Don’t Be The Lid

By Stephen Daigle, College and Young Adult Pastor at Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Every year I travel to India to do pastoral training with a string of churches that have been planted over the last 10 years. This is a very rich time of ministry and training that has proved to be extremely fruitful as equipped and trained pastors are released to do ministry in their respective villages.  There are many subjects that we cover during our time together: Evangelism, Discipleship, Church Growth Strategies in their cultural context, Leadership Training, Theology of Cell Ministry, and more.

After each session, I could see how each pastor is overwhelmed and thinking ‘how can I do all of this?’. The ‘game changer’ and ‘tradition breaker’ that changes everything for them is when I ask the question ‘Who are you going to raise up to do these things?’. This is a very confusing statement because all that they have been taught is to do everything. (And yes, I mean everything). Because of this, many churches never grow past a certain point. Why? Because the Pastor can only manage so much. The pastor becomes the lid to the ministry. It’s a completely new concept to raise up others to assist and ultimately release into ministry. 

One of my very good friends, let’s call him Ayevi, surrendered his life to the Lord and was delivered from drug abuse around 7 years ago. Immediately he began to receive discipleship from a local pastor and went to ministry school to become a pastor. He was given a small church in a remote Hindu village that was averaging around 20 people a week. He was doing EVERYTHING: Leading worship, preaching, teaching, children’s ministry, evangelism, orphans and widows ministry, etc.. I could tell he was very exhausted and near burn out, like so many pastors. 

Ayevi attended our Pastoral Training and decided to implement what we call ‘shared ministry’. He began to raise up different people within the village church and delegate ministry areas to those individuals after they had received proper training. Let’s fast forward 2 years. Since that time, that one village church has now multiplied into 4 other churches in 4 different villages and 1 children ministry center! It’s amazing what God will do when we stop being the lid. 

Don’t be the lid for your ministry! So many times the ministry is dictated by what the pastor can handle. It was never intended to be that way! We are called to raise up and release people for ministry. Who are you raising up? How are you equipping them to take over ministry areas that you will release to them? 

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Não seja a tampa

por Stephen Daigle, pastor, Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Todos os anos eu viajo à Índia para ministrar treinamento pastoral a um grupo de igrejas que foram plantadas nos últimos 10 anos. É um momento muito rico de ministração e treinamento que já se provou extremamente frutífero, na medida em que pastores treinados e capacitados são enviados ao ministério em seus próprios vilarejos. Nós estudamos diversas disciplinas durante este tempo que passamos juntos: Evangelismo, Discipulado, Estratégias de Crescimento da Igreja no seu contexto cultural, Treinamento de Liderança e Teologia do Ministério em Células, além de outras.

Depois de cada sessão de treinamento, eu podia notar que cada um dos pastores se sentia assustado e pensava: Como eu vou conseguir fazer tudo isso? Mas havia uma pergunta que era lançada que fazia o jogo virar e quebrava o tradicionalismo: Quem você vai levantar para fazer estas coisas? Esta era uma pergunta muito estranha, pois eles sempre foram ensinados a fazer tudo. (Não, eu não estou exagerando!) Exatamente por esta razão, muitas igrejas nunca crescem além de um certo ponto. O motivo? Porque o Pastor só consegue tratar um certo número de assuntos. O Pastor se torna então, a tampa do ministério. Levantar pessoas e por fim, lança-las no ministério, é um conceito muito novo.

Um dos meus amigos mais chegados, vamos chamá-lo de Ayevi, entregou sua vida ao Senhor e foi liberto das drogas há mais ou menos 7 anos. Ele imediatamente começou a ser discipulado por um pastor local e foi encaminhado para seus estudos para tornar-se Pastor também. Ele recebeu uma pequena igreja em uma distante vila hindu que tinha uma média de 20 pessoas por semana. Ele estava fazendo TUDO: Liderando o louvor, pregando, ensinando, evangelizando, cuidando do ministério infantil, do ministério dos órfãos e viúvas, etc. Era possível ver que ele estava exausto e muito próximo de uma situação de esgotamento, assim como muitos outros pastores.

