Worship Details

By Joel Comiskey, check out  coaching 

In Groups that Thrive, Jim Egli and I didn’t ask how long the group worship lasted. We simply asked those taking the survey if worship through singing is a part of their normal meetings. So how much worship should be included? We advise asking the Holy Spirit to be your guide. Some groups might want to have meetings with extended times of worship. These times might include other elements like taking communion as a group and praying for one another and your community.

Many leaders feel inadequate to lead worship singing in the group because they think they have to sing like Chris Tomlin or be an expert guitar player. The reality is that God looks at our heart as we sing to him. I’ve experienced group worship times when the members choked out a joyful noise (with an emphasis on noise). But beyond the singing is God himself who dwells in the praises of his people. And he loves to hear worship and respond by revealing his sweet presences. Matt Redman’s famous chorus rings true, “I’m coming back to the heart of worship, and it’s all about you; it’s all about you.” Worship is all about Jesus.

Although spontaneous unplanned worship is wonderful, the best group worship requires diligent planning. The facilitator or member should pick a few songs before the group begins. Print out the words of the songs and then distribute the sheets to everyone in the group. Those who know the songs really well won’t need the sheets, but many will need them.

You don’t need a guitar player to lead worship. You can create a playlist on a smart phone and hook it up to a simple speaker. Many groups use YouTube to supply background singing while the group follows the words on the song sheets. Simple, quality alternatives– that don’t take too much time and effort—are everywhere on the internet.

The person leading worship should give an exhortation to begin the worship time. “Remember that God is looking at your heart,” they might say. “Reflect on the words of the songs while you’re singing and know that above all else, you’re pleasing God.” A simple exhortation like this makes a huge difference in the atmosphere.

It’s a good idea to allow times of silence between songs and following the time of worship singing. Both during and after worship, allow people to pray out loud. Often in Scripture, God manifested his presence through worship, and it’s vitally important to hear from him during this time.

Help your group to become sensitive to God while asking him to show you how to reach non-Christians. Put him first in your group, and he’ll give you a new, dynamic atmosphere that will edify the saints and evangelize unbelievers.

The key is to allow time to focus on who God is and to thank him for all that he has done. Time spent in worship points people to our faithful and generous God and opens them up to hear him and receive all that he is offering to them.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Detalhes da Adoração

Por Joel Comiskey

Em Groups that Thrive (Grupos que Prosperam, em tradução livre), Jim Egli e eu não perguntamos quanto tempo a adoração do grupo durava. Simplesmente perguntamos àqueles participando da pesquisa se a adoração através do louvor fazia parte de suas reuniões normais. Então, quanto de adoração deve ser incluída? Aconselhamos pedir que o Espírito Santo seja seu guia. Alguns grupos podem querer ter reuniões com períodos de adoração prolongados. Esses momentos podem incluir outros elementos, como tomar a comunhão como um grupo e orar uns pelos outros e pela sua comunidade.

Muitos líderes se sentem inadequados para liderar o louvor e adoração no grupo porque acham que têm que cantar como Chris Tomlin ou ser um especialista na guitarra. A realidade é que Deus olha para o nosso coração enquanto cantamos para Ele. Eu experimentei momentos de adoração em grupo quando os membros exprimiram um barulho alegre (com ênfase em barulho). Mas além do canto está o próprio Deus que habita nos louvores de seu povo. E Ele ama ouvir a adoração e responder revelando sua doce presença. O famoso refrão de Matt Redman soa verdadeiro: “Eu estou voltando ao coração da adoração, e é tudo sobre você; é tudo sobre você”. A adoração é toda sobre Jesus.

Embora a adoração espontânea não planejada seja maravilhosa, a melhor adoração em grupo requer um planejamento diligente. O facilitador ou membro deve escolher algumas músicas antes do grupo começar. Imprima as palavras das músicas e depois distribua as folhas para todos no grupo. Aqueles que conhecem as músicas muito bem não precisarão das folhas, mas muitos precisarão delas.

Você não precisa de um guitarrista para liderar a adoração. Você pode criar uma lista de reprodução em um smartphone e conectá-la a um alto-falante simples. Muitos grupos usam o YouTube para fornecer músicas em segundo plano enquanto o grupo segue as palavras nas folhas das músicas. Alternativas simples e de qualidade– que não demandam muito tempo e esforço– estão em toda parte na internet.

