The Power of Prayer

By Robert Lay, Cell Church Ministry Brazil, www.celulas.com.br

Imagine an electric car sitting in front of a loading station with no cable to attach the source of power to the batteries. As a result, the batteries remain empty. Why is the cable so important? Because it is the solution to bring the energy from the power source to the car’s batteries. The cable is the channel through which the energy flows.

Prayer is the cable that brings the power of God to our batteries so we are fit and ready to function at full capacity. God is always ready with full power, and he wants to give us his strength. With God, there will never be a shortage of power.

Pastor Eddy Leo mentions in his book: “Touching Heaven, Changing Lives,” three phases or levels of prayer.

Phase one is reactional intimacy. In this phase, there is no continuous intimacy with God. It is more occasional guided by reactions to circumstances in life. Sometimes it is suffering that stir to seek God with phrases like, “My God, help me.” But there is no continuous, intentional communication with the source of power, therefore the batteries mainly remain empty with only occasional power surges.

Phase two is active intimacy. Here we communicate actively with God. In this phase, we intentionally set aside a time of fellowship with God. Here we have a planned time and place to get intimate with our father. Dr. Ralph Neighbour calls it: “The listening room.” If you keep this active intimacy you will be ready for the next phase.

Phase three is automatic intimacy. Here intimacy with God happens almost unconsciously. We learned to develop the habit of communicating with the Father in every and all circumstances. It is praying without ceasing. Paul experienced this phase when he wrote in Gal. 2,20 “I died with Christ on the cross. So it is no longer I that live, but Christ lives in me.”

Our cell members should be taught to practice automatic intimacy with God. If this is the case, we will have vibrant and growing cells.

Help Us, God!

Robert M. Lay,  Cell Church Ministry Brazil

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

O Poder da Oração

Por Robert Lay, Ministério Igreja em Células Brasil, www.celulas.com.br

Imagine um carro elétrico parado em frente a uma estação de abastecimento sem os cabos conectados do carregador às baterias. Como resultado as baterias continuariam descarregadas.

Por que o cabo é tão importante? Porque é a solução para trazer a energia da fonte para a bateria do carro. O cabo é o canal cujo qual a energia flui.

Oração é cabo que leva o poder de Deus para nossa bateria carregando-as para que nós estejamos prontos e preparados para funcionar em capacidade total. A fonte de poder, Deus, está sempre pronta com poder total. Ele quer nos dar sua força. Nunca haverá falta de energia. O cabo também sempre garante que haverá transmissão fiel de energia. Por outro lado poderá haver o problema de baterias descarregadas ou um cabo não conectado.

Pastor Eddy Leo menciona em seu livro: “Tocando o Céu, Mudando Vidas,” [tradução livre] três fases ou níveis de oração.

Fase um é a intimidade reacional. Nessa fase não existe intimidade contínua com Deus. É mais ocasional guiada por reações às circunstâncias da vida. Às vezes é o sofrimento que move a buscar a Deus com frases tipo, “Meu Deus, ajuda-me.” Mas não existe comunicação contínua e intencional com a fonte de poder, portanto as baterias basicamente mantêm-se descarregadas com somente descargas de energias ocasionais.

Fase dois é intimidade ativa. Aqui nós comunicamos ativamente com Deus. Nessa fase nós intencionalmente colocamos um tempo dedicado para a comunhão de Deus. Aqui nós temos um tempo e lugar planejados para ter intimidade com nosso pai. Dr. Ralph Neighbour chama-a: “a sala do ouvir.” Se você mantiver essa intimidade ativa você estará pronto para a próxima fase.

Fase três é intimidade automática.  Aqui a intimidade com Deus acontece quase que inconscientemente. Nós aprendemos a desenvolver o hábito da comunicação com o Pai em cada e em toda circunstância. É orar sem cessar. Paulo experienciou essa fase quando escreveu em Gl 2.20 “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim.”

Nossos membros da célula deveriam ser ensinados a prática da intimidade automática com Deus. Se esse for o caso, nós teremos células vibrantes e crescentes.

Ajude-nos Deus!

Robert M. Lay

Ministério Igreja em Células Brasil

Spanish blog:

El poder de la oración

Por Robert Lay, Ministerio de la Iglesia Celular Brasil, www.celulas.com.br

Imagina un automóvil eléctrico parqueado frente a una estación de carga sin cable para conectar la fuente de energía a las baterías. Como resultado, las baterías permanecen vacías. ¿Por qué es tan importante el cable? Porque es la solución para llevar la energía de la fuente de a las baterías del automóvil. El cable es el canal a través del cual fluye la energía.

La oración es el cable que lleva el poder de Dios a nuestras baterías, cargándolas para que estemos en forma y listos para funcionar a plena capacidad. La fuente de poder, Dios, siempre está lista con todo el poder. Quiere darnos su fuerza y nunca habrá escasez de poder. El cable también garantiza siempre la transmisión fiel de energía. Por otro lado, podría haber el problema de baterías agotadas o un cable que no está conectado.

El pastor Eddy Leo menciona en su libro: “Tocando el cielo, cambiando vidas”, tres fases o niveles de oración.

La primera fase es la intimidad reaccionaria. En esta fase no hay intimidad continua con Dios. Es más ocasional guiado por reacciones a las circunstancias de la vida. A veces es doloroso buscar a Dios con frases como “Dios mío, ayúdame”. Pero no existe una comunicación continua e intencional con la fuente de energía, por lo tanto, las baterías permanecen principalmente vacías con algunas sobrecargas ocasionales.

La fase dos es la intimidad activa. Aquí nos comunicamos activamente con Dios. En esta fase, apartamos intencionalmente un tiempo de comunión con Dios. Aquí tenemos un tiempo y un lugar planeados para intimar con nuestro padre. El Dr. Ralph Neighbour lo llama: “La sala de escucha”. Si mantienes esta intimidad activa, estarás listo para la siguiente fase.

La tercera fase es la intimidad automática. Aquí la intimidad con Dios ocurre casi inconscientemente. Aprendimos a desarrollar el hábito de comunicación con el Padre en todas y cada una de las circunstancias. Es la oración sin cesar. Pablo experimentó esta fase cuando escribió en Gal. 2,20 “Morí con Cristo en la cruz. Entonces ya no soy yo quien vive, sino que Cristo vive en mí ”.

A los miembros de nuestras células se les debe enseñar a practicar la intimidad automática con Dios. Si este es el caso, tendremos células vibrantes y en crecimiento.

Ayúdanos Dios!

Robert M. Lay

Ministerio de la Iglesia Celular Brasil

3 thoughts on “The Power of Prayer

Leave a Reply

Your email address will not be published.