Cell Outreach in New Orleans

By Michelle Geoffrey

[I, Joel Comiskey, am pleased to introduce Michelle Geoffrey, Life Group Coordinator at Celebration Church, a cell-based church in New Orleans, Louisiana–lead pastor Dennis Watson, celebrationchurch.org)

My cell group meets at a coffee shop in the heart of New Orleans.  Last month there was a homeless lady on the corner so one of the members bought her breakfast and invited her to join us.  As we began the meeting, we asked the lady if she would like to participate and she said, “yes.”  We listened to her story about how she had come to this place in her life and then we asked her, “Has there ever been a time when you have asked Jesus to be the Lord of your life?” She said, “I have been thinking about it, but I want to get my life together first.”  We shared what it meant to know Jesus and she prayed to know Christ that morning and expressed how Jesus was much better at getting our lives together then we were.

One of the cell members looked uncomfortable and I could tell that she was not ready to share with this woman.  That was ok!  We were learning and growing together.  The next meeting, we debriefed about what happened and each of us felt challenged and excited about this opportunity we had to share about and then lead someone to Jesus.  Now each of us is a little more prepared to tell someone about Jesus and lead him or her in a prayer of salvation.

As this was taking place, I began to wonder how many of our cell groups were truly ready to lead someone to Jesus right there in Life Group.  Are we prepared to share our faith?  Do we know how to pray a prayer of salvation?  Are we only relying on a pastor at a worship service to do this for us?  Do we know if everyone in our group has a relationship with Jesus?  Are we a cell group that does outreaches just to do them or with the purpose of inviting non-believers to our group?  Or are we cell groups filled with believers that only discuss how lost the world is without bringing the solution?

This entire process showed me that we must be ready!  As pastors, cell leaders, or cell members, we must prepare ourselves to bring in the lost, broken and hurting and lead them through the plan of salvation that they may find healing and hope, especially in cell group.  We must arm ourselves so that we can be equipped not only to bring someone to church, but that each cell member can reach out to others in any situation.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Evangelismo Celular em Nova Orleans

Por Michelle Geoffrey

[Eu, Joel Comiskey, tenho o prazer de apresentar Michelle Geoffrey, Coordenadora de Grupo Vida na Celebration Church, uma igreja em c̩lulas em Nova Orleans, LouisianaРpastor principal Dennis Watson).

Minha célula se reúne em uma cafeteria no coração de Nova Orleans. No mês passado, havia uma senhora moradora de rua na esquina, então um dos membros comprou café da manhã para ela e a convidou para se juntar a nós. Quando começamos a reunião, perguntamos à senhora se ela gostaria de participar e ela disse “sim”. Ouvimos a história dela sobre como ela tinha chegado a este ponto em sua vida e então perguntamos a ela: “Houve algum momento em que você pediu a Jesus para ser o Senhor de sua vida?”. Ela disse: “Eu estive pensando nisso, mas eu quero arrumar minha vida primeiro”. Nós compartilhamos o que significava conhecer Jesus e ela orou para conhecer Cristo naquela manhã e expressamos como Jesus era muito melhor do que nós em conseguir arrumar nossas vidas.

Uma mulher entre os membros da célula parecia desconfortável e eu podia ver que ela não estava pronta para compartilhar com essa senhora. Tudo bem! Nós estávamos aprendendo e crescendo juntos. Na próxima reunião, nós discutimos sobre o que aconteceu e cada um de nós se sentiu desafiado e empolgado com esta oportunidade que tivemos para compartilhar sobre Jesus e depois conduzir alguém a Ele. Agora cada um de nós está um pouco mais preparado para contar a alguém sobre Jesus e levá-lo em uma oração de salvação.

Enquanto isso estava acontecendo, comecei a me perguntar quantos de nossas células estavam realmente prontas para levar alguém a Jesus ali no Grupo Vida. Estamos preparados para compartilhar nossa fé? Sabemos fazer uma oração de salvação? Estamos apenas confiando que um pastor em um culto de adoração fará isso por nós? Sabemos se todos no nosso grupo têm um relacionamento com Jesus? Somos uma célula que faz evangelismo apenas por fazer, ou temos o propósito de convidar os não-convertidos para o nosso grupo? Ou somos uma célula cheias de crentes que só discutem como o mundo é perdido sem trazer a solução?

Todo esse processo me mostrou que devemos estar prontos! Como pastores, lderes de células ou membros de células, devemos nos preparar para trazer os perdidos, quebrados e machucados e guiá-los através do plano de salvação para que eles possam encontrar cura e esperança, especialmente na célula. Devemos nos armar para que possamos ser equipados não só para trazer alguém para a igreja, mas para que cada membro da célula possa alcançar os perdidos em qualquer situação.

Spanish blog:

El alcance del grupo celular en Nueva Orleans

Por Michelle Geoffrey

[Yo, Joel Comiskey, me complace presentar a Michelle Geoffrey, coordinadora de los Grupos de Vida en La Iglesia Celebration, una iglesia basada en grupos celulares en Nueva Orleáns, Luisiana, el pastor principal Dennis Watson)

Mi grupo celular se reúne en una cafetera en el corazón de Nueva Orleans. El mes pasado haba una señora sin hogar en la esquina, as que uno de los miembros le compró el desayuno y la invitó a unirse a nosotros. Cuando comenzamos la reunión, le preguntamos a la señora si quera participar y ella dijo “s”. Escuchamos su historia sobre cómo haba venido a este lugar en su vida y luego le preguntamos: “¿Ha habido alguna vez en que le has pedido a Jesús que sea el Señor de tu vida? “Ella dijo:” He estado pensando en eso, pero quiero arreglar mi vida primero. “Compartimos lo que significaba conocer a Jesús y ella oró para conocer a Cristo esa mañana y expresó cómo Jesús era mucho mejor en poner nuestras vidas juntos en vez de nosotros.

Uno de los miembros del grupo celular se vea incómodo y poda decir que no estaba lista para compartir con esta mujer. ¡Está bien! Estábamos aprendiendo y crecer juntos. La siguiente reunión, nos informó sobre lo que pasó y cada uno de nosotros nos sentimos desafiados y emocionados acerca de esta oportunidad que tuvimos que compartir y luego dirigir a alguien a Jesús. Ahora cada uno de nosotros está un poco más preparado para hablarle a alguien de Jesús y guiarlo en una oración de salvación.

Mientras esto suceda, empecé a preguntarme cuántos de nuestros grupos celulares estaban realmente listos para dirigir a alguien a Jesús all mismo en el Grupo de la Vida. ¿Estamos preparados para compartir nuestra fe? ¿Sabemos orar una oración de salvación? ¿Estamos confiando solamente en un pastor en un servicio de adoración para hacer esto por nosotros? ¿Sabemos si todos en nuestro grupo tienen una relación con Jesús? ¿Somos un grupo celular que hace extensiones sólo para hacerlas o con el propósito de invitar a los no creyentes a nuestro grupo? ¿O somos grupos celulares llenos de creyentes que sólo discuten cómo está perdido el mundo sin traer la solución?

¡Todo este proceso me mostró que debemos estar listos! Como pastores, lderes celulares o miembros de la célula, debemos prepararnos para traer a los perdidos, quebrantados y heridos y guiarlos a través del plan de salvación para que puedan encontrar sanidad y esperanza, especialmente en el grupo celular. Debemos armarnos para que podamos estar equipados no sólo para traer a alguien a la iglesia, sino que cada miembro del grupo celular pueda alcanzar a otros en cualquier situación.

Michelle

Leave a Reply

Your email address will not be published.