Who is Next?

By Stephen Daigle, College and Young Adult Pastor at Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Paul had Timothy. Moses had Joshua. Joshua had…oops. 

Judges 2:10 tells us that after Joshua’s death “..another generation grew up who knew neither the LORD nor what he had done for Israel.” Joshua was able to learn from Moses, but he failed to do something critical. He failed to raise up someone behind him to lead when he was gone. 

If there were one thing I could go back and tell myself 10 years ago, it would be about legacy. There was a time when I had little concern for the next generation. My only focus was on the ‘here and now’. Because of that, I left a trail of ‘What’s next?’ questions and ‘Who will lead?’ when I was called to different ministry areas Cells that were flourishing when I was leading would cease to exist in my absence. I would feel like a failure and be discouraged thinking that I had wasted my time and energy. The reality was that I had failed to leave a legacy and raise up someone to take my place. 

Something we do with our Cell Pastors in our regular meeting is answer the question ‘Who is your legacy person?’. What we mean by that question is ‘Who is able to do 50-70% of your job if you were to get hit by a bus tomorrow?’ No one likes to think about not being able to lead. However, not preparing someone to lead in our absence is following in Joshua’s footsteps, and that’s not a compliment! Here are some suggestions I wish someone would have given me:

  • Identify someone who is FAST (Faithful, Available, Servant Hearted and Teachable)
  • Spend time with that individual consistently/weekly
  • Give them opportunities to lead while you are there watching
  • Release ministry responsibilities to them and give feedback
  • Allow them to lead in your absence and give them encouragement

How intentional are you in raising up someone to lead in your absence? Give some thought to what would happen if you were not able to lead. Would the work continue or would it stop? Pray today that you would raise up the next generation to continue the work!

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Quem é o próximo?

Por Stephen Daigle, pastor universitário e de Jovens Adultos na Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Paulo teve Timóteo. Moisés teve Josué.  Josué tinha… opa.

Juízes 2:10 nos diz que, após a morte de Josué “surgiu uma nova geração que não conhecia o Senhor e o que ele havia feito por Israel”. Josué conseguiu aprender com Moisés, mas não conseguiu fazer algo crítico. Ele não conseguiu levantar alguém depois dele para liderar quando ele se foi.

Se houvesse uma coisa que eu pudesse voltar e me dizer há 10 anos, seria sobre legado. Houve um tempo em que eu tinha pouca preocupação com a próxima geração. Meu único foco era “aqui e agora”. Por causa disso, deixei um rastro com as perguntas “o que vem a seguir? “ E “quem liderará?” quando fui chamado para diferentes áreas do ministério. As células que estavam florescendo quando eu liderava deixariam de existir na minha ausência. Eu me sentia um fracasso e ficava desanimado ao pensar que havia desperdiçado meu tempo e energia. A realidade era que eu não tinha deixado um legado e não desenvolvi alguém para tomar meu lugar.

Algo que fazemos com nossos Pastores de Células em nossa reunião regular é responder à pergunta “Quem é seu legado?”. O que queremos dizer com essa pergunta é: “quem é capaz de fazer de 50 a 70% do seu trabalho se você for atropelado por um ônibus amanhã?”. Ninguém gosta de pensar em não ser capaz de liderar. No entanto, não preparar alguém para liderar em nossa ausência é seguir os passos de Josué, e isso não é um elogio! Aqui estão algumas sugestões que eu gostaria que alguém tivesse me dado:

  • Identifique alguém que seja RÁPIDO (fiel, disponível, servo de coração e ensinável);
  • Passe algum tempo com esse indivíduo de forma consistente/semanal;
  • Dê-lhes oportunidades para liderar enquanto você fica assistindo;
  • Libere responsabilidades do ministério para eles e dê feedback;
  • Permita que eles liderem na sua ausência e incentive-os.

Você é intencional em criar alguém para liderar sua ausência? Pense um pouco no que aconteceria se você não fosse capaz de liderar. O trabalho continuaria ou pararia? Ore hoje para que você levante a próxima geração para continuar o trabalho!

Spanish blog:

¿Quién es el siguiente?

Por Stephen Daigle, pastor de universidad y jóvenes adultos en la Iglesia Celebration, www.celebrationchurch.org

Paul tenía a Timoteo. Moisés tuvo a Josué. Josue tenía a… ¡Uy!

Jueces 2:10 nos dice que después de la muerte de Josue “… creció otra generación que no conocía al Señor ni lo que había hecho por Israel”. Josue pudo aprender de Moisés, pero no pudo hacer algo crítico. Él no pudo levantar a alguien detrás de él para liderar cuando se fue.

Si hubiera una cosa que pudiera regresar y decirme hace 10 años, sería acerca del legado. Hubo un tiempo en que tenía poca preocupación por la próxima generación. Mi único objetivo era el “aquí y ahora”. Debido a eso, dejé un rastro de preguntas de “¿Qué sigue?” Y “¿Quién liderará?” Cuando me llamaron a diferentes áreas del ministerio. Las células que florecían cuando lideraba dejarían de existir en mi ausencia. Me sentiría como un fracaso y me desanimaría pensando que había perdido mi tiempo y energía. La realidad era que no había podido dejar un legado y criar a alguien para que tomara mi lugar.

Algo que hacemos con nuestros pastores celulares en nuestra reunión regular es responder la pregunta “¿Quién es su persona heredada?”. Lo que queremos decir con esa pregunta es “¿Quién puede hacer el 50-70% de su trabajo si un autobús lo atropella mañana?” A nadie le gusta pensar en no ser capaz de liderar. Sin embargo, no preparar a alguien para liderar en nuestra ausencia es seguir los pasos de Josue, ¡y eso no es un cumplido! Aquí hay algunas sugerencias que desearía que alguien me hubiera dado:

  • Identifique a alguien que sea RÁPIDO (Fiel, Disponible, Siervo de Corazón y Enseñable)
  • Pase tiempo con ese individuo de manera constante / semanalmente
  • Dales oportunidades para liderar mientras estás allí mirando. 
  • Liberales responsabilidades ministeriales y dales tu opinión.
  • Permíteles liderar en tu ausencia y aliéntalos.

¿Cuán intencional eres al criar a alguien para que lidere en tu ausencia? Piensa en lo que sucedería si no pudieras liderar. ¿Continuaría el trabajo o se detendría? ¡Ora hoy para que levantes a la próxima generación para continuar el trabajo!

Sumate a la Obra Misionera a Pueblos No Alcanzados

Leave a Reply

Your email address will not be published.