Communication In Community (Español Abajo)

By Ángel Manuel Hernández Gutiérrez, www.misionmoderna.com

The pandemic has given us a lot of positive results that we are seeing in 2022. It is preparing the church for the greatest and most powerful revival in history.

Why? Because people are realizing that you cannot have communication without community and  that community is everything. We need each other! We all need to be part of a community because we cannot live isolated from others. The human being needs others from the moment of  birth until  death. A person cannot be born without help, nor can he be buried without it.

People “watch” society online, while eating, or lying down, completely isolated from each other, only “receiving” what is presented to them on the screen. This sad state only increases a narcissistic view of self.

British theologian Willian Manson (1882-1958) says that failure to be part of a church congregation leads to the loss of faith and distinctive Christian vision. The Spanish theologian Perez Millo says: “A sense of conceit leads some believers, to be deceived into believing that they can grow spiritually apart from the congregation.” He adds, “This self-deception has also led to the view that a single Sunday meeting is enough.”

The Internet has created a new form of evangelizing, but we cannot live without community. God’s people have always fulfilled their mission through communities of believers, not through millions of individuals.

Focusing on evangelism without a community has contributed to an individualistic, privatized message, which has ignored that the head and the body are inseparable. It’s also caused the largest group of “believers” in all western cities to have detached themselves from the body of Christ. As the philosopher Byung-Chul Han says, our culture increasingly celebrates “fewer community festivals, each one celebrates only himself”.

At this time there is a return to home group meetings, to cell groups, a return to the ways of the early church, as it says “Acts 5:42 And every day, in the temple and at home, they did not stop teaching and preaching Jesus Christ” .

In this return to meeting together, we must create more participatory services, not services led by 10 people and the rest not participating. We must return to 1 Corinthians 14:26, where are told, “What is there, then, brothers? When you come together, each one of you has a psalm, has a doctrine, has a tongue, has a revelation, has an interpretation. Let everything be done for edification ”.

Korean blog (click here)

Portuguese blog:

Comunicação na Comunidade

Por Ángel Manuel Hernández Gutiérrez,  www.misionmoderna.com

A pandemia nos deu muitos resultados positivos que estamos vendo em 2022. Ela está preparando a igreja para o maior e mais poderoso avivamento da história.

Por quê? Porque as pessoas estão percebendo que você não pode ter comunicação sem comunidade e que a comunidade é tudo. Nós precisamos um do outro! Todos nós precisamos fazer parte de uma comunidade porque não podemos viver isolados uns dos outros. O ser humano precisa dos outros desde o nascimento até a morte. Uma pessoa não pode nascer sem ajuda, nem pode ser enterrada sem ela.

As pessoas “assistem” à sociedade online, enquanto comem, ou deitam, completamente isoladas umas das outras, apenas “recebendo” o que lhes é apresentado na tela. Esse estado triste só aumenta uma visão narcisista de si mesmo.

O teólogo britânico Willian Manson (1882-1958) diz que deixar de fazer parte de uma congregação da igreja leva à perda da fé e da visão cristã distinta. O teólogo espanhol Perez Millo diz: “Um senso de vaidade leva alguns crentes a serem enganados a acreditar que podem crescer espiritualmente à parte da congregação”. Ele acrescenta: “Esse autoengano também levou à visão de que uma única reunião de domingo é suficiente”.

A Internet criou uma nova forma de evangelização, mas não podemos viver sem a comunidade. O povo de Deus sempre cumpriu sua missão por meio de comunidades de crentes, não por meio de milhões de indivíduos.

Concentrar-se no evangelismo sem comunidade contribuiu para uma mensagem individualista e privatizada, que ignorou que a cabeça e o corpo são inseparáveis. Também fez com que o maior grupo de “crentes” em todas as cidades ocidentais se separasse do corpo de Cristo. Como diz o filósofo Byung-Chul Han, nossa cultura cada vez mais celebra “menos festivais comunitários, cada um celebra apenas a si mesmo”.

Neste momento há um retorno às reuniões dos grupos às células familiares, aos grupos de células, um retorno aos caminhos da igreja primitiva, como diz “Atos 5:42 E todos os dias, no templo e em casa, eles não paravam de ensinar e pregando Jesus Cristo”.

Neste retorno ao encontro, devemos criar mais serviços participativos, não serviços liderados por 10 pessoas e o resto não participando. Devemos retornar a 1 Coríntios 14:26, onde é dito: “O que há, então, irmãos? Quando vocês se reúnem, cada um de vocês tem um salmo, tem uma doutrina, tem uma língua, tem uma revelação, tem uma interpretação. Que tudo seja feito para a edificação”.

Spanish blog:

Comunicación Con Comunidad

Por pastor Ángel Manuel Hernández Gutiérrez, Misión Cristiana Moderna

Este tiempo de pandemia está provocando un cambio muy positivo en la iglesia que se está empezando a vislumbrar en este 2022. Este está siendo el cambio que está preparando la iglesia para el mas grande y poderoso avivamiento de la historia. Las razones son evidentes, la gente está dándose cuenta que no se puede tener comunicación sin comunidad, que la comunidad lo es todo. Nos necesitamos unos a los otros, todos necesitamos ser acompañados, no podemos vivir solos aislados de la comunidad. El ser humano necesita ser acompañado desde el momento de su nacimiento hasta su muerte, porque ni puede nacer sin ayuda, ni puede ser enterrado sin ella. La gente “vé” el culto online, mientras come, o están acostados, completamente aislados unos de otros sólo “recibiendo” lo que se le presenta en la pantalla, y aumentando la centralidad narcisista en él yo.

El teólogo británico Willian Manson (1882-1958) dice que no congregarse lleva a la pérdida de la fe y la visión cristiana distintiva. El teólogo Español Perez Millo dice: “Un sentido de vanagloria alcanza a algunos creyentes, en todos los tiempos, que creen en el autoengaño de ser capaces de edificarse solos, al margen de la congregación” y añade que este auto engaño también lleva a otros a “consideran que una sola reunión dominical ya es suficiente para mostrar identificación cristiana”. Internet ha creado una nueva forma de evangelización, pero no podemos prescindir de la comunidad.

El pueblo de Dios ha cumplido su misión siempre mediante la comunidad, no mediante millones de individuos solos. Centrarse en una evangelización sin comunidad ha contribuido a un mensaje individualista, privatizado, que ha ignorado que la cabeza y el cuerpo son inseparables, y que ha provocado que la iglesia más grande en todas las ciudades de occidente, sea la que no se congrega. Como dice el filosofo Byung-Chul Han, nuestra cultura cada vez celebra “menos fiestas comunitarias, cada uno se celebra sólo a sí mismo”.

En este tiempo hay un regreso a las reuniones caseras, a las células, una vuelta a lo primitivo, como dice “Hechos 5:42 Y todos los días, en el templo y por las casas, no cesaban de enseñar y predicar a Jesucristo”. En esta vuelta a congregarse, debemos crear cultos más participativos, no cultos dirigidos por 10 personas y el resto sin participación, hay que volver a “1Corintios 14:26 ¿Qué hay, pues, hermanos? Cuando os reunís, cada uno de vosotros tiene salmo, tiene doctrina, tiene lengua, tiene revelación, tiene interpretación. Hágase todo para edificación”.

1 thought on “Communication In Community (Español Abajo)

  • Muy interesante estimado Pastor tenemos que volver al modelo de la iglesia primitiva,para cumplir la Fran Comisión.

Leave a Reply

Your email address will not be published.