Knowing the State of Your Flocks

By Gerardo Campo

[I, Joel Comiskey, am pleased to introduce Gerardo Campo, one of the district pastors at the Elim Church in San Salvador, El Salvador. He has been working as an Elim pastor  since the late 1980s. He is currently the district pastor over 530 cell leaders, 90 supervisors, and 6 zone pastor. Gerardo is married and has four children]

At Elim, we receive the cell reports  no later than Sunday at worship time, because we are interested to know what happened that week in each of the cell meetings, whether they are children, youth, or adults.

Knowing the results at the beginning of a new week is very important for pastors because it helps them to guide the cell vision with intelligence, rather than just letting thing happen. Knowing what happened also helps pastors to offer clear guidelines to each of the leaders, so they can lovingly progress  towards their goals.

As the pastor  analyzes the report, he may realize that one of the cells is not functioning or that the information is not accurate. Without clear, accurate reporting, it’s possible to have “ghost groups” that only exist on paper. What makes the difference? It’s the meticulous interest on the part of the pastor  to know the state of the flocks.

An area pastor in the district I coordinate once told me about contacting groups under his supervision. He learned that a few cells under his care had not met, even though the report said the groups had met. This pastor decided to call the leaders and the hosts to inquire about what had happened.

The pastor’s interest was not just to hold these leaders accountable, but rather he wanted to know if the brothers were well and that nothing was affecting their lives or those of their families. The telephone calls he made showed that he was more interested in their welfare than anything else. This action made the people feel loved and valuable, not for what they did, but for who they were, important members of the body of Christ. This pastor made the contact, not to ask for explanations about the results, but to show them appreciation, which produced in them a desire to press ahead in cell ministry.

A well-structured cell church will both hold people accountable and encourage them with love and appreciation. Accountability and encouragement are key aspects of the cell church vision.

Pastor Gerardo Campos

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Conhecendo o Estado dos Rebanhos

Por Gerardo Campo

[Eu, Joel Comiskey, tenho o prazer de apresentar Gerado Campo, um dos pastores de distrito da Igreja Elim. Pastor Gerardo tem trabalhado como um pastor de Elim em San Salvador desde o final dos anos 1980. Pastoreia 530 lderes de células, 90 supervisores e 6 pastores de zona. Gerardo é casado e tem quatro filhos].

Em Elim, nós recebemos os relatórios das células o seu mais tardar no domingo, no horário de adoração, porque estamos interessados em saber o que aconteceu naquela semana em cada uma das reuniões celulares, quer sejam de crianças, jovens ou adultos.

Conhecer os resultados no incio de uma nova semana é muito importante para os pastores, porque os ajuda a guiar a visão celular com inteligência, em vez de apenas deixar as coisas acontecerem. Saber o que aconteceu também ajuda os pastores a oferecerem diretrizes claras para cada um dos lderes, para que eles possam amorosamente progredir rumo aos seus objetivos.

Conforme o pastor analisa os relatórios, ele pode perceber que uma das células não está funcionando ou que a informação não é precisa. Sem relatórios claros e precisos, é possvel ter “grupos fantasmas” que só existem no papel. O que faz a diferença? É o interesse meticuloso por parte do pastor de saber o estado dos rebanhos.

Um pastor de área no distrito que eu coordeno certa vez me contou sobre ter entrado em contato com grupos sob sua supervisão. Ele descobriu que algumas células sob seu cuidado não se reuniram, embora o relatório dissesse que os grupos se encontraram. Este pastor decidiu chamar os lderes e os anfitriões para perguntar sobre o que tinha acontecido.

O interesse do pastor não era apenas responsabilizar esses lderes, mas ele queria saber se os irmãos estavam bem e que nada estava afetando suas vidas ou as de suas famlias. Os telefonemas que ele fez mostraram que ele estava mais interessado em seu bem-estar do que qualquer outra coisa. Essa ação fez com que as pessoas se sentissem amadas e valiosas, não pelo que fizeram, mas por quem elas eram: membros importantes do corpo de Cristo. Este pastor fez o contato não para pedir explicações sobre os resultados, mas para mostrar-lhes apreço, o que produziu neles um desejo de avançar no ministério celular.

Uma igreja em células bem estruturada irá manter as pessoas responsáveis e vai encorajá-las com amor e apreciação. Responsabilidade e encorajamento são aspectos chave da visão da igreja celular.

Pastor Gerardo Campo

Spanish blog:

El contacto no solo para rendir cuentas

por Gerardo Campos

[Yo, Joel Comiskey, quisiera presentar a Gerardo Campo, uno de los pastores del distrito de la Iglesia Elim en San Salvador, El Salvador. Él ha estado trabajando como un pastor de Elim desde finales de 1980. Actualmente el está encargado de 530 lderes celulares, 90 supervisores y 6 pastores de la zona. Gerardo es casado y tiene cuatro hijos]

En nuestra congregación recibimos los reportes de resultados de las células a más tardar el da domingo en el horario de culto, esto porque nos interesa saber que sucedió esa semana en cada una de las reuniones tanto infantiles, juveniles como las de adultos.

Saber los resultados al inicio de una nueva semana es muy importante para los pastores ya que nos permitirá dirigir el rumbo del trabajo de la mejor manera, no dejamos que las cosas simplemente sucedan, sino que procuraremos dar directrices claras a cada uno de los lderes, a fin de seguir enrumbándonos hacia las metas.

Cuando el pastor es minucioso con el reporte de resultados, podra darse cuenta de cuando una célula no se realizó y  cuando se están entregando de parte de los supervisores información “congelada”.

En algunos casos eso ha producido que sin darse cuenta las cifras han sustituido a la realidad, produciéndose los “grupos fantasmas”.

Un interés minucioso de parte del pastor será lo que hará la diferencia.

Un pastor de zona del distrito que coordino me contaba su experiencia. Se enteró que algunas células no se haban realizado durante la semana, y antes de “congelar” la asistencia para reportarla, decidió llamar a los lderes y a los anfitriones a fin de indagar sobre lo que haba sucedido.

El interés del pastor no era solamente pedir cuentas, sino más bien quera saber si los hermanos se encontraban bien y que nada estaba afectando sus vidas ni las de sus familias. La llamada telefónica que hizo dejó de manifiesto que le interesaba más que cualquier otra cosa el bienestar de ellos.

Eso fue muy impactante para las personas debido a que se sintieron amadas y  valiosas, no por lo que hacan, sino por quienes eran, miembros importantes del cuerpo de Cristo.

Ellos testifican que ese contacto, no para pedir explicaciones sobre los resultados, sino para manifestarles valoración y aprecio les ha generado una gran motivación.

En una iglesia celular bien estructurada  a veces el contacto podra tener como propósito la rendición de cuentas, haciendo que las personas se sientas usadas únicamente, pero cuando vamos más allá de los resultados que esperamos, para incentivar a los miembros con nuestro amor e interés porque estén bien en todas la cosas, generaremos la energa renovable del movimiento celular.

Pastor Gerardo Campos

Leave a Reply

Your email address will not be published.