The Cell Cycle

marioby Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

The cell model is a cycle that feeds on itself. The links in this cycle can be summarized in the following:

  • more leaders equals more cells
  • more cells equals more people reached
  • more people reached equals a greater number of water baptisms
  • more water baptisms equals a greater number of leadership candidates
  • more leadership candidates equals a greater number of leaders.

Thus the cycle starts back again. Since this is about a cycle, it repeats over and over again. The church’s ability to multiply leaders is limited by the amount of people in its city.

But this is not an automatic cycle. Quite often the above equation does not work in real life. Whenever the cycle is interrupted, it is because one of the links is broken. To ensure the cycle’s indefinite continuity, we must ensure that each leader is prepared to lead the cell, that each cell evangelizes, that new people are born again, that the born again are discipled, baptized in water, begin to attend the equipping (senda o ruta), and ultimately that those who graduate become leaders.

It is important to establish the DNA of the cell cycle in order to ensure its continuation. By maintaining the cycle’s rhythm, a centripetal force develops that can attract people from outside of it. Those people who become interested in the cell system are then attracted by the dynamics of the cycle. It is not difficult to incorporate people who are attracted in that way. Again, the cell model reproduces itself by producing its own leaders, but it can additionally attract outsiders to also make them leaders.

Comments?

Mario

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Ciclo da Célula por Mario Vega, http://www.elim.org.sv/

O modelo de célula é um ciclo que se auto alimenta. As ligações neste ciclo podem ser resumidas na seguinte forma:

  • Mais lderes é igual a mais células
  • Mais células é igual a mais pessoas alcançadas
  • Mais pessoas alcançadas é igual a um número maior de batismos na água
  • Mais batismos na água é igual a um número maior de candidatos à liderança
  • Mais candidatos à liderança é igual a um número maior de lderes

Assim, o ciclo começa novamente. Como se trata de um ciclo, ele se repete inúmeras vezes. A capacidade da igreja para multiplicar lderes é limitada pela quantidade de pessoas em sua cidade.

Mas este não é um ciclo automático. Muitas vezes a equação acima não funciona na vida real. Sempre que o ciclo é interrompido, é porque uma das ligações está quebrada. Para garantir a continuidade indefinida do ciclo, temos de assegurar que cada lder está preparado para liderar a célula, que cada célula evangeliza, que novas pessoas são nascidas de novo, que os nascidos de novo são discipulados, batizados na água, começam a frequentar o equipamento (caminho ou rota) e, finalmente, de que aqueles que se graduam se tornam lderes.

É importante estabelecer o DNA do ciclo celular a fim de assegurar sua continuação. Ao manter o ritmo do ciclo, desenvolve-se uma força centrpeta que pode atrair pessoas de fora. Aquelas pessoas que se interessam pelo sistema de célula são então atradas pela dinâmica do ciclo. Não é difcil incorporar pessoas que são atradas dessa forma. Mais uma vez, o modelo de célula se reproduz através da produção de seus próprios lderes, mas pode adicionalmente atrair pessoas de fora para também torná-las lderes.

Comentários?

Mario

Spanish blog:

El ciclo celular

por Mario Vega

El modelo celular es un ciclo que se alimenta a s mismo. Los eslabones de ese ciclo se pueden resumir en los siguientes elementos: más lderes igual a más células, más células igual a más personas alcanzadas, más personas alcanzadas igual a mayor cantidad de bautismos en agua, mayor cantidad de bautizados en agua igual a mayor cantidad de candidatos a lder, mayor cantidad de candidatos igual a mayor cantidad de lderes. As, el ciclo vuele a comenzar.

Dado que se trata de un ciclo, éste vuelve a repetirse una y otra vez. La capacidad de una iglesia para multiplicar lderes está limitada por la cantidad de población que haya en su ciudad. Pero éste no es un ciclo automático. Con mucha frecuencia la ecuación anterior no funciona en la vida real. Siempre que el ciclo se interrumpe es porque uno de los eslabones se rompió. Para asegurar que el ciclo continúe de manera indefinida hay que asegurar que cada lder reciba su célula, que cada célula haga invitados, que los invitados nazcan de nuevo, que los nacidos de nuevo sean discipulados y se bauticen en agua, que los bautizados en agua asistan a la Ruta del Lder y que cada persona que reciba la Ruta se convierta en un nuevo lder.

Es importante fijar el ADN del sistema para que luego se continúe reproduciendo. Al girar sobre s mismo, este ciclo crea una fuerza centrpeta que puede atraer a personas fuera de él. Esas personas que se interesan por el sistema celular llevan la ventaja que fueron atrados por la dinámica misma del ciclo. No es difcil incorporar a las personas que son atradas de esa manera. En resumen, el modelo celular se reproduce a s mismo produciendo sus propios lderes, pero también puede atraer a personas externas para hacer de ellas también lderes.

Leave a Reply

Your email address will not be published.