One Microcosm of the Cell-Celebration Connection

rob

By Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

One microcosm of the Cell/Celebration connection that we are discussing this week would be a men’s cell that I navigate every Wednesday at 12 NOON.

While we average 15 men each week, if every man turned out the circle would include 23 men. By the way, we range in age from 36 years old to 91 years of age. Bill (the eldest member of our cell) is the host!
Of these 23 men, 17 are in Celebration on a consistent basis. Four of the men do not attend Celebration. Two of the gentlemen are members of other churches, but consistently attend this weekly cell.

Admittedly, I struggled with certain cell members who did not place a high priority on Celebration attendance. Yet, I’m constantly reminded that they are grafted into the “basic Christian community” of the church that we call the “cell.” That is a good thing… a very good thing.

This past week, one man informed the group that he had been laid off from his job. This announcement from his employer came to him as a complete shock. He was employed at this job for the last 13 years. The ramifications of not being employed could mean significant changes in his family. At the end of our group, he asked for prayer. He stated, “I could have shared this with another set of my friends who would have encouraged me to go have a drink. But instead, I decided to share it with you guys who really care for me, will pray for me, and give me wise counsel.”

Could this request been presented during the Celebration service? Possibly, but I doubt it given the amount of people who attend. It can, however, easily be shared in the context of a cell gathering. Thus, it becomes part of the fabric, life, story and DNA of this basic Christian community.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Um Microcosmo da Conexão Célula-Celebração

Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com

Um microcosmo da conexão Célula/Celebração que estamos discutindo esta semana seria uma célula de homens que eu frequento toda quarta-feira ao meio-dia.

Enquanto nós temos em média 15 homens a cada semana, se todos os homens comparecessem o crculo incluiria 23 homens. A propósito, há uma variação de 36 anos a 91 anos de idade. Bill (o membro mais velho de nossa célula) é o anfitrião!

Destes 23 homens, 17 estão no Culto de Celebração em uma base consistente. Quatro dos homens não frequentam a Celebração. Dois dos cavalheiros são membros de outras igrejas, mas consistentemente comparecem a esta célula semanal.

Evidentemente, eu lutava com certos membros da célula que não colocavam uma alta prioridade em comparecer ao culto de celebração. No entanto, eu sou constantemente lembrado de que eles são enxertados na "comunidade cristã básica" da igreja que nós chamamos de "célula". Isso é uma coisa boa… uma coisa muito boa.

Na semana passada, um homem informou ao grupo que ele tinha sido demitido de seu emprego. Este anúncio do seu empregador veio a ele como um verdadeiro choque. Ele fora contratado neste trabalho durante os últimos 13 anos. As ramificações de não ser empregado poderiam significar mudanças significativas em sua famlia. No final do nosso grupo, ele pediu por oração. Ele declarou: "Eu poderia ter compartilhado isso com um outro grupo de amigos meus que teriam me encorajado a ir tomar uma bebida. Mas em vez disso, eu decidi compartilhar com vocês que realmente se importam comigo, vão orar por mim, e me dar conselhos sábios".

Este pedido poderia ser apresentado durante o culto de Celebração? Possivelmente, mas eu duvido dada a quantidade de pessoas que frequentam. Ele pode, no entanto, ser facilmente compartilhado no contexto de uma reunião celular. Assim, torna-se parte do tecido, vida, história e DNA dessa comunidade cristã básica.

Spanish blog:

Un microcosmos de la conexión célula-Celebration
 
Por Rob Campbell, www.cypresscreekchurch.com
 
Un microcosmos de la conexión célula / Celebración que estamos discutiendo esta semana sera una célula de hombres que conduzco todos los miércoles a las 12 horas.
  
Si bien tenemos una media de 15 hombres cada semana, si cada hombre estuviera como comenzó fuéramos 23 hombres. Por cierto, las edades rondan entre 36 años a 91 años de edad. ¡Bill (el miembro de más edad de nuestra célula) es el anfitrión!

De estos 23 hombres, 17 están en el servicio de celebración de manera consistente. Cuatro de los hombres no asisten a la celebración. Dos de los caballeros son miembros de otras iglesias, pero asisten constantemente a esta célula semanal.
Reconozco que batallé con ciertos miembros de la célula que no ponan una alta prioridad en la asistencia a la Celebración. Sin embargo, estoy siendo constantemente recordado que ellos están injertados dentro de la “comunidad cristiana básica”  de la iglesia a la que llamamos “célula”. Eso es algo bueno … algo muy bueno.
La semana pasada, un hombre informó al grupo que haba sido despedido de su trabajo. Este anuncio de parte de su empleador le llegó como una sorpresa total. Fue empleado en este trabajo durante los últimos 13 años. Las consecuencias de no estar empleado podran significar cambios importantes en su familia. Al final de la reunión, pidió oración. Él dijo: “Yo podra haber compartido esto con otro grupo de amigos que me hubieran animado a ir a tomar una copa. Pero en cambio, decid compartirlo con ustedes quienes realmente se preocupan por m, oran por m, y me han dado un sabio consejo”.
 
¿Podra haberse presentado esta solicitud durante el Servicio de celebración? Es posible, pero lo dudo debido a la cantidad de personas que asisten. Sin embargo, puede ser fácilmente compartido en el contexto de una reunión celular, pues se convierte en parte de la estructura, la vida, la historia y el ADN de esta comunidad cristiana básica.

Leave a Reply

Your email address will not be published.