Ayevi compareceu ao nosso Treinamento Pastoral e decidiu implementar o que nós chamamos “Ministério Compartilhado”. Ele começou a levantar diferentes pessoas da comunidade da igreja e delegar áreas do ministério à estas pessoas, depois de adequadamente capacitadas. Vamos avançar dois anos em nossa história. Depois disso, aquela igreja multiplicou-se em 4 outras igrejas em outros vilarejos, além de um Centro de Ministério Infantil! É surpreendente o que Deus faz quando deixamos de ser tampas em nossos ministérios!

Não seja a tampa do seu ministério! É muito comum o ministério ser ditado pelo que o pastor consegue fazer. Nunca devia ter sido assim! Nós somos chamados a levantar e lançar pessoas ao ministério. Quem você está levantando agora? Como você os está capacitando para assumirem áreas ministeriais que você vai delegar?

Separe tempo em oração para interceder sobre pessoas a quem você pode delegar certas oportunidades.

Spanish blog:

No seas una tapadera 

Por Stephen Daigle, pastor en Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Todos los años viajo a la India para realizar una formación pastoral con una serie de iglesias que se han plantado durante los últimos 10 años. Este es un tiempo muy rico de ministerio y capacitación que ha demostrado ser extremadamente fructífero ya que los pastores equipados y capacitados son liberados para ejercer el ministerio en sus respectivos pueblos. Hay muchos temas que cubrimos durante nuestro tiempo juntos: Evangelismo, Discipulado, Estrategias de Crecimiento de la Iglesia en su contexto cultural, Entrenamiento de Liderazgo, Teología del Ministerio Celular y más.

Después de cada sesión, pude ver cómo cada pastor está abrumado y pensando “¿cómo puedo hacer todo esto?”. El “cambio de juego” y el “quiebre de tradiciones” cambia todo para ellos es cuando les hago la pregunta “¿A quién vas a formar para hacer estas cosas?”. Esta es una declaración muy confusa porque todo lo que les han enseñado es a hacer todo. (Y sí, me refiero a todo). Debido a esto, muchas iglesias nunca pasan de cierto punto. ¿Por qué? Porque el pastor solo puede administrar hasta cierto punto. El pastor se convierte en la tapadera del ministerio. Es un concepto completamente nuevo para formar a otros para ayudar y finalmente liberar al ministerio.

Uno de mis muy buenos amigos, llamémosle Ayevi, entregó su vida al Señor y fue liberado del abuso de drogas hace unos 7 años. Inmediatamente comenzó a recibir el discipulado de un pastor local y fue a la escuela del ministerio para convertirse en pastor. Finalmente, le entregaron una pequeña iglesia en un remoto pueblo hindú que tenía un promedio de 20 personas por semana. Estaba haciendo TODO: Liderar la adoración, predicar, enseñar, ministerio de niños, evangelismo, ministerio de huérfanos y viudas, etc. Me di cuenta de que estaba muy agotado y a punto de desmayar, como tantos pastores.

Ayevi asistió a nuestra Capacitación Pastoral y decidió implementar lo que llamamos “ministerio compartido”. Comenzó a formar a diferentes personas dentro de la iglesia de la aldea y a delegar áreas del ministerio a esas personas después de haber recibido la capacitación adecuada. Avancemos 2 años. Desde entonces, ¡esa iglesia de una aldea se ha multiplicado en otras 4 iglesias en 4 aldeas diferentes y 1 centro de ministerio de niños! Es asombroso lo que hará Dios cuando dejemos de ser una tapadera. 

¡No seas la tapadera de tu ministerio! Muchas veces el ministerio está dictado por lo que el pastor puede manejar. ¡Nunca se pretendió que fuera así! Estamos llamados a levantar y liberar personas para el ministerio. ¿A quién estás formando? ¿Cómo los estás preparando para hacerse cargo de las áreas del ministerio que les entregará?

Tómate el tiempo para orar sobre a quién puedes comenzar a brindar ciertas oportunidades.

Leave a Reply

Your email address will not be published.