Live the Vision

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pastor Bill Mellinger, Crestline First Baptist;  www.crestlinefbc.com

I am committed to having our church be a relational church that is sold out for Jesus. In simple terms, I am committed to our church being a cell church. When I first came to this church, a church leader had attempted to cast the cell vision. Unfortunately, the people did not catch the vision. They saw it as another program in competition with their present programs. Some reacted negatively to the leader and thus to the idea of cells. We have talked very little about cells and the cell church because of the negative experiences of the past.

The church leader had attempted to change the church during an interim time when there was no pastor. He was not the vision bearer for the church. Some did not agree with his leadership, and he was not the pastor. I was able to shift the direction of the church because the vision and mission of the church is my responsibility. Pastors can and should delegate ministry to the people. Our job is to equip the people for the work of the ministry (Ephesians 4:12). Incidentally, this is one of the primary dynamics of the cell church. As we equip people, we must still lead and remain involved in ministry ourselves. We must live the vision.

I still recall meeting a former member in the parking lot of the post office. He asked if we were still doing “the cell thing.” He had a very negative view of the experience and was equally disturbed by the church leader. I told him that we are working on becoming a relational church that is sold out for Jesus and so we are doing small groups to help people to develop relationships with one another and to reach out to their unchurched family and friends.

We have other cell champions, but I must remain committed to the vision for being a cell church. I attend and lead a group. I coach group leaders. I make announcements about life groups and their value. I include stories in the sermons that talk about being a relational church that is sold out for Jesus. I own this vision and it owns me.

I remain personally involved in cell ministry because it is the heart of our church. I believe that every Christian needs to be involved in discipling relationships and committed to reaching their Oikos for Christ. I am not involved to micromanage the ministry. I am involved because I need to grow closer to Christ and I need to be developing relationships with those who do not know Christ. I need to use my gifts in service to the Body.

We can delegate worship leadership, but we still need to worship. We can delegate prayer ministry to others, but we still need to pray. We can delegate all kinds of training ministries, but we still need to be involved in training someone else. Live the vision!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Viva a visão

Por Mellinger, Primeira Igreja Batista de Crestline, www.crestlinefbc.com

Eu estou empenhado em fazer da nossa igreja uma igreja relacional que é totalmente comprometida á Jesus.

Em termos simples, eu estou engajado em fazer nossa igreja ser uma igreja em células. Quando eu vim pra essa igreja pela primeira vez, um lder tinha tentado lançar a visão celular. Infelizmente, as pessoas não pegaram a visão. Eles viram isso como um outro programa, em competição com os programas atuais deles. Alguns reagiram negativamente ao lder e assim também para a idéia das células. Nós falamos muito pouco sobre as células e a igreja em células, por causa das experiências negativas do passado.

O lder da igreja tinha tentado alterar o modelo durante um perodo interino, quando não havia pastor. Ele não era o portador da visão para a igreja. Alguns não concordavam com sua liderança, e ele não era o pastor. Eu era capaz de mudar a direção da igreja, porque a visão e missão da igreja é minha responsabilidade. Os pastores podem e devem delegar ministério para o povo. Nosso trabalho é equipar as pessoas para o trabalho do ministério (Efésios 4:12). Aliás, esta é uma das dinâmicas primárias da igreja em células. Enquanto equipamos as pessoas, nós mesmos ainda temos que liderar e permanecer envolvidos no ministério. Devemos viver a visão.

Eu ainda recordo de encontrar um ex-membro no estacionamento da agência de correios. Ele perguntou se nós ainda estávamos fazendo “aquela coisa de células”. Ele tinha uma visão muito negativa da experiência e também tinha sido perturbado pelo lder da igreja. Eu disse a ele que nós estávamos trabalhando para nos tornarmos uma igreja relacional que é dedicada a Jesus e também estávamos fazendo pequenos grupos para ajudar as pessoas a desenvolver relacionamentos uns com os outros e para alcançar suas famlias e amigos que não vão na igreja.

