Multiplication Is Empowering People So They Take Ownership Of The Group

coaches_robLAY-web

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

In Brazil we have short statements that reveal NT Church values. The first one, from twenty years ago is: “Each house a church, and each member a minister or priest” This is a very big paradigm shift towards the priesthood of all believers, instead of focusing only on holy men and women as priests. The Reformation taught this but failed to live it.

Christ’s disciples became Ministers by ministering with Jesus. All theoretical training is good if the focus is ministry, but the cell leader must empower all cell members to serve and minister in the cell and even outside the cell. Each person has a potential that needs to be developed. Not only natural abilities, but also the spiritual gifts. The leader is responsible to create an atmosphere and freedom where the gifts can flow and develop naturally. It can become messy in the beginning, but the process will help people become all that God has called them to be. It sets the cell members up for a greater sense of responsibility for each other. Every one is responsible to edify the body. (gr. Oikodomeo).

Help us God!!

Robert Lay

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

A Multiplicação Consiste em Capacitar as Pessoas para que Tomem Posse do Grupo

Por Robert Lay, Ministério Igreja em Células Brasil, www.celulas.com.br

No Brasil nós temos breves declarações que revelam os valores da Igreja do Novo Testamento. A primeira, de vinte anos atrás, é: “Cada casa uma igreja e cada membro um ministro ou sacerdote”. Esta é uma mudança de paradigma muito grande em direção ao sacerdócio de todos os crentes, em vez de se concentrar somente em homens e mulheres santos como sacerdotes. A Reforma ensinou isso, mas não conseguiu viver essa realidade.

Os discpulos de Cristo se tornaram ministros ao ministrar com Jesus. Todo o treinamento teórico é bom se o foco for o ministério, mas o lder da célula deve capacitar todos os membros da célula para servirem e ministrarem na célula e até mesmo fora dela. Cada pessoa tem um potencial que precisa ser desenvolvido. Não só as habilidades naturais, mas também os dons espirituais. O lder é responsável por criar uma atmosfera e uma liberdade onde os dons possam fluir e se tornar naturalmente. Essa atmosfera pode ficar confusa no começo, mas o processo ajudará as pessoas a se tornarem tudo o que Deus as chamou para serem. Ela levanta os membros da célula para terem um maior senso de responsabilidade uns pelos outros. Cada um é responsável por edificar o corpo. (grego Oikodomeo).

Ajude-nos, Deus!

Robert Lay
Spanish blog:

La multiplicación está dando el poder a la gente para que se apropie del grupo

Por Robert Lay, Ministerio de la Iglesia Celular Brasil, www.celulas.com.br

En Brasil tenemos breves declaraciones que revelan los valores de la Iglesia en el Nuevo Testamento. La primera, fue hace veinte años: “Cada casa es una iglesia y cada miembro es un ministro o sacerdote”. Este es un gran cambio de paradigma hacia el sacerdocio de todos los creyentes, en lugar de concentrarse sólo en los hombres y mujeres santos como predicadores. La Reforma enseñó esto, pero no lo logró.

Los discpulos de Cristo se convirtieron en ministros ministrando con Jesús. Todo el entrenamiento teórico es bueno si el enfoque es el ministerio, pero el lder celular debe capacitar a todos los miembros de la célula para servir y ministrar en la célula e incluso fuera de la célula. Cada persona tiene un potencial que necesita ser desarrollado. No sólo las habilidades naturales, sino también los dones espirituales. El lder es responsable de crear una atmósfera y libertad donde los dones pueden fluir y desarrollarse naturalmente. Puede llegar a ser desordenado al principio, pero el proceso ayudará a las personas a convertirse en todo lo que Dios les ha llamado a ser. Estableciendo miembros de la célula para un mayor sentido de la responsabilidad los unos a otros. Cada uno es responsable de edificar el cuerpo. (Gr Oikodomeo).

Ayúdanos a Dios.

Robert Lay

Leave a Reply

Your email address will not be published.