of the week. Small groups are merely “holding tanks” for the sheep, necessary for them to make some close friends so they will not be so attracted to leave the fold for another competitive pasture down the road. Example: the pastor of the largest church in Texas specifically instructs his small group pastor to develop the groups as a feeder to the main event in the former basketball arena–not for maturing new believers. He specifically instructed him not to make them home cells.

The ministry of all body members is to first penetrate the unreached by living in pairs in their homes, eating and drinking with them and offering their peace (Like 10). They are then to invite these searchers to observe their home group “prophesying” (described in 1 Cor. 14:3 as “strengthening, encouraging and comforting”). They are then to disciple  in the cell, through the levels of being a little child, a young man, to become a father (1 John 2:12-14).

This is the authentic life of Christ’s body! Tragically, 98% of the traditional “church”  and a high percentage of small groups never experience anything even close to this experience as described in 1 Cor. 14:24-25.

The traditional church cannot understand that THE CELL IS THE CHURCH! Nor, how the Kingdom of God is demonstrated not with words but with supernatural power. Their admirable focus on the written word falls short. Like the Pharisees, they search the scriptures thinking they bring life but miss out on the reality of the Presence and Power manifested by the indwelling Christ in cell life.

How sad!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

A Célula É A Igreja

por Ralph Neighbour

Um professor de seminário na Califórnia me cumprimentou com estas palavras: "Eu ouvi falar de você. Você está incentivando as classes da Escola Dominical a se reunirem em casa, certo? Você não acha que isso é perigoso? Isso pode levar ao ensinamento de falsas doutrinas".

Eu estremeci, percebendo que ele estava preparando futuros pastores com essa visão ignorante do movimento celular. Ele estava preso em um paradigma mental que era impenetrável. Todo o seu mundo entraria em colapso se ele visse a "Igreja" como comunidades cristãs básicas funcionando fora do seu pequeno cubculo chamado "igreja." Ele não sabia que estava preso na doutrina dos nicolatas, separando o clero do leigo e, sem saber, limitando a vida do verdadeiro Corpo de Cristo.

O homem da igreja tradicional vê uma plateia reunida em bancos como a reunião mais significante da semana. Os pequenos grupos estão meramente contendo o rebanho e são necessários para que os membros façam alguns amigos próximos, para que não se sintam atrados a deixar o aprisco em busca de outro pasto competitivo no caminho. Por exemplo: o pastor da maior igreja no Texas especificamente instrui seu pastor de pequenos grupos a desenvolver os grupos como um alimentador para o evento principal na antiga arena de basquete – e não para o amadurecimento dos novos convertidos. Ele especificamente o instruiu a não torná-las células de origem.

O ministério de todos os membros do corpo é primeiro penetrar os não alcançados através da vivência em pares em suas casas, comendo e bebendo com eles e oferecendo-lhes a sua paz (como 10 pessoas). Depois, eles vão convidar essas pessoas a observar seu grupo “profetizando" (descrito em 1 Corntios 14:3 como "edificação, encorajamento e consolação"). Então, eles vão discipular na célula, através dos nveis de ser uma criança, um jovem, para se tornar um pai (1 João 2:12-14).

Esta é a autêntica vida do Corpo de Cristo! Tragicamente, 98% da "igreja" tradicional e uma alta porcentagem de pequenos grupos nunca experimentam qualquer coisa perto dessa experiência como está descrita em 1 Corntios 14:24-25.

A igreja tradicional não consegue entender que a CÉLULA É A IGREJA! Nem como o Reino de Deus é demonstrado não com palavras, mas com poder sobrenatural. Seu foco admirável na palavra escrita é insuficiente. Como os fariseus, eles examinam as Escrituras pensando que elas trazem vida, mas perdem a realidade da presença e do poder manifestado por Cristo que habita na vida celular.

Que triste! 

Ralph

Spanish blog:

Las células son la Iglesia

Por Ralph Neighbour

Un profesor del seminario en California me saludó con estas palabras: "He odo hablar de ti. Estás animando a las clases de la Escuela Dominical a reunirse en casas, ¿no? ¿No crees que es peligroso? Eso puede llevar a que sean enseñadas falsas doctrinas".

Hice una mueca, con esto veo que él está preparando futuros pastores con ese ignorante punto de vista del movimiento celular. Él fue encarcelado en un paradigma mental que es impenetrable. Todo su mundo se vendra abajo si vea la "iglesia" como Comunidades Cristianas en Base a funcionar fuera de su pequeño cubculo llamado "iglesia". No saba que el estaba atrapado en la doctrina de los nicolatas, que separa el clero de los laicos, sin saberlo, limitando la vida del verdadero cuerpo de Cristo.

El clérigo tradicional piensa en una audiencia reunida en bancos como el encuentro más importante de la semana. Los grupos pequeños son más que "tanques" para las ovejas, necesaria para que puedan tomar algunos amigos cercanos para que no sean tan atrados a abandonar el redil por otros pastos competitivos en el camino. Ejemplo: el pastor de la iglesia más grande de Texas instruye especficamente a su pastor de grupo celular para desarrollar los grupos como un alimentador para el evento principal en el antiguo estadio de baloncesto – no para la maduración de los nuevos creyentes. Él les ordenó especficamente a no hacer las células en casa.

El ministerio de todos los miembros del cuerpo es alcanzar primero a los no alcanzados por vivir en parejas en sus casas, para comer y beber con ellos y ofreciendo su paz (como 10). Es para invitar a estos buscadores a observar su grupo base "profetizando" (descrito en 1 Cor. 14: 3 como "el fortalecimiento, alentador y reconfortante"). Ellos están para discipular en la célula, a través de los niveles de ser un niño, un joven, de ser padre (1 Juan 2: 12-14).

¡Esta es la auténtica vida del cuerpo de Cristo! Trágicamente, el 98% de la "iglesia" tradicional y un alto porcentaje de pequeños grupos que nunca experimentan nada ni siquiera cerca de esta experiencia que se describe en 1 Cor. 14: 24-25.

¡La iglesia tradicional no puede entender que la célula es la iglesia! Tampoco, ¿cómo se demuestra el Reino de Dios no con palabras sino con poder sobrenatural? Su admirable enfoque en la palabra escrita se queda corto. Como los fariseos, buscan las Escrituras pensando en que traen vida, pero perder en la realidad de la presencia y poder se manifiesta por la presencia de Cristo en la vida celular.

¡Qué triste!

Ralph

Leave a Reply

Your email address will not be published.