Nós temos outros campeões celulares, mas eu devo permanecer comprometidos com a visão de ser uma igreja em células. Eu participo e lidero um grupo. Eu treino lderes de célula. Eu faço anúncios sobre a vida em células e seus valores. Eu incluo histórias nos sermões que falam sobre ser uma igreja relacional que é completamente comprometida para Jesus. Eu domino essa visão e essa visão me domina.
Eu permaneço pessoalmente envolvido no ministério celular porque esse é o coração da nossa igreja. Eu acredito que todo cristão precisa estar envolvido em relações de discipulado e empenhado em alcançar seus crculos de relacionamentos para Cristo. Eu não estou envolvido para administrar meticulosamente o ministério. Eu estou envolvido, porque eu preciso crescer mais perto de Cristo e eu preciso estar desenvolvendo relacionamentos com aqueles que não conhecem a Cristo. Eu preciso usar os meus dons a serviço do Corpo.

Nós podemos delegar lderes para fazer a adoração, mas nós ainda precisamos adorar. Nós podemos delegar um ministério de oração para os outros, mas nós ainda precisamos orar. Nós podemos delegar todos os tipos de ministérios de treinamento, mas nós ainda precisamos estar envolvidos no treinamento de alguém. Viva a visão!

Spanish blog:

Vive la Visión,

Bill Mellinger, Primera Bautista Crestline, www.crestlinefbc.com

Me he comprometido a que nuestra iglesia sea una iglesia relacional comprada por Jesús. En términos simples, estoy comprometido nuestra iglesia a ser una iglesia celular. Cuando llegué por primera vez a esta iglesia, un lder de la iglesia haba intentado mostrarme la visión celular. Por desgracia, la gente no entendió la visión. Ellos lo vieron como otro programa en competencia con sus programas actuales. Algunos reaccionaron negativamente ante el lder y por lo tanto a la idea de las células. Hemos hablado muy poco sobre las células y la iglesia celular debido a las experiencias negativas del pasado.

El lder de la iglesia haba intentado cambiar la iglesia durante un tiempo provisional, cuando no haba pastor. Él no era el portador de la visión de la iglesia. Algunos no estaban de acuerdo con su liderazgo, y él no era el pastor. Yo era capaz de cambiar la dirección de la iglesia, porque la visión y misión de la Iglesia es mi responsabilidad. Los pastores pueden y deben delegar el ministerio a las personas. Nuestro trabajo consiste en dotar a las personas para el trabajo del ministerio (Efesios 4:12). Por cierto, esta es una de las dinámicas principales de la iglesia celular. Mientras equipemos más personas, debemos dirigir y seguir participando en el ministerio a nosotros mismos. Hay que vivir la visión.

Todava recuerdo el cumplimiento de un ex miembro en el estacionamiento de la oficina de correos. Él preguntó si todava estábamos haciendo “la cuestión de la célula” Tena una visión muy negativa de la experiencia y fue igualmente perturbado por el lder de la iglesia. Le dije que estamos trabajando en convertirnos en una iglesia relacional comprada por Jesús y por lo que estamos haciendo pequeños grupos para ayudar a las personas a desarrollar las relaciones con los demás y para llegar a sus familiares que no tienen iglesia y amigos.

Tenemos otros campeones de las células, pero debe seguir comprometida con la visión de ser una iglesia celular. Yo asisto y dirijo un grupo. Entreno a lderes del grupo. Hago anuncios sobre grupos de vida y su valor. Incluyo historias en los sermones que hablan de ser una iglesia relacional comprada por Jesús. Soy dueño de esta visión y es mi dueño.

Me quedo personalmente involucrado en el ministerio celular, ya que es el corazón de nuestra iglesia. Creo que cada cristiano necesita estar involucrado en relaciones de discipulado y se comprometió a alcanzar sus Oikos para Cristo. No estoy involucrado en microgestionar el ministerio. Estoy involucrado porque necesito crecer más cerca de Cristo y necesito estar desarrollando relaciones con aquellos que no conocen a Cristo. Tengo que usar mis dones al servicio.

Podemos delegar el liderazgo de la alabanza, pero todava tenemos que adorar. Podemos delegar ministerio de oración a los demás, pero todava tenemos que orar. Podemos delegar todo tipo de ministerios de formación, pero todava tenemos que estar involucrados en la formación de otra persona. ¡Vive la visión!

Leave a Reply

Your email address will not be published.