The Trickle-Down Effect

By Stephen Daigle, College and Young Adult Pastor at Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Have you ever heard the phrase ‘What you feed grows’? This is true when it comes to cell ministry. Whatever you focus on, talk about, and resource will grow more quickly than other areas. It is vitally important that we ‘feed’ our cells with vision and strategy so that they can grow. It is similarly important that we ‘feed’ our congregation with the benefits and biblical mandate for participating in a cell. The weekend gathering provides great opportunities to do just that.

I’ve heard it said that congregations begin to look like their Pastor. Why? Because the Pastor is sharing and encouraging the congregation with the passions and directions that God puts on his heart and passion is contagious. What starts at the top will ultimately trickle down.

The best way for cells to be promoted and encouraged is from the pulpit. Instead of having a cell-focused weekend, this needs to be spoken about consistently by the Pastor. It needs to become a part of the DNA of the church and not just a seasonal focus. Cell ministry is not a ministry the church offers, and it’s how the church should function.

As a Pastor who is privileged to preach frequently, I make it a point to highlight the importance of cell ministry in the sermons that I preach. No matter what the topic, cell ministry fits. If you are not the preaching pastor at your church, I would first suggest praying for your Pastor to have a vision for cell ministry. Then I would set up a meeting to talk about how cell ministry can be the backbone of your church.

Imagine you are a first-time guest walking into your church. How long would it take for you to hear about cell ministry and get plugged in? Putting yourself in a first-time guest’s shoes will help give you perspective on how you can make sure cell ministry is a central focus of your church.

Korean blog: (click here)

Portuguese blog:

O “Efeito Cascata”

Stephen Daigle, Pastor de Universitários e jovens adultos na Igreja Celebration Church, www.celebrationchurch.org

Você já ouviu aquela frase: “Aquilo que você alimenta é o que vai crescer”? Isto também é verdade quando o assunto é o ministério em células. Aquilo em que você colocar seu foco, aquilo sobre o que você fala e onde você se apoia, é isto que vai crescer mais rapidamente em sua vida. É de vital importância que você “alimente” suas células com visão e estratégia, para que elas cresçam. Também é importante que você “alimente” sua congregação com os benefícios e instruções bíblicas que sustentam a participação nas células. O Culto do final de semana é uma grande oportunidade para isso.

Eu também já ouvi dizer que as congregações aos poucos começam a se parecer com seu pastor. E qual o motivo disso? É que o pastor compartilha e encoraja a congregação com a paixão e o direcionamento que Deus coloca em seu coração, e paixão é algo contagioso. Tudo que começa no alto acaba atingindo a todos, pelo efeito cascata.

O encorajamento que vem do púlpito é a melhor maneira de promover as células. Ao invés de fazer isso apenas em uma programação especial de final de semana, isto precisa ser constantemente feito pelo pastor. É preciso que isto se torne parte do DNA da igreja e não um foco sazonal. O ministério em células não é um ministério oferecido pela igreja, é a maneira pela qual a igreja deve funcionar.

Por ser pastor e ter o privilégio de pregar com frequência, tenho um propósito de fazer dos meus sermões uma oportunidade de enfatizar o ministério em células. Seja qual for o assunto, é possível encaixar o ministério em células. Se você não é o pastor que prega em sua igreja eu sugiro que você ore para que seu pastor receba a visão do ministério em células. Depois disso, você pode organizar um encontro para conversarem sobre como o ministério em células pode ser a espinha dorsal de sua igreja.

Imagine-se visitando sua igreja pela primeira vez. Quanto tempo demoraria para que você ouvisse falar do ministério em células e se integrasse? Colocar-se na posição do visitante pode ajudar a entender o que você pode fazer para tornar o ministério em células o ponto central e o foco da sua igreja.

Spanish blog:

El efecto de goteo

Por Stephen Daigle, pastor universitario y de jóvenes adultos en Celebration Church, www.celebrationchurch.org

¿Alguna vez has escuchado la frase ‘Lo que alimentas crece’? Esto es cierto cuando se trata del ministerio celular. Cualquier cosa en la que se concentre, en lo que hable y en sus recursos, crecerá más rápidamente que en otras áreas. Es de vital importancia que ‘alimentemos’ nuestras células con visión y estrategia para que puedan crecer. Es igualmente importante que ‘alimentemos’ a nuestra congregación con los beneficios y el mandato bíblico de participar en una célula. La reunión de fin de semana ofrece grandes oportunidades para hacer precisamente eso.

Escuché decir que las congregaciones comienzan a parecerse a su Pastor. ¿Por qué? Porque el Pastor está compartiendo y animando a la congregación con las pasiones y direcciones que Dios pone en su corazón y la pasión es contagiosa. Lo que comienza en la parte superior finalmente se filtrará hacia abajo.

La mejor manera de promover y alentar a las células es desde el púlpito. En lugar de tener un fin de semana centrado en las células, el pastor debe hablar de esto constantemente. Debe convertirse en parte del ADN de la iglesia y no solo en un enfoque estacional. El ministerio celular no es un ministerio que ofrece la iglesia, y es la forma en que la iglesia debería funcionar.

Como pastor que tiene el privilegio de predicar con frecuencia, me aseguro de resaltar la importancia del ministerio celular en mis predicaciones que hago. No importa cuál sea el tema, el ministerio celular encaja. Si usted no es el pastor predicador en su iglesia, primero le sugiero que ore para que su pastor tenga una visión para el ministerio celular. Luego, organizaría una reunión para hablar sobre cómo el ministerio celular puede ser la columna vertebral de su iglesia.

Imagínese que es la primera vez que entra a su iglesia. ¿Cuánto tiempo le tomaría escuchar sobre el ministerio celular y conectarse? Ponerse en el lugar de un invitado por primera vez le ayudará a tener una perspectiva de cómo puede asegurarse de que el ministerio celular sea un enfoque central de su iglesia.

Leave a Reply

Your email address will not be published.