Children and Youth in the Cell Church

coach_mario2016speaking

by Mario Vega, www.elim.org.sv

Cell ministry is a long-term strategy. While results should be expected in the short and medium terms, we must not forget that the ultimate purpose is to achieve a paradigm shift in the way we do church. I’m referring to moving from the traditional way of doing church to the New Testament church. Cell ministry is not a temporary program or a campaign of two or three years; Rather, it is about achieving a new culture of mutual aid and ministry of all the saints. When speaking of a new culture, we refer to a lifestyle that is adopted permanently.

When a church realizes that cell ministry is long term, the role of children and youth becomes very important. Remember that in ten years, children and youth will be the eligible men and women who teach others. But if we think that ten years is too far in the future, it’s because our thinking is temporal. The universal priesthood of all believers is not for one season only; it is for life. Just as the priesthood was transferred from parents to children, the ministry of all believers must pass from one generation to another. This means that we have to take children and youth seriously and make sure they are discipled. When the church involves the next generation it ensures a new and fresh source of new leaders who are willing to enter the battle and become the next generation of ministers.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Crianças e Jovens na Igreja em Células

Por Mario Vega

O ministério celular é uma estratégia de longo prazo. Embora os resultados devam ser esperados a curto e médio prazos, nós não podemos esquecer que o propósito final é conseguir uma mudança de paradigma na forma como fazemos igreja. Eu me refiro a mudança do modelo tradicional de fazer igreja para a igreja do Novo Testamento. O ministério celular não é um programa temporário ou uma campanha de dois ou três anos, pelo contrário, isso é sobre a aquisição de uma nova cultura de ajuda mútua e do ministério de todos os santos. Quando se fala de uma nova cultura, nós nos referimos a um estilo de vida que é adotado de forma permanente.

Quando a igreja percebe que o ministério celular é a longo prazo, o papel das crianças e dos jovens se torna muito importante. Lembre-se que em dez anos, crianças e jovens serão os homens e mulheres elegveis que irão ensinar outros. Mas se nós pensarmos que dez anos está em um futuro muito longe, é porque nosso pensamento é temporal. O sacerdócio universal de todos os crentes não é só para um perodo, é para a vida. Assim como o sacerdócio é transferido de pais para filhos, o ministério de todos os crentes deve ser passado de uma geração para outra. Isso significa que nós devemos levar as crianças e os jovens a sério e garantir que eles sejam discipulados. Quando a igreja envolve a próxima geração isso garante uma fonte nova de novos lderes que estão dispostos a entrar na batalha e se tornarem a próxima geração de ministros.

Spanish blog:

Los niños y jóvenes en la iglesia celular

por Mario Vega

El trabajo celular es una estrategia a largo plazo. Si bien se esperan resultados en el corto y mediano plazo, no debemos olvidarnos que el propósito último es lograr un cambio de paradigma en la forma de ser iglesia. Es decir, se trata de pasar de la manera tradicional de ser iglesia a la manera de la iglesia del Nuevo Testamento. No estamos, pues, ante un programa temporal o una campaña de dos o tres años; se trata de lograr una nueva cultura de ayuda mutua y de ministerio de todos los santos. Al hablar de nueva cultura, nos referimos a un estilo de vida que se adopta de manera permanente.

Cuando la idea es que el modelo se sostenga en el largo plazo, el papel de los niños y jóvenes se vuelve muy importante. En unos diez años ellos serán los hombres idóneos que enseñarán también a otros. Pero si pensar en diez años nos parece que es un tiempo demasiado extenso es porque se está pensando en un esfuerzo temporal. El sacerdocio universal de los creyentes no es para una temporada solamente, es para toda la vida. De igual manera que el sacerdocio se trasladaba de padres a hijos, el ministerio de todos los creyentes debe pasar de una generación a otra. Eso, indudablemente, implica que hay que tomar a los niños y jóvenes bajo procesos muy serios de discipulado. Cuando la iglesia logra involucrar a la nueva generación asegura una fuente fresca y numerosa de nuevos lderes dispuesto a la batalla.

Leave a Reply

Your email address will not be published.