The Commitment of the Lead Pastor in the Transition

coaches_ernesto

By Ernesto Humeniuk, www.oikoslatino.org

One of the important things we teach in the OIKOS modules is that a pastor must be willing to invest at least five years of his ministry to make a successful cell church transition. This is key. If the pastor is planning on retiring or changing his ministry, it’s better not to start the transition process—unless he can ensure that the church is sufficiently rooted in the cell vision that the transition can continue without him. In our own ministry, one pastor told us he was ready to retire, so he could not commit to the cell church vison. We were sad that he could not continue, but we understood. We didn’t want him to start and then leave halfway through the process.

I also think it’s essential that the senior pastor leads the transition. During one point in my ministry, I was in charge of cell groups in a church where the pastor “said” he wanted to make the transition. But it never worked out. Why? For the simple reason that church members don’t follow the assistant pastor. They follow the senior pastor and his vision. If the senior pastor is not leading the transition, his actions speak much louder than his words. By his actions, the senior pastor is saying, cell ministry is not my priority.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Compromisso do Pastor Principal na Transição da Igreja em Células

Por Ernesto Humeniuk, www.oikoslatino.org

Uma das coisas importantes que nós ensinamos nos módulos de pequenos grupos é que um pastor deve estar disposto a investir pelo menos cinco anos de seu ministério para fazer uma transição bem sucedida para a igreja em células. Esta é a chave. Se o pastor está pensando em se aposentar ou em mudar seu ministério, é melhor não iniciar o processo de transição- a menos que o pastor possa garantir que a igreja está enraizada o bastante na visão celular de modo que a transição continue sem ele. Em nosso próprio ministério um pastor nos disse que estava pronto para se aposentar, então ele não poderia se comprometer com a visão de igreja em células. Ficamos tristes porque ele não poderia continuar, mas nós entendemos. Nós não queramos que ele começasse e depois sasse no meio do processo.

Eu também acho essencial que o pastor principal lidere a transição. Durante um perodo em meu ministério, eu era encarregado pelas células em uma igreja onde o pastor “disse” que queria fazer a transição. Mas isso nunca funcionou. Por quê? Pela simples razão de que os membros da igreja não seguem o pastor assistente. Eles seguem o pastor principal e a sua visão. Se o pastor não está liderando a transição, suas ações falam muito mais alto que suas palavras. Com suas ações, o pastor principal está dizendo que o ministério celular não é a sua prioridade.

Spanish blog: 

El rol del liderazgo y los errores comunes en la transición

Por Ernesto Humeniuk, www.oikoslatino.org

Uno de los elementos importantes que enseñamos en el ministerio OIKOS en los módulos para el cambio es que el pastor debe estar dispuesto a invertir por lo menos cinco años de su ministerio para la transición. Esto es clave. Si el pastor tiene en mente jubilarse o cambiar de ministerio, mejor que no comience ninguna transición sin asegurarse de que si sale de la iglesia la visión esté lo suficientemente arraigada como para que la misma continúe. En nuestro propio ministerio tuvimos un pastor que nos dijo que estaba casi al jubilarse, por lo que no poda comprometerse con la visión, y dejó su puesto directivo. Aun cuando nos dio tristeza, lo entendimos. No podemos comenzar una transición y dejarla a mitad de camino.

Otro punto que me parece importante es que le mismo pastor principal es quien debe guiar la transición. Mi experiencia fue estar como “ministro de células” en una iglesia donde el pastor deca querer hacer la transición. Eso nunca funcionó y la razón es simple: la iglesia no sigue a un pastor asistente, sigue a su pastor. Y si el pastor principal no es quien dirige la transición está diciendo sin palabras: “esto no es importante, esto no es lo que yo quiero”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.