Raising up a Successor

By Mario Vega, www.elim.org.sv

Disciple-making is primarily about becoming like Jesus. The process starts immediately upon receiving Jesus as Lord and Savior. God often uses more mature believers to help in the process of helping a young believer become more like Jesus. God saves people at every walk of life—some very young, some very old, some single, others married. But, in any case, the task is to help the new believer become more like Jesus.

But what about finding a leader to replace you in ministry. Some call this ministry succession. This is a type of disciple-making. In these cases, it’s important to choose the person carefully. Something basic is that the person must be younger than the teacher. It would make no sense to make a disciple older than the teacher expecting him to be his successor.

But there may also be other associated elements. The ministry demands education, skills, analysis, planning capacity. Those skills are acquired throughout life, from initial education. Making a disciple may involve ensuring that the candidate acquires those qualities that depend more on the formal education system than on the church. Therefore, the process of making a disciple can begin at earlier ages than is usually thought and involves aspects that go beyond the spiritual realm. Sometimes you have to start from childhood to have a Samuel.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Levantando um sucessor  

Por Mario Vega, www.elim.org.sv

Fazer discípulos é principalmente sobre se tornar como Jesus. O processo começa imediatamente após o receber Jesus como Senhor e Salvador. Deus freqüentemente usa crentes mais maduros para ajudar no processo de um jovem crente a se tornar mais parecido com Jesus. Deus salva as pessoas em todas as esferas da vida – algumas muito jovens, outras muito velhas, outras solteiras, outras casadas. Mas, de qualquer forma, a tarefa é ajudar o novo crente a se parecer mais com Jesus.

Mas que tal encontrar um líder para substituí-lo no ministério? Alguns chamam isso de sucessão ministerial. Este é um tipo de como fazer discípulos. Nesses casos, é importante escolher a pessoa com cuidado. Algo básico é que a pessoa deve ser mais jovem que o professor. Não faria sentido tornar um discípulo mais velho do que o professor que esperava que fosse seu sucessor. 

Mas também pode haver outros elementos associados. O ministério exige educação, habilidades, análise, capacidade de planejamento. Essas habilidades são adquiridas ao longo da vida, desde a educação inicial. Fazer um discípulo pode envolver garantir que o candidato adquira as qualidades que dependem mais do sistema de educação formal do que da igreja. Portanto, o processo de fazer um discípulo pode começar em idades mais precoces do que geralmente se pensa e envolve aspectos que vão além do domínio espiritual. Às vezes você tem que começar desde a infância para ter um Samuel.

Spanish blog:

Haciendo discípulos para la sucesión ministerial

por Mario Vega, www.elim.org.sv

Hacer un discípulo es modelar una vida a la semejanza del Hijo de Dios. El momento de iniciar el proceso de hacer un discípulo suele producirse de manera incidental: cuando un creyente se encuentra con un nuevo converso que necesita ser discipulado. Es un momento que no se elige y cuando las personas vienen tal como son. Algunos muy jóvenes, otros muy mayores, unos solteros, otros casados. Pero, en todo caso, la tarea es la misma.

Cuando el hacer un discípulo está relacionado con la sucesión en el ministerio, se requiere poseer algún criterio en la elección de la persona a discipular. Algo básico es que la persona debe ser más joven que el maestro. No tendría ningún sentido hacer un discípulo mayor que el maestro esperando que sea su sucesor.

Pero también pueden existir otros elementos asociados. El ministerio demanda educación, habilidades, análisis, capacidad de planeación. Esas habilidades se adquieren a lo largo de la vida, desde la educación inicial. El hacer un discípulo puede implicar asegurar que el candidato adquiera esas cualidades que dependen más del sistema formal de educación que de la iglesia. Por tanto, el proceso de hacer un discípulo puede comenzar en edades más tempranas de lo que usualmente se piensa e implica aspectos que van más allá del ámbito espiritual. A veces hay que comenzar desde la infancia para poder tener a un Samuel.

Leave a Reply

Your email address will not be published.