A pessoa que conduz a adoração deve dar uma exortação para começar o momento de adoração. “Lembre-se de que Deus está olhando para o seu coração”, ela pode dizer. “Reflita sobre as palavras das músicas enquanto você está cantando e saiba que, acima de tudo, você está agradando a Deus”. Uma simples exortação como essa faz uma enorme diferença na atmosfera.

É uma boa ideia permitir momentos de silêncio entre as músicas e seguir o tempo do louvor. Tanto durante quanto depois da adoração, permita que as pessoas orem em voz alta. Muitas vezes nas Escrituras, Deus manifestou Sua presença através da adoração, e é vitalmente importante ouvi-Lo durante esse momento.

Ajude seu grupo a se tornar sensível a Deus enquanto pede a Ele que te mostre como alcançar os não-cristãos. Coloque-O em primeiro lugar no seu grupo e Ele lhe dará uma atmosfera nova e dinâmica que edificará os santos e evangelizará os incrédulos.

A chave é permitir tempo para se concentrar em quem Deus é e agradecê-Lo por tudo o que Ele fez. O tempo gasto em adoração aponta as pessoas para o nosso Deus fiel e generoso e as abre para ouvi-Lo e receber tudo o que Ele está oferecendo a elas.

Spanish blog:

Detalles de la adoración

Por Joel Comiskey

En Groups that Thrive, Jim Egli y yo no preguntamos cuánto duró la adoración grupal en la célula. Simplemente preguntamos a los encuestados si las alabanzas formaban parte de sus reuniones normales. Entonces, ¿cuánta adoración debería incluirse? Aconsejamos pedirle al Espíritu Santo que sea tu guía. Algunas células pueden querer tener reuniones con tiempos de adoración prolongados. Estos tiempos pueden incluir otros elementos como tomar la comunión como grupo y orar por los demás y por su comunidad.

Muchos líderes se no sienten preparados para dirigir las alabanza en la célula porque piensan que tienen que cantar como Chris Tomlin o ser un guitarrista experto. La realidad es que Dios mira nuestro corazón mientras le cantamos. Experimenté tiempos de adoración grupal cuando los miembros se atragantaron con un ruido alegre (con énfasis en el ruido). Pero más allá del canto está Dios mismo que mora en las alabanzas de su pueblo, y le encanta escuchar la adoración y responder al revelar sus dulces presencias. El famoso coro de Matt Redman suena tan verdadero, “Estoy volviendo al corazón de la adoración, y se trata de ti, se trata de ti”. La adoración se trata de Jesús.

Aunque la adoración espontánea y no planificada es maravillosa, la mejor adoración grupal requiere una planificación diligente. El facilitador o miembro debe elegir algunas canciones antes de que comience el grupo. Imprima las letars de las canciones y luego distribuya las hojas a todos en el célula. Aquellos que conocen las canciones no necesitarán las hojas, pero muchos otros si las necesitarán.

No necesitas un guitarrista para dirigir la adoración; puedes crear una lista de reproducción en un teléfono inteligente y conectarla a un altavoz simple. Muchos grupos usan YouTube para proporcionar canciones de fondo mientras el grupo sigue las letras en las hojas. Las alternativas simples y de calidad, que no requieren demasiado tiempo y esfuerzo, están en todas partes en Internet.

La persona que dirige la adoración debe dar una exhortación para comenzar el tiempo de adoración. “Recuerda que Dios está mirando tu corazón”, podrían decir. “Reflexiona sobre las palabras de las canciones mientras cantas y ten seguridad de que por sobre todas las cosas, estás complaciendo a Dios”. Una simple exhortación como esta hace una gran diferencia en la atmósfera de la célula.

Es una buena idea permitir tiempos de silencio entre alabanzas. Tanto durante como después de la adoración, permita que las personas oren en voz alta. A menudo en las Escrituras, Dios manifestó su presencia a través de la adoración, y es de vital importancia saber de él durante este tiempo.

Ayuda a tu célula a ser sensible a Dios mientras le piden que les muestre cómo llegar a los no cristianos. Ponlo primero en tu célula, y él te dará una atmósfera nueva y dinámica que edificará a los santos y evangelizará a los incrédulos.

La clave es dejar tiempo para enfocarse en quién es Dios y agradecerle por todo lo que ha hecho. El tiempo dedicado a la adoración señala a la gente a nuestro Dios fiel y generoso y los lleva a escucharlo y recibir todo lo que les ofrece.

Leave a Reply

Your email address will not be published.